Novas regras para entrega da Declaração do imposto de Renda

Prazo vai até 29 de abril

Fifa abre janela para jogadores na Rússia e na Ucrânia

Decisão foi motivada pela guerra que acontece no Velho Continente

Expedito Jr. faz Gol de Placa ao apoiar esporte amador em Bacabal

Desportista declaram apoio ao trabalho de expedito

Norris Cole, Lady Conceição e Norris Cole Jr. fazem Show Internacional em Bacabal

Show deve mobilizar toda massa reggueira de Bacabal e região

Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Academia sueca surpreende com notícia Prêmio Nobel de Literatura para Bob Dylan

9a9v662rstg658hxxsevenr9a Reprodução
O cantor e compositor Bob Dylan, 75 anos, levou o prêmio Nobel de Literatura de 2016. A surpreendente conquista foi anunciada na manhã desta quinta-feira (13) pela Academia Sueca. Ele é o primeiro compositor musical a ser contemplado na história do prêmio.
“Dylan criou novas expressões poéticas dentro da grande música tradicional americana”, diz o comunicado oficial.
Em sua carreira o norte-americano lançou 37 álbuns, sendo o último, “Fallen angels”, em maio deste ano. Entre seus principais prêmios estão onze Grammys, um Oscar e um Globo de Ouro.
A secretária permanente da Academia Sueca, Sara Danils, descreveu Dylan como um “grande amostrador. E há 54 anos ele tem se reinventado. A começar por ‘Blonde on blonde’, um exemplo extraordinário de sua maneira brilhante de rimar, juntando refrãos, e de sua maneira brilhante de pensar”.
Canções como “Like a rolling stone” se tornaram hinos de uma geração que começava a se soltar das amarras da moral conservadora. Outros sucesso do cantor são “Mr.Tambourine Man”, “The Times They Are A-changin”, “Knockin on Heaven’s Door” e “Blowin The Wind”.
O cantor já se aventurou realmente na literatura. Seu primeiro livro foi ‘Tarântula”, obra de poesias experimentais que escreveu entre 1965 e 1966 e lançou em 1971. Em 2004, Dylan liderou listas de mais vendidos com “Crônicas – Vol. 1”, a primeira (e até agora única) parte de sua autobiografia. Ele publicou ainda seis livros dedicados a sua arte visual e outros tantos com as letras de músicas que escreveu.
Com Informaçoes da EBC e Jornal Pequeno

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Região do Médio Mearim fortalece cadeias produtivas

 Resultado de imagem para Região do Médio Mearim
Na última sexta-feira (7), gestores das secretarias de Indústria e Comércio (Seinc) e de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), estiveram em Pedreiras, apresentado programas e ações voltados as cadeias da carne e couro, leite e derivados e arroz.
O evento, que contou com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) aconteceu no Centro de Capacitação Tecnológica do Maranhão (Cetecma) e expôs aos técnicos responsáveis pela assistência aos produtores, os trabalhos que estão sendo desenvolvidos nas cadeias produtivas.
A inciativa faz parte do programa ‘Mais Produção’, no âmbito do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab). A Seinc é responsável pelas iniciativas em prol das cadeias da Carne e Couro no âmbito estadual, Leite e derivados na região do Mearim e Médio Mearim, e tem promovido uma série de medidas em prol do adensamento dessas cadeias no estado.
“A produção e fomento são um dos principais caminhos para o desenvolvimento. Além de gerar emprego e renda. Com esse trabalho, estamos contribuindo para que nossos produtores possam expandir seus negócios, potencializando o setor produtivo do estado”, afirmou o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.
O superintende de Desenvolvimento de Políticas Agrícolas da Sagrima, Fernando Trinta, ressalta que a reunião é o Ponta pé inicial na assistência técnica e gerenciamento das cadeias: “O Governo está trabalhando com suas secretarias, cada uma com suas expertises. Todo esse trabalho, contempla outros trabalhos que estão sendo realizados em tornos das cadeias aqui trabalhadas”.

Cadeia produtiva do leite

Com os trabalhos realizados e a retomada da confiança dos produtores, os resultados já começaram a aparecer. No início da gestão, a Região do Médio Mearim registrou a produção de 70 mil litros de leite. Hoje, são produzidos 109 mil litros por dia.
Além da reunião, a equipe da Seinc esteve visitando as futuras instalações da fábrica de queijo Igarapé, que terá suas novas instalações inaugurada em breve. Com capacidade para produzir 1.500 quilos de queijo por dia.

Mais produção

O programa ‘Mais Produção’ define 10 cadeias produtivas prioritárias (feijão, arroz, mandioca, carne e couro, ovinocaprinocultura, leite, avicultura – caipira e industrial, piscicultura, hortifruticultura e mel) que desde o início da gestão têm sido trabalhadas com foco no abastecimento do estado e na busca pela autossuficiência.
Para cada cadeia, está sendo desenvolvido um trabalho particular, que levam em consideração as características das regiões produtoras e as demandas dos envolvidos, como produtores, sindicatos, agroindústrias e instituições públicas e privadas.
Fonte: Governo do Estado 

sábado, 8 de outubro de 2016

Hoje é dia de Poesia


Novas unidades do Viva levam facilidade para Pinheiro e Bacabal


unnamed
Inovações e incremento nos serviços oferecidos são a marca das duas unidades do Viva que vão ser inauguradas nos dias 13 e 15 de outubro em Bacabal e Pinheiro, respectivamente.As duas cidades ganharam estruturas modernas e confortáveis para atender maranhenses das regiões da Baixada e do Médio Mearim e vão oferecer serviços como emissão da 1ª e 2ª vias do RG, inscrição e consulta no CPF, emissão de antecedentes criminais, orientação ao consumidor e registro de denúncias, por meio doProcon/MA, encaminhamento ao mercado de trabalho, com o suporte do SINE (Sistema Nacional de Emprego) e seguro desemprego, serviços online como emissão de boletim de ocorrência, emissão de faturas e boletos, consultas do NIT, PIS/PASEP, bolsa família, inscrições em concursos, informações sobre a Junta Militar e ponto de atendimento da Junta Comercial do Maranhão (Jucema).

Além dos novos serviços e de terem recebido uma nova sede, as unidades do Viva nos dois municípios representam economia ao erário público, pois serão instaladas em prédios do Governo, que não pagam aluguel, e foram totalmente reformados para receber a nova demanda e os cidadão que buscam pelos serviços do oferecidos pelo órgão.

As inaugurações fazem parte do projeto de ampliação, descentralização e reestruturação da oferta de serviços públicos aos maranhenses. O diretor-geral do Viva, Duarte Júnior, explica que as novas unidades têm ganhado estrutura e atendimento diferenciado. “Os investimentos continuarão sendo realizados para garantir o melhor atendimento e gerar desenvolvimento em todas as regiões do Maranhão. Nosso objetivo é garantir a efetivação dos direitos da população maranhense e só se consegue isso por meio das ações de ampliação dos serviços, novas estruturas físicas e a capacitação dos nossos servidores. Estamos conseguindo garantir a expansão, reestruturação do Viva e maior economia dos gastos públicos, fazendo mais com menos”.

Após as inaugurações, a unidade de Bacabal estará pronta para realizar 800 atendimentos diários, com seis postos de serviços e os 11 guichês da unidade realizando atendimentos humanizados e eficientes. Já a unidade de Pinheiro conta com 10 guichês, atendendo as novas metas de reestruturação das unidades.

“Temos a missão institucional de humanizar o atendimento e harmonizar as relações de consumo no estado”, completa o diretor e presidente do Procon Maranhão. A unidade em Pinheiro agora fica localizada na Rua Maria Pinheiro Paiva, no bairro Santa Luzia. Em Bacabal, a nova sede fica situada à Avenida Getúlio Vargas, nº 115A, Centro.
com informações do Governo do Estado 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Unidades do Procon/MA e do VIVA em Pedreiras e Presidente Dutra recebem melhorias

Foi assinado, na tarde dessa terça-feira (4), em Pedreiras, a ordem de serviço que dará início a reestruturação e reforma do Procon. Além disso, também foi anunciada a inclusão dos serviços da JUCEMA e a mudança da unidade do PROCON para o VIVA. A notícia foi bem recebida pelo coordenador do PROCON em Pedreiras, André Rocha. “Estamos muito animados com essa mudança. Com melhor localização e contando com a praticidade de estar junto a outros serviços do Estado, poderemos oferecer atendimento com mais qualidade. Ganhamos nós, servidores do órgão, e principalmente, o consumidor pedreirense.”, enfatizou.
Na manhã desta quarta-feira (05), foi a vez de Presidente Dutra. A unidade já existe há 10 anos no município e nunca havia passado por melhorias. Por esse motivo, acumulava diversos problemas na estrutura física.
Segundo o coordenador da unidade, Josemir Pereira, a população esperava há muito tempo pela reforma, o que, segundo ele, trará melhorias também para os servidores.

Ampliação e reestruturação

Após inaugurar novas unidades dos dois órgãos em Coroatá, o presidente do Procon apresentou as novas metas e a reestruturação das unidades de Carolina, Açailândia e Balsas, inaugurando uma mega unidade do VIVA no Imperial Shopping, em Imperatriz, e mantendo a unidade da Rua Godofredo Viana. Uma nova unidade do Procon/MA também foi inaugurada em Barra do Corda, e o VIVA da cidade foi reestruturado.
Também já receberam melhorias as unidades de Caxias, Viana e Santa Inês. A cidade de Codó, que já possuía uma unidade do Procon/MA, ganhou, também, um novo VIVA, enquanto Carolina teve sua unidade do VIVA reformada e foi contemplada com um Procon/MA. Também ganharam VIVAs, os municípios de Chapadinha e Pastos Bons. Em outubro, novas unidades serão inauguradas em Codó e São Luís, e reformadas em Bacabal e Pinheiro.
Fonte: Governo do Estado, com edições e informações do Jornal Pequeno

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Crônicas do Dia - Ouças as crianças - Cristovam Buarque


Toda reforma educacional precisa ter dois propósitos: atender ao aluno e ao futuro do Brasil. Ouçam as crianças, os adolescentes e as vozes que vêm do futuro. Os alunos brasileiros estão há anos gritando o horror como eles percebem o ensino médio: gritam ao abandonar a escola e gritam tirando 3,7 no Ideb. E o Brasil de hoje não ouve, nem atenta para as trágicas consequências disto para o futuro. A escala Ideb mede terremotos sociais e econômicos futuros.
Seus últimos resultados mostram a catástrofe que ameaça o futuro do país e de seus futuros adultos. Depois de quase 30 anos de democracia, 13 de governos da esquerda - ao-redor do - PT, o ensino médio brasileiro carrega duas falências: a brutal evasão de alunos e o baixíssimo nível no seu Ideb. A medida provisória que propõe a reforma do ensino médio deve ser bem recebida, por trazer urgência e ser uma resposta à catástrofe nesta fase educacional.


 Resultado de imagem para Ouças as criançasMesmo sabendo que ainda não é suficiente para construir a escola com a mesma elevada qualidade para pobres e ricos em todas as cidades, traz uma primeira evolução ao ouvir o aluno na definição de sua grade de disciplinas. Uma das causas da evasão está na desconsideração da diversidade vocacional dos alunos para escolher as disciplinas que lhe agradam.

Os pioneiros da educação, há 80 anos, e Paulo Freire, há 50, defendiam que a escola precisa respeitar o aluno. Para eles, a escola deve ser libertária, e não uma prisão. A imposição de disciplinas é uma forma de palmatória intelectual. A escola tem que estar ao gosto do aluno. Ele pensa, tem personalidade, alma, deve ter voz. O governo tem de ofertar todas alternativas, mas o aluno deve ter o direito de escolher a sua demanda.
No mundo moderno, com o nível de informação de que os adolescentes dispõem e das possibilidades pedagógicas e gerenciais que as novas tecnologias oferecem à escola, é possível compor um menu conforme a vocação, o talento ou o simples gosto de cada aluno. Os temas gerais, que são importantes para a formação deles, devem ser oferecidos sob a forma de atividades como debates filosóficos semanais sobre temas da realidade; exposições de artes plásticas; participação política; jogos e práticas esportivas; publicação e recitais de poesia e música.
A Lei nº 13006/14, de minha autoria, por exemplo, obriga a oferta de cinema nas escolas, mas não obriga o aluno a assistir aos filmes. Junto com a flexibilidade na formação da grade curricular, a medida provisória determina a oferta de cursos profissionalizantes que, além de fazerem o ensino médio mais atraente para o aluno, lhe dá uma habilidade profissional que hoje ele não recebe.
Contando com a necessária e adequada infraestrutura, o estímulo à adoção do horário integral, formulado há 30 anos por Darcy Ribeiro no Rio de Janeiro, com os Cieps, torna possível um avanço na qualidade do ensino médio. A MP 746 ainda não é suficiente, mas é necessária e positiva. Ainda está longe de iniciarmos uma revolução, mas estamos fazendo uma evolução.

domingo, 2 de outubro de 2016

Noite histórica em Bacabal dois prefeitos eleitos



Para quem acha que já viu tudo na terra da Bacaba eis que a história  brinca com os sentimentos cívicos dos bacabalenses. Numa situação inédita, a comunidades elege dois prefeitos, o que é impossível juridicamente, para o povo não é brecha na lei, é exercício de cidadania. Mesmo sendo qualificado como candidato ficha suja por ter pendencias na justiça, o povo elege Zé Vieira Prefeito de Bacabal com 20.671 votos. No entanto o segundo colocado não é segundo colocado, já que o primeiro mais votado estava apto, mas indeferido, portando temos dois prefeitos eleitos, um por maioria de votos e outro por circunstanciais jurídicas, Roberto Costa (PMDB) , neste caso, é também Prefeito eleito com 18.330 votos.
Ambos os prefeitos despertaram no povo o sentimento de vitória, e apos a apuração as ruas de Bacabal foram tomas por gente que comemora a vitória de seu candidato. A cidade é uma festa só, enquanto nas redes sociais e blog's alguns tentam explicar o que aconteceu.
Um ganhou com mais votos está comemorando Zé Vieira. O Ooutro Roberto Costa segundo lugar está nas ruas comemorando pois o primeiro está com recurso.Caso Zé Vieira seja deferido pela justiça será oficialmente prefeito de Bacabal, afinal foi o mais votado.Se Zé Vieira Perder o recurso Roberto Costa segundo colocado que também está nas ruas comemorando será Prefeito da cidade.Simples assim.
Afinal quem vai assumir a gestão de Bacabal? Passamos a vida toda vendo ser eleito o mais votado, é uma questão de lógica. Mas com a lei da ficha limpa as coisas mudaram, ou será a lei que está a tropeçar nas próprias pernas. Não está enquadrado na Lei de Ficha Limpa não dá atestado de boa conduta a nenhuma cidadão. E agora José? Que fazer? Será que a Justiça respeitará a vontade da maioria da população bacabalense ou dará a gestão do município ao segundo colocado que nestas circunstancia ainda é o p primeiro.Será um duelo de titãs digno de un filme de hollywood.
O fato é que a justiça terá que tirar a venda dos olhos e julgar os recursos que tramitam e que ainda vão aparecer. Uma coisa é certa: cada povo tem o Prefeito que merece, digo, o Prefeito que elegem.
Agora sim, lascou! Quem nós elegemos? Só a Justiça é quem sabe. Bons tempos aqueles que apezar das artimanhas usadas, ganhava -se eleição com a maioria dos votos. Salve a democracia...
Por Zezinho Casanova