Novas regras para entrega da Declaração do imposto de Renda

Prazo vai até 29 de abril

Fifa abre janela para jogadores na Rússia e na Ucrânia

Decisão foi motivada pela guerra que acontece no Velho Continente

Expedito Jr. faz Gol de Placa ao apoiar esporte amador em Bacabal

Desportista declaram apoio ao trabalho de expedito

Norris Cole, Lady Conceição e Norris Cole Jr. fazem Show Internacional em Bacabal

Show deve mobilizar toda massa reggueira de Bacabal e região

Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

domingo, 31 de outubro de 2010

Advogado diz que manobras escabrosas macularam as eleições em São Mateus

POR MANOEL SANTOS NETO
Advogado militante há 15 anos, formado na Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Hamilton Nogueira Aragão, mais conhecido como Miltinho Aragão, tem travado uma dura luta nos bastidores da Justiça Eleitoral. Por apenas 22 votos, ele perdeu em 2008 a eleição para a prefeitura do município de São Mateus. E desde então faz graves denúncias contra o juiz Marco Aurélio Barrêto Marques.
Miltinho Aragão, que foi candidato pelo PSB, acusa também o prefeito Rovélio Nunes (PV) de ter praticado diversos crimes eleitorais, para sair vencedor do pleito. Na terça-feira passada (26), acusado de abuso de poder econômico e político por conta de uma suposta contratação de servidores, distribuição de combustível e camisas durante a campanha, acabou absolvido por 5 votos a 1 no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA).
O relator da matéria foi o juiz Magno Linhares, que defendeu a cassação do prefeito. Votaram contra os juízes José Joaquim Figueiredo dos Anjos, Márcia Chaves, Raimundo Barros, José Carlos Sousa e Silva e Sérgio Muniz. Estes acharam as provas insuficientes, sustentando que havia muito depoimento e pouca prova técnica. Além de criticar a postura da Justiça Eleitoral, Miltinho Aragão garante, nesta entrevista ao Jornal Pequeno, que o juiz Marco Aurélio Barrêto Marques “conduziu desastradamente a tumultuada eleição” ocorrida em 2008 em São Mateus:
Jornal Pequeno - Com os julgamentos já realizados no TRE-MA, ainda há pendências judiciais em relação às eleições de 2008 em São Mateus?
Miltinho Aragão - Sim, são vários processos, cada um com a sua importância particular. Falta decidir o processo da urna da Juçareira, a urna da fraude final, onde 104 pessoas votaram depois das 5 da tarde sem estarem lá para votar às 5 da tarde, uma história escabrosa. A perícia desta urna foi realizada pelo próprio TRE e ficaram comprovados os indícios de fraudes sustentados.
JP – Foram então, de fato, comprovados os indícios de fraude?
Miltinho Aragão - Como exemplo, a perícia constatou que entre um voto e outro, a partir de 5 da tarde, eram segundos, recordes, de um voto para outro. Esta urna, localizada na zona rural, a 20 quilômetros da sede, foi a “salvação” do coronel, virou a eleição às 8h30 da noite, enquanto perdia naquele momento por 51 votos e estava perdendo desde o início da apuração.
Quando soubemos da maracutaia que estava ocorrendo nesta urna da zona rural após as sete da noite, fomos rapidamente ao local, houve tumulto, ainda queriam que mais pessoas votassem, no desespero de mudar o resultado adverso desde o início da apuração que naquele momento era de 51 votos e só faltava apurar esta urna.
JP – Mas a apuração foi encerrada já sob um clima de tensão e tumulto ...
Miltinho Aragão – O problema é que nesta urna da zona rural, ao ser apurada com a proteção da polícia e sob protesto diante da revolta dos presentes o resultado passou a ser favorável ao Coronel Rovélio por 22 votos. Daí, por essa e por outras, durante toda a campanha sofrendo com a condução dos trabalhos por um juiz que tinha lado, a população se revoltou e foi às ruas no dia seguinte destruindo alguns prédios públicos, fato conhecido de todos com ampla divulgação dos veículos de comunicação.
JP – O fato de o juiz, como o senhor afirma, ter sido parcial na condução da eleição, não gerou nenhuma reclamação à Justiça Eleitoral?
Miltinho Aragão – O juiz foi afastado depois das eleições de julgar todos os processos das eleições de 2008, como também foi aberto procedimento pela corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral para apurar a má condução da eleição pelo juiz, processo 3319 (TRE). Além deste processo, falta julgar o Recurso Contra Expedição de Diploma 223, no TRE e tem outro processo, em grau de recurso onde o coronel está cassado na base pela juíza Ana Gabriela Everton, já com o parecer da Procuradora Carolina da Hora pela manutenção da cassação, processo 1367, número do processo na base.
JP – Mas com base em que o Coronel Rovélio está se mantendo no cargo?
Miltinho Aragão – É bom lembrar que, ao todo, o coronel Rovélio já foi cassado três vezes, em três processos diferentes e por juízes diferentes, já que o Marco Aurélio não pôde julgar estes processos. Foram designados para julgar os processos que culminaram com as três cassações do coronel os juízes Mário Marcio Almeida, Manoel Freitas Filho e Ana Gabriela Everton.
Todos eles cassaram, por diversos motivos cada um deles e o Tribunal Regional Eleitoral já o absolveu em dois, sempre tendo o relator protestando pela cassação, sempre o juiz federal que compõe o Tribunal e sempre o desembargador Joaquim Figueiredo assumindo com muita empolgação a defesa pela absolvição, neste último, sem ao menos ter vista do processo, este com 17 volumes e mais de 8.000 páginas.
JP – A Justiça Eleitoral, então, ainda não se deu por convencida das provas apresentadas contra o Coronel Rovélio?
Miltinho Aragão – Estão lá 21 vídeos acostados aos autos, diversos documentos de provas, como folha de pagamentos com os nomes de contratados e a prova bancária de informação do Banco do Brasil e Superintendência do Banco do Brasil dos depósitos dos beneficiários em conta; combustível da campanha pago com recursos públicos (provas documentais); apreensões de camisas pelo promotor; vídeos de diversos crimes eleitorais (inclusive flagrantes); distribuição de canoas a eleitores; cesta básica e dinheiro em troca de votos.
JP – Estes crimes eleitorais alegados ficarão impunes?
Militinho Aragão – Há um elenco muito abundante de provas. Nenhum outro processo já julgado pelo TRE é capaz de se igualar a este, com absoluta convicção. É só comparar os motivos de cassações em municípios como São João Batista, São Francisco, Barreirinhas, Água Doce e verificar o conjunto probatório deste processo (462382659).
Pois bem, o desembargador sem sequer pedir vistas do processo, já que não era o Relator, foi capaz de em pouco mais de 10 minutos dizer que não havia prova suficiente para cassar o coronel Rovélio, desautorizando o parecer do Relator e o parecer da Procuradora Carolina da Hora, ambos com mais de 23 laudas, evidentemente sem usar fundamentos jurídicos, apenas repetindo que não havia provas, que não viu nada demais capaz de cassar nos autos, tendo os demais membros, apenas confirmando a divergência sem maiores alegações, salvando muito rapidamente o coronel da cassação.
JP – Ao seu modo de ver, por que então a Justiça Eleitoral está tratando, diferentemente, este caso da eleição em São Mateus?
Miltinho Aragão - Se se fizer um levantamento dos prefeitos cassados e as motivações de cada um deles, verá sempre que as motivações estão postas em diversos outros casos, em situação igual. A diferença é que em uns o interesse político está acima das questões jurídicas, depende muito do lado escolhido, do apadrinhamento.
Isto é muito triste, é a conversa predominante nas rodas políticas. Todos falam: é a insegurança instituída no Estado do Maranhão. E um dado curioso deve ser observado: praticamente a metade dos juízes afastados a nível de Brasil pelo CNJ, esta metade, é justamente daqui do Maranhão. Não seria um sintoma?
JP – Ainda há um clima de conflito em São Mateus?
Miltinho Aragão – Só para se ter uma ideia, a população de São Mateus em sua maioria não acredita no Juiz da Comarca. Isso é muito ruim para a Justiça local. Ele perdeu a credibilidade junto à população. Ele tem lado na cidade, vive às voltas atendendo aos pleitos do prefeito e de pessoas próximas do prefeito.
No dia das eleições do último dia 3 de outubro, a pedido do secretário de Finanças do Município, Sr. Bogéa Fernandes, ele, o juiz, invadiu a minha casa, percorreu todas as dependências, cercado de policiais, na minha ausência, constrangendo meus familiares, sem justificativa alguma, em flagrante abuso.
JP – O senhor pretende tomar alguma providência contra o juiz da Comarca?
Miltinho Aragão - Estarei representando criminalmente contra ele nos próximos dias em face deste episódio. Ainda no dia da eleição de 3 de outubro, este mesmo juiz, andando de seção em seção, se postava perante eleitores nas filas de votação e fazia um pequeno discurso pedindo que as pessoas presentes na fila não votassem em candidatos de incendiários.
Ou seja, traduzindo os acontecimentos locais, como eu sou o advogado dos acusados no processo que trata da revolta pós-eleições de 2008 que culminou com a depredação de alguns prédios e estava apoiando fortemente o deputado Flávio Dino para governador, a Dra. Cleide para deputada estadual e o deputado Carlos Brandão para deputado federal, evidentemente que estava pedindo que os eleitores não votassem em meus candidatos. Isso é postura de Juiz?
JP – Qual foi a postura do grupo Sarney, em São Mateus, nestas últimas eleições?
Miltinho Aragão – Aliados do prefeito cassado Rovélio e vice-versa, o Ricardo Murad e o Tatá Milhomem são os elos dele com a Roseana. O Ricardo após a concessão de uma das liminares, (já foi duas vezes afastado do cargo - por alguns dias), tendo assumido por ordem judicial o presidente da Câmara, Antonio Carlos Montelo.
Sim, em uma destas duas vezes, o Ricardo ao chegar na cidade de helicóptero, juntamente com o cassado Rovélio para reassumir o cargo, disse publicamente que enquanto ele e Roseana estiverem no governo ninguém cassa o mandato do Coronel. Significa o que essa fala, que são eles que mandam na Justiça do Maranhão? Seu Ricardo com a palavra.
E na mesma oportunidade, o coronel Rovélio, também ao descer do helicóptero, disse em alto e bom som, vídeo exposto no youtube que a juíza que o cassou era uma juíza incompetente, assim como eram incompetentes as mulheres do Tribunal, e que ganharia todos os processos no Tribunal do Maranhão e que se recorresse para Brasília aí mesmo é que ganharia pois aqueles juízes são mais competentes do que esses. Ou seja, o coronel Rovélio ainda é mal agradecido para com os integrantes do Tribunal que o absolve sucessivamente!
JP - E qual foi a postura das forças de oposição, no município?
Miltinho Aragão - Estivemos unidos na última eleição municipal, todos os partidos e lideranças do campo popular. A cidade se envolveu no processo eleitoral. Infelizmente foi uma batalha desigual, desequilibrada com a ostentação do abuso do poder político e econômico, com as bênçãos e anuência explícita do juiz da Comarca. Para se ter noção do que fomos vítimas, o juiz usava a emissora de televisão do prefeito para exaltá-lo perante a opinião pública; o prefeito usava o mesmo canal de TV local para fazer propaganda eleitoral sem ser incomodado, o promotor ainda tentou impedir o uso da TV diariamente pelo prefeito como se fosse horário eleitoral gratuito, só ele podendo usar, mas o juiz Marco Aurélio passou toda a eleição e não apreciou este processo deixando o coronel à vontade. Tem comparação?
E mais: o então governador Jackson Lago marcou uma ida na campanha (20 de setembro de 2008) para fazer uma caminhada de campanha conosco, restou prejudicada, já estando na cidade (São Mateus), o juiz proferiu uma decisão em caráter liminar e impediu que fizéssemos a caminhada com o governador e ele teve que voltar da cidade sem poder sair conosco nas ruas de São Mateus. Uma disputa atípica. Fomos violentados por um membro do Judiciário, por quem tem como função precípua distribuir justiça. É lamentável, é vergonhoso.
JP - Como o senhor avalia o resultado das eleições de agora – 2010 – em São Mateus?
Miltinho Aragão - Fomos os grandes vencedores, uma demonstração clara de que a população não engoliu a violência a que sofremos na eleição municipal de 2008, patrocinada por um membro do Judiciário. O tira-teima das urnas foi dado, Roseana levou uma sonora derrota no município, Flávio Dino, nosso candidato, teve 50,2% dos votos válidos. Vencemos em todos os níveis, fomos também o primeiro lugar para federal, com o deputado Carlos Brandão e o companheiro de chapa, Genilson Alves, foi o primeiro para deputado estadual.
JP - Qual o cenário que começa a se desenhar, em São Mateus, para a eleição de 2012?
Miltinho Aragão – Agora em 2010, derrotamos todos os candidatos do coronel no voto. Portanto, é o prenúncio da eleição de 2012. A população está ansiosa para chegar este momento. E que a próxima eleição possa ser comandada por um juiz que seja só juiz.
Mas, para a população, a eleição de 2008 ainda não acabou. É o sentimento dominante. É a sensação de ter sido lesado por quem tinha a obrigação legal de impedir a lesão a um direito. Os papéis se inverteram e a revolta é sentida até hoje nos quatros cantos da cidade.
O eleitorado sonha por uma nova eleição, seja agora, fora de época, em razão de uma eventual anulação do pleito mediante os processos eleitorais ou mesmo em 2012. A maioria perdeu a confiança na Justiça. Esse é o sentimento dominante, as sucessivas quedas e liminares, os comentários de bastidores que depois se confirmam, as festas e os foguetes com os detalhes da tendência das decisões, os detalhes dos resultados que depois se confirmam.
Decididamente, para os eleitores do 40 como se costuma dizer na cidade, ninguém mais acredita na justiça pela justiça. Por isso, já predomina o desejo da maioria em aguardar para o grande julgamento de 2012 onde não precisa do voto de nenhum juiz para decidir quem será o prefeito da cidade de São Mateus, desde que o juiz não seja mais o atual. É aguardar, rezar e conferir. Espero em Deus que nos dê essa oportunidade e que as forças de oposição local estejam unidas para esse embate que já se aproxima depois de dois anos intensos e de crença de que justiça seria feita. Que venha 2012.
FONTE: Jornal Pequeno

sábado, 30 de outubro de 2010

PF prende filho do prefeito de Lago Verde com R$ 327 mil

Uma diligência da Polícia Federal, realizada na tarde de ontem, resultou na apreensão de R$ 327,00 que teriam sido sacados irregularmente da conta da Prefeitura de Lago Verde.
Durante a operação, o filho do prefeito de Lago Verde, Raimundo Almeida, e um funcionário da prefeitura foram presos, em Bacabal, depois de flagrados com R$ 327 mil e 26 talionários de cheques. A ação foi comandada pelo delegado Pedro Meirelles.
Alex Almeida, que é o secretário de Administração do governo do pai, e o servidor de nome não divulgados foram trazidos a São Luís onde foram ouvidos durante toda a madrugada.
Os advogados da prefeitura alegam que o dinheiro seria usado para fazer o pagamento do funcionalismo, já que em Lago Verde não existe agência bancária. Afirmaram ainda que parte dos recursos serviria para pagar uma banda de forró que se apresentaria na cidade.
No entanto, os policiais foram até a prefeitura e o prédio estava fechado. Nenhum servidor municipal sabia de tal pagamento. A polícia acredita que o dinheiro seria usado no pagamento de agiotas e do ex-prefeito da cidade, padrinho político de Raimundo Almeida, que não foi localizado pela PF.
FONTE: Jornal Pequeno

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Maranhão terá nova edição do Fórum de Educação e Diversidade Étnico-Racial


Anselmo Raposo e o representante da Secad/MEC, Antônio Mário Ferreira.
 


Uma nova edição do Fórum de Educação e Diversidade Étnico-Racial deverá ser realizada até o final do ano. O evento será promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em parceria com Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad) do Ministério da Educação. O tema foi tratado durante uma reunião técnica entre o secretário de Educação, Anselmo Raposo, e o representante da Secretaria de Educação Continuada e Diversidade (Secad), Antônio Mário Ferreira.
O encontro realizado, na quarta-feira (27), na Seduc, contou ainda com a participação das representantes da equipe de educação das relações étnico-racial da Seduc, Ilma Fátima de Jesus e Georgiana Márcia Oliveira Santo.
O representante da Secad/MEC, Antônio Mário Ferreira, destacou que o fórum continua com o foco voltado para dar maior visibilidade à lei 10.639/03, que estabelece a obrigatoriedade do ensino de História da África no ensino fundamental e médio. Uma das finalidades dessa lei é sanar ou diminuir os prejuízos sociais causados pelos estigmas e estereótipos criados em relação ao negro.
Ele explicou que fórum é fundamental para garantir a gestão democrática nas escolas da rede estadual de ensino e a formação continuada dos professores, que serão capacitados para repassar aos alunos uma visão de cidadania e construção da identidade nacional.
Para o secretário de Educação, Anselmo Raposo, a formação continuada é uma forma de capacitar os professores da rede estadual de ensino para trabalhar com a origem afro-descendente da maioria dos alunos e mostrar a importância que deram para construção do engrandecimento da história do país.
Raposo frisou que o primeiro fórum foi realizado no início de sua gestão e sua meta, agora, é promover o segundo fórum para implementar e capacitar o corpo docente da Seduc, observando que o Maranhão é o segundo maior estado do país em contingente populacional negro.

Prefeitura empossa Comissão Permanente de Acessibilidade de São Luís

A Prefeitura de São Luís empossou os 20 membros da Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA), na tarde desta quarta-feira (27), no auditório Reis Perdigão, no Palácio La Ravardière. O secretário municipal extraordinário de Projetos Especiais, Francisco Barros, representou o prefeito João Castelo na solenidade.
A CPA, composta por dez representantes de órgãos municipais e dez da sociedade civil, é um órgão consultivo e deliberativo que tem como finalidade acompanhar o desenvolvimento de ações e elaborar propostas e normas e controle que garantam os direitos da pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida. A Comissão está vinculada à Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh).
A CPA foi instituída pela Prefeitura de São Luís, na gestão do prefeito João Castelo, após quatro anos da criação dos Decretos nº 29.451, de 20 de setembro de 2006, e de nº 29.492, de 09 de outubro de 2006, que garantem a acessibilidade a pessoas portadoras de deficiência e dá outras providências.
Participaram da posse a deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB), o vereador e líder do governo na Câmara Municipal de São Luís, José Joaquim (PSDB), o promotor de Justiça da 11ª Promotoria Especializada nos Direitos da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Ronald Pereira dos Santos, a coordenadora do Comitê Gestor de Acessibilidade da Prefeitura de São Luís, Raquel Abreu, representantes do Fórum da Pessoa com Deficiência, Dylson Bessa e Manoel do Vale, entre outros.
Parcerias
Em seu discurso de posse, a presidente da CPA, Fabíola Barros Carneiro, destacou a importância de fazer parcerias com os órgãos públicos, conselhos, fóruns e entidades para, juntos, fortalecerem as ações relevantes no processo de elaboração das políticas públicas na inclusão da acessibilidade em São Luís.
“A criação da CPA consiste na construção de uma sociedade inclusiva para superar barreiras arquitetônicas e atitudinais, através de sensibilização, conscientização e mobilização para uma transformação justa e consciente da acessibilidade”, frisou Fabíola Barros.
Segundo a presidente da Comissão, inicialmente a comissão irá elaborar o regimento interno; capacitar os técnicos para o trabalho a que eles se propõem; além de criar um disque-denúncia para melhorar a acessibilidade dos cidadãos.

“Nosso trabalho de parceria já teve início este ano com a visita da Prefeitura de São Luís, por meio da CPA, à Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo. Fomos recebidos pelo secretário Marcos Belisário, que se dispôs a nos fornecer todas as informações necessárias para que, em parceria, possamos realizar um excelente trabalho aqui em São Luís”, finalizou Fabíola Barros.
FONTE:Jornal Pequeno

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Presença de UFOs alerta população no Pará

fonte: Diário do Pará 
A rotina costumeiramente pacata de quatro comunidades pertencentes ao município de Santo Antonio do Tauá, distante 56 km de Belém (PA), foi perturbada por um fenômeno surpreendente. Dois objetos voadores não identificados foram avistados por dezenas de pessoas na noite de segunda-feira e início da madrugada de terça, dia 26.

Muito mais que surpresa, a aparição dos UFOs causou medo e assustou a maioria dos moradores das comunidades de Santa Rita, Tracuateua, Remédios e Tracuateua da Ponta, localizadas no ramal do Km 23 da PA-140.

A noite de 25 de outubro de 2010 dificilmente vai ser esquecida por parte das 140 famílias da comunidade Remédios, que presenciaram o fenômeno. Por volta das 22h30, Manoel da Conceição Lopes, o “Santos”, foi chamado pelo filho para ver algo estranho que sobrevoava a mata localizada atrás de sua residência.

Um fato curioso ocorreu no momento em que alguns avistaram os objetos, que pairavam sobre a cobertura das árvores. “As televisões saíram do ar. Ficou só o chuvisco. Quando fui ver, pensei que eles iam descer na piçarreira. Vi dois objetos e eles não faziam barulho de avião. Um deles seguiu e se afastou. O outro deu a volta por trás da mangueira, depois voltou em direção do outro e foram embora”, relatou Manoel Conceição.

Essa primeira aparição foi assistida por pelo menos 10 pessoas que se encontravam em suas casas e outras na rua, conversando. Luan Carlos Conceição Costa, de 17 anos, foi quem descreveu com mais clareza os UFOs. “Tinha uma luz forte, parecia um farol, e mais em cima luzes piscando e girando em volta. Fazia um barulho de motor falhando. Pensamos que era um avião falhando, depois sumia e aparecia em outros lugares. As luzes apagavam e apareciam em outro lugar”, disse o adolescente.

Perseguição -
Luan contou que dois moradores da comunidade saíram correndo atrás dos artefatos, tentando acompanhá-los e ver para onde seguiriam. Após se afastarem alguns metros, um dos UFOs girou no próprio eixo e jogou um foco de luz em direção aos dois rapazes. Assustados, correram de volta para a comunidade, mas ainda viram os objetos se afastando em direção à mata que circunda a área. Os jovens não foram localizados, pois estavam trabalhando no município vizinho de Santa Izabel do Pará.

Na localidade de Tracuateua da Ponta, Augusto Souza, de 25 anos, conhecido na comunidade como “Lequito”, estava pescando em um porto do rio Tauá, com três amigos. Já passavam das 21h30 quando eles foram surpreendidos com a passagem de um “avião” sobre as árvores e depois sobre o rio. “Era uma luz muito forte, como um farol. Tinha luzes vermelhas na lateral que ficavam girando. Passou e voltou novamente. Uma hora a luz ‘candiou’ a gente e fazia um barulho intenso, mas não era de avião”, recordou Lequito.

Animais assustados -
Ainda em Tracuateua da Ponta, o professor Nazareno Correa contou que os animais, a maioria cães, se assustaram ao avistarem o fenômeno. Ele também chegou a pensar que se tratava de um avião, mas as manobras realizadas pelos objetos não são compatíveis com a movimentação de uma aeronave de pequeno porte, diz o professor.

Correa foi chamado pela mulher para ver o objeto que passava pouco acima de uma torre de transmissão que existe na comunidade. “Ainda disse: mulher, esse avião vai cair e está procurando rota para pousar", mas ia devagar. "Não dava para ser avião”, acredita o professor.

Ele também descreveu o avistado por ele e pelos familiares. “Tinha uma luz forte. A base arredondada era brilhante e havia sete luzes amarelas e três vermelhas que ficavam piscando em um movimento circular constante. Em um avião as luzes são fixas”, compara o professor.

Ele disse ainda que o que mais estranhou foi o comportamento dos animais da redondeza. “Os cachorros latiam, os galos e galinhas faziam barulho. Mas o mais curioso foram os galos, que costumam cantar no início da manhã mas passaram a cantar quando o objeto passou por aqui”.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Viana vence o Bacabal em partida marcada por confusão no final

Antonio Marcos

O Viana venceu neste domingo, no Estádio Djalma Campos, a equipe do Bacabal pelo magro placar de 1 a 0, em partida válida pela Série A do Campeonato Maranhense. O gol da vitória da equipe vianense foi marcado pelo atacante Didi Cearense, aos 39 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Viana fez o time chegar a sete pontos no campeonato.

O Bacabal é o lanterna da competição com apenas 1 ponto. A nota triste do jogo foi uma confusão protagonizada pelos jogadores da duas equipes. No próximo jogo, na quarta-feira, 27, o Viana irá enfrentar o Iape no Estádio Nhozinho Santos , enquanto o BEC enfrenta o Nacional, em Santa Inês. 
FONTE: O IMPARCIAL

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

FMF encaminha para o TJD o caso do WO do Bacabal com texto confuso

oão Ricardo

Um texto confuso e baseado em um artigo errado. A portaria 074/2010 divulgada pela Federação Maranhense de Futebol (FMF) remete a interpretação de que o Bacabal é o novo lanterna do Campeonato Maranhense, porém não o é. Apenas o Nacional conquistou os três pontos no jogo do WO (não comparecimento do adversário, equivalente ao placar de 3 a 0 para o vencedor) e o BEC não perdeu três pontos, conquistados em outra oportunidade.

O texto da portaria diz: “Determinar três (03) pontos ganhos para a Sociedade Esportiva Nacional e três (03) pontos perdidos para o Bacabal Esporte Clube”, o que gerou toda a confusão.

Depois de ter acesso à portaria da FMF, O IMPARCIAL entrou em contato com o diretor técnico da entidade, José Alberto de Moraes Rego “Geografia”, para confirmar o procedimento divulgado no documento, contudo o diretor disse que a decisão final será do tribunal, o que contraria o próprio documento. “Já encaminhei o caso para o tribunal. O Nacional ganhou os três pontos, mas o que vai acontecer com o Bacabal depende da Justiça Desportiva”, declarou o diretor.
A portaria do dia 11 de outubro, última segunda-feira, está baseada no relatório do árbitro escalado para o jogo entre Nacional e Bacabal, no Estádio Nagibão, e por isso a FMF diz ter aplicado o artigo 42 do Regulamento Geral das Competições (RGC) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), contudo, outro erro é encontrado neste ponto.
FONTE; O Imparcial

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Curso Semente de Girassol com inscrições abertas até dia 30

O Centro de Defesa Padre Marcos Passerini (CDMP) lançou, no dia 1º de setembro, a 5ª edição do Curso Semente de Girassol, curso de formação de combate à violência doméstica contra crianças e adolescentes.
A finalidade é formar educadores, conselheiros de direitos e tutelares, professores de escolas públicas e privadas, militantes de movimentos sociais e outras pessoas no enfrentamento da violência doméstica praticada contra crianças e adolescentes.
As inscrições foram prorrogadas e se encerram no dia 30 de outubro de 2010. Acesse o site do CDMP e confira as formas de participação, conteúdo do curso, período, carga horária e ficha de inscrição no edital desta edição - ou ligue para (98) 3231-1445 (e-mail: sementedegirassol@cdmp.org.br).
O curso conta com uma carga horária de 300 horas distribuídas em cinco módulos, cuja metodologia consiste em momentos à distância e um presencial. Os participantes realizarão estudos, pesquisas, atividades de sensibilização e entrevistas, dentre outras ações, no seu próprio município. No final da capacitação os cursistas participarão do módulo presencial, a se realizar na cidade de São Luís.

OAB vai divulgar dados sobre trabalho escravo e desapropriação de terras

A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Maranhão, vai promover uma coletiva de imprensa amanhã nesta quinta-feira (14), às 9h, no plenário da instituição, para divulgar os últimos dados relativos ao trabalho escravo no estado, bem como a situação de despejos e expulsões de terra que ocorrem de forma ilegal, realizados nos interiores e na capital maranhense.

Estarão presentes membros da Comissão de Direitos Humanos – OAB/MA, do MST, da Sociedade de Direitos Humanos/MA e demais setores públicos e privados, que lidam diretamente com os assuntos propostos.

Na ocasião, os dados obtidos através dos últimos Censos, do Setor de Documentação da CPT e da Unesp (através da FAPESP) serão esclarecidos aos presentes, bem como outros temas de interesse  social serão debatidos.
FONTE: O Imparcial

Mais de um terço das mulheres é obrigada a manter relações sexuais, diz ONU

Mais de um terço das mulheres do mundo já foi ou é constantemente surrada, abusada ou forçada a manter relações sexuais por um companheiro ou um membro da família, alertou nesta terça-feira uma alta funcionária da ONU.
“Pelo menos uma em cada três mulheres já foi surrada, coagida a fazer sexo ou abusada de alguma outra maneira, geralmente por um companheiro íntimo ou por um membro da família”, indicou Zou, citando dados de um novo relatório do Fundo das Nações Unidas para a População.
Ainda de acordo com o relatório, entre os 186 países que assinaram a Convenção para a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra a Mulher, de 1979, são poucos os exemplos de governos que de fato implementaram medidas para ajudar as mulheres de maneira efetiva.
Estados Unidos, Irã e Sudão são os únicos três países que ainda não assinaram a convenção, lembrou Zou.
FONTE; Jornal Pequeno

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Dupla é presa com 20kg de maconha em Santa Luzia do Tide

Rosana Carneiro

Josué de Jesus e Elilson Ferreira foram presos.
 


Dois homens foram autuados em flagrante por policiais militares em uma blitz na BR-222 no município de Santa Luzia do Tide, a 280 km de São Luís. A dupla estava portando aproximadamente 20 kg de maconha.

Josué de Jesus Filho da Conceição, de 31 anos, morador do povoado Lago Verde, Bacabal e Elilson Ferreira da Silva, de 23, natural do município de Bela Vista, levavam a droga em duas mochilas cada uma com cerca de 10 kg de droga, escondidas no porta-malas do transporte de lotação, um Celta vermelho que saiu da cidade de Arame com destino a Lago Verde.

Os dois foram levados para a delegacia regional de Santa Inês, onde confessaram ao delegado Márcio Fábio Dominice que iriam comercializar a droga em Lago Verde. Segundo Márcio, eles ainda portavam um revólver calibre 38.

O delegado disse ainda, que no carro havia mais três pessoas que desconheciam o transporte da droga já que o veículo era de lotação. “Os outros passageiros afirmaram que não sabiam da presença da droga no carro e se surpreenderam quando a polícia a encontrou”, disse.

Josué e Elilson continuam presos e irão responder por tráfico de drogas associado e porte ilegal de arma.
FONTE; O Imparcial

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Fidel Castro publica resumo do livro de Bob Woodward

FONTE: France Presse


Havana - O líder cubano Fidel Castro começou nesta segunda-feira (11/10) a publicar o resumo do livro do jornalista americano Bob Woodward sobre as lutas internas enfrentadas pelo presidente Barack Obama em função do conflito no Afeganistão.
Sob o título "O império por dentro", o ex-presidente cubano faz uma síntese de sete dos 33 capítulos do livro "Obama's Wars", que será publicada diariamente na coluna "Reflexões de Fidel".
"Não seria possível entender nada da atual política dos Estados Unidos se o conteúdo desse livro fosse ignorado", afirma Fidel, que explica que uma tradutora resumiu a obra de 420 página em 99.
O líder comunista de 84 anos comenta ainda que o interesse em divulgar o conteúdo do livro se deu pelo assombro que sentiu pela "ignorância generalizada em torno de problemas vitais para a existência da humanidade".

Inscrições abertas para oficinas de Turismo no espaço Ímpar

Estão abertas as inscrições para a oficina “O Turismo protegendo os direitos das crianças e adolescentes”, que ocorre no Espaço Ímpar (sede do Jornal O Imparcial), nos dias 19 e 20 de outubro, das 09 às 12h. Serão duas turmas com a disponibilidade de 25 vagas para cada uma das oficinas.

As oficinas de formação fazem parte do projeto "No Roteiro da proteção: enfrentamento à exploração sexual em São Luís-MA", desenvolvido pelo Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini – CDMP, e apoiado pelo São Luís Convention & Visitors Bureau, entre outras entidades do trade turístico de São Luís.

O projeto tem como objetivos principais combater a prática do Turismo Sexual de Criança e Adolescentes em São Luís, tornando-se uma ferramenta de enfrentamento contra este problema socioeconômico, e atuando conjuntamente com os principais agentes da atividade turística bem como com a participação da sociedade civil.

As inscrições podem ser feitas na sede do São Luís Convention & Visitors Bureau; pelo telefone (98) 3232-7712 e/ou e-mail contato@visitesaoluis.com

O São Luís Convention & Visitors Bureau fica na praça Benedito Leite, n°264, sala 09, prédio da Associação Comercial do Maranhão - Centro.  O local está aberto nos turnos matutino, das 8h às 12h, e vespertino, das 14h às 18h.

SERVIÇO

O quê: oficina “O Turismo protegendo os direitos das crianças e adolescentes”.
Quando: dias 19 e 20 de outubro, das 09 às 12h.
Onde: Espaço Ímpar (sede do Jornal O Imparcial).
Mais informações: www.visitesaoluis.com  

domingo, 10 de outubro de 2010

Dino pede apuração de indícios de fraudes

Aline Louise e Francisco Júnior

A coligação “Muda Maranhão”, que teve como candidato a governador Flávio Dino (PCdoB), deu entrada na tarde de ontem (9) em um pedido de procedimento administrativo ao Ministério Público Eleitoral e à Corregedoria do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão para que sejam apurados indícios de fraude nas eleições ocorridas no último domingo dia 3 de outubro.
Com uma eleição decidida no primeiro turno, com uma diferença de aproximadamente 2,5 mil votos, o segundo e terceiro colocados na disputa (Flávio Dino e o pedetista Jackson Lago, respectivamente) contrataram um grupo de analistas em sistema operacional eleitoral, comandados pelo engenheiro Amílcar Brunazzo, para identificar possíveis problemas na condução do processo eleitoral e na apuração dos votos. Um dos casos de uma urna de São José de Ribamar, que registrou 20 votos sem erros (a tecla “corrige” não foi apertada) entre às 16h30 e 17h, e 26 votos após às 17h, horário de encerramento das sessões eleitorais. Outro aconteceu na cidade de Raposa, que teve 33% de erro na utilização da urna biométrica, muito acima da média nacional foi de 1% por urna.

A representação alega que o relatório feito pelos especialistas contratados
pela coligação indica a existência de uma incompatibilidade verificada na ata de Geração de Mídia no que se refere aos Flash cards. Flash Card é um cartão de memória eletrônico, uma espécie de disco rígido das urnas. Cada um possuidois flash cards: um interno cujo acesso é feito somente pela equipe de técnicos que faz o armazenamento de dados no sistema operacional e o externo que tem a função de armazenar informações complementares ao funcionamento do sistema e pelo registro dos votos.

O relatório que embasa a representação dos advogados da coligação de Flávio Dino indica que no caso das eleições do último domingo a ata de Geração de Mídia afirma que teriam sido gerados 694 flashs de carga. Mas posteriormente é informado que teriam sido 931. Os registros logs, (informações técnicas
das urnas) solicitados pela coligação apontam um total de 961 flash cards. “Em tese, essa quantidade de flashs a mais permitiria carregar aproximadamente 10.000 (dez mil) urnas, o que causa estranheza em relação ao destino desse material.

Afinal, o que teria ocorrido com as mais de duas centenas de flashs em excesso?”, diz um trecho da representação. Os advogados da coligação de Flávio Dino argumentam ainda: “Nesse sentido, numa eleição em que o resultado da eleição em 1º turno se decidiu por apenas 0,08% dos votos, qualquer irregularidade, por menor que possa parecer, teria força sufi ciente para alterar o resultado da votação.”

O outro lado

A reportagem de O IMPARCIAL ouviu um dos coordenadores da campanha de Roseana que rechaçou qualquer possibilidade de existência de supostas fraudes nas eleições. “Não tenho conhecimento do que foi que eles entraram, mas temos certeza de que houve lisura completa no pleito, tanto no momento da votação quando na apuração”, disse Hildo Rocha, um dos coordenadores de campanha da coligação “O Maranhão não pode parar”.
FONTE; O Imparcial

sábado, 9 de outubro de 2010

Reunião sobre igualdade racial discutirá assistência aos povos indígenas

A Secretaria de Estado Extraordinária de Igualdade Racial (Seir) reunirá demais órgãos do governo no dia 13, às 15h, no Salão de Atos do Palácio dos Leões, com a finalidade de dar prosseguimento ao Plano de Ações Integradas Indígenas 2010.

O encontro visa fortalecer a identidade étnico-cultural dos povos indígenas e realizar uma intervenção planejada que garanta assistência aos mesmos.

Além da Seir, participarão do encontro, representantes das secretarias de Educação, Saúde, Agricultura, Desenvolvimento  Agrário, Cultura, Desenvolvimento Social, Turismo, Trabalho, Segurança Pública, Meio Ambiente, Mulher e de Direitos Humanos.

Na pauta da reunião, discussão acerca das demandas geradas pelos povos indígenas das regionais Barra do Corda e Grajaú com vistas a definição de ações e/ou continuidade das atividades.

O evento constitui-se como prosseguimento da reunião ocorrida em Barra do Corda (13/07) e demais encontros realizadas na Seir (03/09; 28/09; e 30/08) com o objetivo de incluir outras secretarias no Plano de Ações Integradas Indígenas 2010.

Secretaria de Direitos Humanos e MP debatem direitos à diversidade sexual

O secretário de Direitos Humanos e Cidadania, Sergio Tamer, a promotora de Justiça, Theresa Maria Muniz Ribeiro, e vários grupos do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) se reuniram na sede da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Cidadania (Sedihc), nesta sexta-feira (8), para discutir a questão da diversidade.

A reunião teve como objetivo mostrar a realidade do movimento LGBT no Maranhão ao Ministério Público, que fará, no dia 10 de dezembro, um Congresso Estadual com o tema "O Ministério Público na proteção jurídica e social da diversidade". Representantes de grupos como Expressão, Gayvota, Lema, Centro Drag, Lilás e Passo Livre participaram do encontro.

Para a promotora de Justiça, Theresa Maria Muniz Ribeiro, essa reunião inicial é importante para discutir as reais necessidades do movimento LGBT no Maranhão. "Eu quero que o Ministério Público conheça a realidade desse movimento, pois o distanciamento dificulta as ações. A Promotoria está bem receptiva com a causa, o objetivo é solucionar melhor todos os problemas relacionados à LGBT", destacou a promotora.

Ela explicou que por meio desse Congresso Estadual o Ministério Público vai abordar vários assuntos relacionados aos direitos da mulher, igualdade social e movimento LGBT. "Essa foi uma reunião preliminar, para sentir as necessidades do que iremos abordar nesse Congresso", comentou.

A promotora ressaltou, ainda, que será feita uma reunião com os outros promotores para apresentar a trajetória e a forma de atuação do movimento LGBT no Maranhão. "Vamos fazer uma reunião na Procuradoria Geral de Justiça, com o secretário Sergio Tamer, a procuradora-geral, Fátima Travassos, e vários outros promotores, abordando temas do movimento", completou.

Sergio Tamer destacou que ações como essa fazem parte do papel da Sedihc, de proteger, promover e garantir os direitos humanos no estado. "A promotora Theresa Maria Muniz Ribeiro é uma aliada importante, que tem um histórico de luta pelos direitos humanos e agora está abraçando a causa LGBT", enfatizou Tamer.
FONTE: O Imparcial

Abertas inscrições para concurso histórico-literário estudantil

Estão abertas, até o próximo sábado (16), as inscrições para o concurso histórico-literário “Caminhos do Mercosul”. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da supervisão de Gestão Escolar (Suage), irá selecionar os participantes entre jovens do ensino médio, com idade entre 16 e 17 anos. Cada país selecionará seis ganhadores que serão premiados com uma viagem cultural a Argentina, em dezembro.

O concurso histórico-literário “Caminhos do Mercosul” tem como objetivo estimular e gerar um espaço de participação estudantil entre os jovens residentes nos países do Mercosul nos diversos campos da cultura e do saber, orientado ao desenvolvimento de atividades culturais, pedagógicas e recreativas.

O tema “Caminhos do Mercosul” consiste na apresentação de um trabalho original de caráter histórico literário sobre o “Bicentenário da ação Emancipadora”. A convocatória do concurso histórico-literário “Caminhos do Mercosul” acontecerá entre os dias 8 a 16 de dezembro. O projeto é desenvolvido no âmbito de setor educacional do Mercosul.

O concurso busca promover, entre os jovens de 16 e 17 anos, uma consciência favorável à integração regional por meio de uma experiência em que todos os participantes, além de ampliarem seus conhecimentos, desenvolvam uma vivência que permita analisar a identidade regional, respeitando a diversidade cultural.

Para participar do projeto, será realizado um concurso histórico-literário, o qual selecionará alunos do ensino médio (incluindo educação técnico profissional), nascidos exclusivamente nos anos de 1993 e 1994, em cada um dos países do Mercosul. Cada país selecionará seis ganhadores, formando uma delegação que como prêmio realizará uma viagem acadêmica e cultural a Argentina, no mês de dezembro.

Os trabalhos e a documentação requerida deverão ser entregues até o dia 16 de outubro na Supervisão de Gestão Escolar (Suage), à Rua Virgílio Domingues, nº 741, São Francisco, São Luís, CEP 65076-340. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 3218 2364.
FONTE; O Imparcail

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Escolas utilizam recursos audiovisuais para incrementar as aulas

Avesso à leitura dos livros propostos em sala de aula, o estudante Matheus de Oliveira, de 16 anos, aluno do segundo ano do Ensino Médio, praticamente devorou "A morte e a morte de Quincas Berro D'água", do escritor baiano Jorge Amado. Essa mudança no entanto, só ocorreu quando, na aula de Literatura, a professora resolveu levar os alunos ao cinema para a assistir ao longa "Quincas Berro D'água", adaptação cinematográfica da obra que era estudada em sala de aula.
Foto: Divulgação
Filmes e músicas tornam matérias mais interessantes para os alunos | Foto: Divulgação
"Foi completamente diferente de ler o livro. O filme é engraçado e a gente nem sente o tempo passar. Depois de ver o filme, foi muito mais legal ler o livro", sentencia Matheus.

A utilização de recursos audiovisuais e até mesmo tetrais para incrementar as aulas dos Ensinos Fundamental e Médio, além de cursos pré-vestibulares, é uma ferramenta a mais no processo de aprendizagem. E que costuma dar bons resultados. Aluna do quarto ano do Ensino Fundamental da Escola Municipal Abeilard Feijó, na Ilha do Governador, Julia Rangel, de 10 anos, achou muito mais interessantes as aulas de Ciências, que abordavam o tema Meio Ambiente, depois que assistiu, junto aos colegas, ao filme 2012.

"Aprendi que precisamos cuidar bem do planeta, não desperdiçar água, senão o que aconteceu no filme pode acontecer de verdade", disse.

Psicopedagoga e coordenadora Pedagógica do Centro Educacional Lagoa (CEL), Isabella Figueiredo da Cunha afirma que é preciso utilizar recursos diferentes para tornar a aula mais eficiente e, ao mesmo tempo, divertida.

"Os alunos vivem num mundo em que a imagem tem um poder de atração muito grande. Unir consistência de conteúdo e estratégias que instigam a curiosidade e a atenção dos alunos, para que a aula não se torne meramente um show, além de pouco significativa  quanto à aprendizagem, é um desafio. As aulas que utilizam recursos da mídia trazem uma realidade viva para dentro do espaço da sala de aula, favorecendo a compreensão e a consolidação da aprendizagem", explica.

Para motivar ainda mais os alunos em ano de vestibular, o próprio CEL criou o o projeto Encontros, onde dois professores de História e Geografia aparecem utilizando figurinos de personagens da época a ser abordada durante as aulas especiais, que podem ser ainda acompanhadas por canções ao violão, com composições relacionadas ao tema. Tudo isso para fazer com que um universo que pode parecer distante para o aluno, se aproxime mais de seu dia-a-dia.

Na Escola Estadual Mario de Andrade, em Santa Cruz, Zona Oeste do Rio, os alunos, além de utilizarem estas ferramentas em sala de aula, também podem aproveitar em casa. É que a biblioteca da escola possui um sistema de empréstimo de DVDs para os alunos, que além de terem acesso às grandes obras da literatura, também podem assistir a clássicos do cinema, como "Fale com ela", do cineasta espanhol Pedro Almodóvar e "Gladiador", do americano Ridley Scott.

No Sistema Elite de Ensino, colégio que possui unidades em vários bairros da Zona Norte do Rio, além da Baixada Fluminense, a mistura de cinema e aula deu tão certo que se transformou em um projeto paralelo, onde os alunos realizam seus próprios curtas-metragens, com duração de 1 minuto, baseados nas matérias do currículo escolar. Coordenador do projeto, o professor Carlos Morais conta que, anualmente, chegam a ser produzidos mais de 100 curtas, que levam cerca de um mês para ficarem prontos.

"Os temas são propostos para se trabalhar em sala e possuem vinculação direta com as matérias de Filosofia, Geografia, Sociologia, onde são os próprios professores que os elaboram. Além disso, o trabalho também vale nota para as disciplinas", explica.

Segundo Morais, o cinema tem o poder de criar um olhar crítico, além de ser formador de opiniões. Com isso, o aluno é colocado como cinesta e, como tal, deve ter a ideia da responsabilidade da sua posição perante o espectador. O professor também explica que, para  se produzir um filme de um minuto com fundamento, emitindo efetivamente uma mensagem, o estudante deve ter conhecimento do assunto abordado e, para isso, é necessário que se aprofunde no tema, adquirindo maior conhecimento sobre a matéria.

Para a pedagoga Marcia Soares, essa dinâmica filme + livro ou filme + aula rendem um novo universo ao aluno, estimulando outros tipos de percepções. De acordo com a pedagoga, o fato de um aluno não precisar imaginar o cenário onde se passa a ação ou o rosto dos personagens, em um filme, não tira dele a capacidade de se encantar por um livro. Pelo contrário.

"Assistir a uma obra adaptada da literatura para as telas pode fazer com que o aluno queira seguir o caminho inverso, ou seja, ler o livro antes dele parar no cinema, até para comparar se o que ele leu é parecido com aquilo que ele vai ver. E descobrir estas semelhanças e até mesmo diferenças pode ser um ótimo exercício", analisa.

Além de tornar as aulas mais divertidas e lúdicas, este tipo de metodologia pode até mesmo gerar novos profissionais para a área do audiovisual, como explica Morais: "Temos ex-alunos que hoje estão caminhando para se tornar grandes profissionais, e alguns estagiando conosco", finaliza.
FONTE: O Dia

Para mulheres, nos relacionamentos o carinho é mais importante do que o sexo

Uma pesquisa encomendada pela revista Elle inglesa aponta que a maioria das mulheres dá mais valor ao carinho do que ao sexo nos relacionamentos amorosos. Os dados da enquete feita pelo grupo Relate mostram que 38% das participantes afirmaram que romperiam com o parceiro se parassem de receber apoio emocional. Somente 2% dariam um fim à relação se as relações sexuais fossem ruins.

A coordenadora da pésquisa, a psicóloga Sally Brampton, avalia que, apesar das mulheres estarem mais modernas em vários aspectos, elas ainda são muito tradicionais quando o assunto é carinho e companheirismo.

Pesquisa aponta que, para as mulheres, carinho é mais importante do que sexo nos relacionamentos. Você concorda?

Sim. Apoio emocional é ideal para uma boa relação
Não. Relações sexuais ruins atrapalham muito




O levantamento mostra que quase 40% dos relacionamentos terminam devido a um distanciamento emocional do casal. Outros 31% acabam pela falta de perspectiva de uma vida feliz e produtiva juntos. Apenas 2,4% terminam por causa de uma vida sexual ruim.

Assim como diversos outros estudos, o levantamento também mostra que os homens colocam uma importância muito maior na vida sexual do que as mulheres. Enquanto elas medem o nível de intimidade da relação pelas conversas e o lazer, eles avaliam a vida a dois pelas relações sexuais.

Os resultados também mostram uma tendência interessante. As mulheres estão se sentindo mais ameaçadas do que nunca pelas mensagens de texto e os emails.

Morales propõe nome de Lula como novo secretário-geral da ONU

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve nesta sexta-feira o nome indicado para ser o próximo secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU). A sugestão é do presidente da Bolívia, Evo Morales. Para ele, os líderes políticos da América Latina e da África devem se unir em favor da candidatura de Lula para as Nações Unidas.

Morales disse que a candidatura de Lula se baseia no fato de ele ter promovido o crescimento econômico  no Brasil, estimulando a consciência social e o respeito aos direitos humanos. O boliviano também elogiou o estímulo de Lula pela pluralidade econômica no Brasil e, consequentemente, na região.

As informações são das agências Venezuelana de Notícias (AVN) e Boliviana de Notícias (ABI), que são estatais. A 22 dias do segundo das eleições no Brasil, Morales afirmou que torce pela vitória da democracia. "Que ganhe a democracia", disse ele.

Em 1º de janeiro, Lula deixa a Presidência da República concluindo oito anos de governo. Já o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, conclui o primeiro mandato dele apenas no final de 2011.

Mantida condenação de professor por beijar e acariciar alunas


Desembargador Jos Luiz Almeida, relator.
 

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), em sessão das Câmaras Criminais Reunidas, nesta sexta-feira, 8, manteve a condenação do professor Gedeon Alves de Sousa, a 7 anos e 6 meses de reclusão, por atos libidinosos com seis de suas alunas, no município de Bernardo do Mearim. Segundo denúncia do Ministério Público (MP), as garotas tinham 11 anos à época dos crimes, em 2002.
Por unanimidade, e de acordo com o parecer da Procuradoria Geral de Justiça, o órgão colegiado julgou improcedente o pedido de revisão criminal apresentado pelo réu. A defesa do professor alegou que, depois do trânsito em julgado do processo, quando não há mais possibilidade de recurso, três das seis supostas vítimas disseram que Sousa é inocente.
O relator, desembargador José Luiz Almeida, ressaltou que não houve retratação por parte das demais vítimas e votou pela improcedência da revisão, por falta de novas provas que possam resultar na reforma da sentença. Ademais, lembrou que Sousa fora condenado uma única vez, e não por cada um dos supostos crimes.
BEIJOS E CARÍCIAS
De acordo com a denúncia do MP, Sousa teria se aproveitado da sua condição de professor da Unidade de Ensino Teixeira de Freitas, no povoado Caneleirinho, para conduzir as alunas a uma das salas da escola e praticar os atos libidinosos, caracterizados por beijos e carícias. Segundo os autos, ele teria chegado a condicionar a aprovação das vítimas à permissão para que praticasse os atos.
Sentença da comarca de Igarapé Grande, da qual Bernardo do Mearim é termo judiciário, considerou que a autoria e materialidade do crime foram comprovadas pelos depoimentos. Por sugestão do desembargador Joaquim Figueiredo, cópia dos autos será encaminhada ao promotor de justiça, para verificar a veracidade ou não dos depoimentos das garotas que mudaram de versão em relação aos fatos.
FONTE: O Imparcial

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Conheça os deputados eleitos para Câmara dos Deputados e Assembleia

FONTE: O Imparcial Online


CÂMARA DOS DEPUTADOS

Coligação "O Maranhão Não Pode Parar 1"

Gastão Vieira
Sarney Filho
Cléber Verde
Luciano Moreira
Pedro Fernandes
Waldir Maranhão
Nice Lobão
Pedro Novaes
Alberto Filho
Professor Sétimo
Dutra
Zé Vieira

Coligação "O Povo é Maior"

Edivaldo Holanda Jr.
Pinto Itamaraty
Carlos Brandão
Hélio Santos

Coligação "Muda Maranhão"

Ribamar Alves

Coligação "O Maranhão Não Pode Parar 2"

Lourival Mendes


ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Coligação "O Maranhão Não Pode Parar E1"

Ricardo Murad
Cutrim
Max Barros
Vianey Bringel
Edilázio
Victor Mendes
César Pires
Rigo Teles
Roberto Costa
Afonso Manoel
Stênio Rezende
Arnaldo Melo
Manoel Ribeiro
Hemetério Weba
Antônio Pereira
Tatá Milhomem
Carlos Filho

Coligação "O povo é Maior"

Gardênia Castelo
Neto Evangelista
Valéria Macedo
André Fufuca
Camilo Figueiredo
Graça Paz
Carlinhos Amorim

Coligação "Muda Maranhão"

Cleide Coutinho
Luciano Leitoa
Marcelo Tavares
Eliziane Gama
Rubens Pereira Jr.
Coligação "O Maranhão Não Pode Parar E2"

Edson Araújo
Carlinhos Florêncio
Rogério Cafeteira
Marcos Caldas
Eduardo Braide

Coligação "O Maranhão Não Pode Parar E4"

Hélio Soares
Léo Cunha
Dr. Pádua

Partido dos Trabalhadores (PT)

Francisca Primo
Zé Carlos
Bira
Coligação "Unidos pelo Maranhão"

Jota Pinto
Alexandre Almeida

Jovem é morto com facada no peito por R$ 0,50

Um crime bárbaro deixou a população da cidade de Olho D’águas das Cunhãs revoltada. Na noite desta segunda-feira, 4, o jovem Renato Alvers Araújo, de 26 anos, foi lanchar e resolveu comprar uma porção de batatas fritas. Quando chegou a banca perguntou ao vendedor quanto era o valor do copo de batata. O dono da banca disse que era R$ 1,50, mas o garoto tinha apenas R$ 1.

Renato Araújo desistiu da compra e quando se virou para ir embora foi surpreendido pelo vendedor de batatas fritas que lhe desferiu uma facada no peito esquerdo. A vítima foi atingida no coração e morreu. O agressor se evadiu do local do crime e a até esta terça-feira não tinha sido preso.
FONTE: O Imparcial

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Paraplégicos testam nova terapia celular para recuperar sensibilidade e reflexos

DENISE MENCHEN
O Centro de Biotecnologia e Terapia Celular do Hospital São Rafael, em Salvador, deu início a um estudo pioneiro para testar a eficácia do uso de células-tronco adultas em pessoas com paraplegia. As células serão aplicadas no local da lesão medular - em estudos anteriores, foram inseridas em uma artéria que irrigava a medula.
O objetivo da etapa inicial, da qual participam 20 voluntários, é testar a segurança do procedimento. Os pesquisadores, porém, esperam que já seja possível notar melhora na sensibilidade, nos reflexos e no controle dos esfíncteres dos pacientes.
“O problema do paraplégico é tão sério que, se conseguirmos uma melhora na qualidade de vida, com o controle dos esfíncteres anal e uretral, já será fantástico”, diz o coordenador de pesquisa, Ricardo Ribeiro dos Santos, da Fiocruz.
Em testes com cães e gatos foi possível notar melhora nesses itens em menos de um mês. Em quase metade dos casos, os animais recuperaram parcialmente os movimentos, segundo Santos. O médico é cauteloso ao prever os resultados em humanos. “A expectativa não é de milagre”, diz. “Ninguém quer transformar ninguém em corredor de maratona”.
Na fase inicial, os testes serão restritos a pessoas que ficaram paraplégicas há pelo menos seis meses - a maioria por acidentes de trânsito. A seleção de voluntários ainda está em andamento. Interessados podem enviar um e-mail para os pesquisadores (ticiana@cbtchsr.org).
Os quatro primeiros voluntários foram submetidos à coleta de células da medula óssea. O material foi para um laboratório, onde a concentração de células-tronco vai passar de 1% para 99%. Depois, uma cirurgia vai remover a cicatriz formada na região da lesão. Com a área livre, será feita a aplicação das células-tronco no local exato do trauma.
De acordo com Santos, o procedimento deve estimular o crescimento dos nervos lesados. Na cirurgia, o paciente receberá plasma sanguíneo rico em plaquetas. “Isso faz uma estrutura de coágulo que mantém as células-tronco no local da lesão”.
A pesquisa é feita em parceria com o Hospital Espanhol, a Fiocruz e o Centro Universitário da Bahia, com financiamento do Ministério da Saúde. Na próxima fase, os pacientes serão divididos em dois grupos para a comparação dos resultados. Para especialistas, o procedimento dessa pesquisa é mais seguro do que os feitos com células embrionárias, como o autorizado pelo governo americano em julho.
“As células embrionárias são mais eficientes, mas oferecem risco maior de tumores”, diz a chefe do Laboratório Nacional de Células-Tronco Embrionárias da USP, Lygia da Veiga Pereira.
Santos ressalta que, às vezes, o processo de cultivo em laboratório também leva ao surgimento de células tumorais. Ele diz que a equipe está atenta a isso. “Nosso trabalho de monitoramento é muito cuidadoso para não injetar no paciente nada que possa lhe fazer mal”.
O sucesso com animais não garante resultados bons em humanos, diz Tarcísio Eloy Pessoa de Barros Filho. Professor-titular de ortopedia da Faculdade de Medicina da USP, ele fez uma pesquisa que conseguiu melhorar a sensibilidade de 60% dos paraplégicos que participaram do estudo. Nesse caso, as células-tronco foram injetadas em uma artéria que irrigava o local da lesão. “Como não marcamos as células, não dá para dizer quantas foram para a medula”, diz. “A ideia [de aplicar diretamente no local da lesão] é válida”.FONTE: Jornal Pequeno