Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Alcione celebra seus 40 anos de carreira na quadra da Mangueira

POR KAMILLE VIOLA- O Dia
 Muitos de seus maiores sucessos são sobre mulheres que sofrem por amor, mas Alcione jura que não tem nada a ver com essas histórias. A cantora, que comemora 40 anos de carreira gravando um DVD hoje na quadra da Mangueira, diz que a música que melhor a descreve é ‘A Loba’, em que avisa que pulada de cerca com ela não rola.

“Sou fiel, mas respeito é bom e eu gosto. Não sabe brincar, não desce pro play. Sou fiel, mas não me sacaneie”, avisa, contando que nunca foi deixada. “Sempre mandei cantarem pneu. Como eu já cantei, ‘mulher como eu não se deve desencantar assim’ (em ‘Entidade’). Mas nem toda história tem que ter a ver comigo e tem coisas que sei que aconteceram com outras pessoas, por isso eu canto”, explica.
Foto: Divulgação
O DVD integra o projeto ‘Duas Faces’, que teve a primeira parte gravada em janeiro, na casa  da cantora: uma jam com duetos com Maria Bethânia, Djavan, Lenine, Emílio Santiago, Martinho da Vila e Áurea Martins. Na Mangueira, participam do show Maíra Freitas e Orquestra de Violinos do Centro Cultural Cartola, MV Bill, Diogo Nogueira, Leci Brandão, Jorge Aragão e a bateria da Mangueira.

A cantora revela que pretende escrever um livro (“Vou falar da minha vida, contar causos”) e fazer um show ao lado da orquestra sinfônica de cada estado. “Fiz com a da Paraíba e gostei disso”, explica a fã de Rolling Stones e Guns N’Roses.

0 comentários:

Postar um comentário