Novas regras para entrega da Declaração do imposto de Renda

Prazo vai até 29 de abril

Fifa abre janela para jogadores na Rússia e na Ucrânia

Decisão foi motivada pela guerra que acontece no Velho Continente

Expedito Jr. faz Gol de Placa ao apoiar esporte amador em Bacabal

Desportista declaram apoio ao trabalho de expedito

Norris Cole, Lady Conceição e Norris Cole Jr. fazem Show Internacional em Bacabal

Show deve mobilizar toda massa reggueira de Bacabal e região

Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

SAÚDE: Amigos de Bacabal realizam mais uma Ação Solidária


Acontece  neste sábado ( 1º ) , das 7h00 às 18:00h mais uma ação solidária  promovida pelos Grupo Amigos e Filhos de Bacabal. Desta vez o foco será a saúde, o evento intitulado  AÇÃO SOLIDÁRIA + SAÚDE oferecerá a voce que não tem acesso aos serviços básicos da saúde, atendimento nas áreas da  Dermatologia, enfermagem ,Nutrição, Odontologia, Oftalmologia, Ortopedia, Psicologia, Teste de Glicemia, Verificação de pressão arterial, além da realização de palestras educativas em saúde.
A Ação Solidaria ocorrerá na Escola Cantinho do Saber, na rua Castelo Branco, Bairro Madre Rosa. O evento acontece com o apoio de  Simplício Araújo, Bringel Neto, Jaciara Frazão, Paulo Cesar, Renato Gama, Roberto Bringel, Tomaz Bringel e outros.
Já confirmaram participação na Ação Solidária os médicos Dra. Georgianni Queiroga (Dentista) Dr. Paulo César (Oftalmologista),Jairomar Carvalho (Ortopedista), Dra. Jakeline(Dentista), Roberto Bringel (Ortopedista), Adelson Marinho (Dermatologista), Renato Gama (Radiologista), Tomaz Junior (Clínico Geral), Bringel Neto ( Gastro), Tanea Mara e Hanna ( Psicólogas), Bruno Ezon (oftalmologista)  além de enfermeiros, técnicos e voluntários. A previsão é que sejam feitos pelos menos 300 atendimentos gratuitos  e humanizados.
Maiores informações podem ser obtidas no local do ação. Participe!

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Casa dos Padeiros

Uma próspera empresa vem se destacando no ramo da panificação em Bacabal, trata-se da Casa dos Padeiros que tem à frente o líder LUIZINHO PADEIRO.O pão é a nossa missão. Está no nosso sangue.
Todos nós panificadores somos desbravadores, destemidos, inovadores, aventureiros, comerciantes e empreendedores.
Fazemos desde sempre esse alimento tão simbólico, e quase tão antigo quanto o fogo. E a cada dia buscamos inovar, sem perder as raízes de onde viemos. Somos A CASA DOS PADEIROS, por você colocamos a mão na massa por uma vida melhor.


domingo, 19 de janeiro de 2020

Violência contra jornalistas aumenta 54% em 2019


O Brasil registrou, em 2019, 208 ataques a veículos de comunicação e jornalistas, um aumento de 54% em relação a 2018. Do total, 114 casos foram de descredibilização da imprensa e 94 de agressões diretas a profissionais. Sozinho, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi responsável por 58% destes ataques, chegando a 121 casos. Estes são os dados divulgados nesta quinta-feira (16) pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) no Rio de Janeiro.

É a primeira vez que a FENAJ contabiliza em seu relatório anual as tentativas de descredibilização da imprensa. Em 2019, a modalidade tornou-se a principal forma de ameaça à liberdade de imprensa no Brasil e foi incluída no relatório diante da institucionalização da prática por meio das falas e discursos do presidente da República. De acordo com o relatório, é a postura do presidente da República que mostra que a liberdade de imprensa está ameaçada. Para a presidenta da FENAJ, Maria José Braga, as declarações de Bolsonaro institucionalizam a violência contra a imprensa e seus profissionais.

Além dos ataques, a Federação registrou, em 2019, 2 assassinatos, 28 casos de ameaça e intimidação, 15 agressões físicas, 10 casos de censura ou impedimento do exercício profissional, 5 ocorrências de cerceamento à liberdade de imprensa por ações judiciais, 2 casos de injúria racial e 2 ações de violência contra a organização sindical da categoria. “A censura é uma das formas mais subnotificadas no meio e mesmo assim identificamos 10 casos em 2019”, declarou a presidente da FENAJ durante o lançamento do relatório.

Situação nos estados

A região Sudeste se manteve como a região brasileira com mais casos de violência direta contra jornalistas, repetindo a tendência dos últimos seis anos. Ao todo, foram 44 ocorrências (46,81%). “O estado de São Paulo continua sendo o estado com mais casos e se dá, em nossa análise, devido às manifestações. São Paulo é o campeão, infelizmente, seguido pelo Distrito Federal e pelo Rio de Janeiro”, reiterou Maria José Braga, da FENAJ.
Em seguida, ficou a região Centro-Oeste com 18 casos (19,15%) com destaque para o Distrito Federal com 13 (13,83%) ocorrências.

O Sul do país contou com 15 casos (15,96%), o Nordeste com 11 (11,70%) e o Norte com 6 (6,38%).

Tipos de mídia

Pelo segundo ano consecutivo, os jornalistas do segmento de televisão são os mais agredidos. Em 2019, 35 jornalistas de TV foram vítimas de agressão direta. Em segundo lugar, foram os jornalistas de jornais. Ao todo, 33 profissionais foram agredidos. Desde 2015, profissionais do segmento de TV e de jornal se revezam entre os mais agredidos. Em terceiro lugar estão os jornalistas de mídia digital (portais, sites e blogs) com 23 casos de agressão registrados em 2019.

Braga apontou que os repórteres cinematográficos e repórteres fotográficos são as maiores vítimas no país. De acordo com ela, os profissionais são mais visíveis por portarem equipamentos e, no Brasil, ao contrário de os proteger, este fato os torna mais vulneráveis e consequentemente tornam-se alvos.

O relatório aponta ainda para 8 casos de agressão contra profissionais de revista, 6 casos contra jornalistas de rádio, 3 assessores de imprensa e 1 profissional em agência de notícias.

Agressores

Em 2019, os políticos foram os principais autores de ataques a veículos de comunicação e jornalistas, totalizando 144 ocorrências, sendo a maioria de tentativa de descredibilização da imprensa (114), mas também registrando agressões diretas aos profissionais (30). Só o presidente, por exemplo, foi responsável por 121 das agressões.

Durante o lançamento, a FENAJ e os sindicatos, que foram responsáveis pela elaboração do relatório, destacaram que os dados são alarmantes e exigem ação dos jornalistas, das empresas e do governo para combater a prática.

FONTE; FENAJ

Acesse aqui a versão online do relatório

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Destaques da Semana:Expedito Júnior, Paulo Campos, Wanderson Ricardo, Genival Silvaira e Luizinho Padeiro


O Diário do Mearim fará toda semana aos domingos um apanhado de quem foi noticia na região e  esses personagens farão parte da pauta "Destaques da Semana".  para começar não podemos deixar de destacar a figura do Advogado Expedito Júnior, casado e pai de três filhos. nasceu em Bacabal. Filho de Expedito Rodrigues Silva e Maria dos Reis Barros Silva. Os pais chegaram a Bacabal há mais de 50 anos, como muitos outros que procuraram a cidade pela pujança econômica da época.
Estudou toda a infância no Colégio de Nossa Senhora dos Anjos, de onde saiu para Universidade.
Administrador, advogado e pós-graduado em Gestão Pública, atualmente está Subsecretário Estadual de Indústria, Comércio e Energia (Seinc) e Presidente do Conselho Deliberativo da GASMAR. Já foi Presidente do Conselho do  Itaqui e Conselheiro do  SEBRAE - MA.

                                   *********************

Quem anda feliz da vida é o poeta e escritor Paulo Campos, finalizando seu novo livro,  trata-se de uma roupagem nova de "Poemas de  Fogo", Paulo Campos é natural de Bacabal-MA, nascido em 15 de maio de 1963, filho de Ivaldo Pouso Silva e Zélia Campos Silva, é o segundo de uma prole de dez irmãos. Poeta e compositor, logo cedo começou a militância nos movimentos culturais da cidade. Foi sócio fundador e primeiro presidente da Casa do Artista de Bacabal – CAB e da Associação de Imprensa de Bacabal — AIB. Compositor de vários sambas de enredo, de bumba bois, blocos carnavalescos e outros, é membro da Academia Bacabalense de Letras, ocupando a cadeira nº 15 que tem como Patrono a professora e escritora Elisa Monteiro.
O poeta declarou à nossa equipe de reportagem " eu já fiz minha parte na política, não quero mais ocupar cargos, agora vou me dedicar a ajudar pessoas e publicar meus livros, nunca parei de produzir, agora chegou a hora de tornar publica essa literatura", concluiu Paulo confiante.

                                ********************

O Jornalista Wanderson Ricardo é um profissional multimídia, além de excelente  editor, o mesmo tem se destacado como apresentador e mestre de cerimonia em eventos da Prefeitura de Bacabal, onde faz parte da equipe da Assessoria de Comunicação do Municipipio, Wanderson sempre trata a todos com respeito e consideração, sempre manda sugestões à Associação de Imprensa de Bacabal, profissionais como Wanderson Ricardo fazem da comunicação  algo bom de se ver. Parabéns pela  competência.


                               **************************

O empresário  e radialista Genival Silveira é natural de Nova Russas Ceará, mas há muitos anos está radicado em Bacabal onde vem se destacando como Diretor e apresentador da Rádio  Cidade FM 107,9.
Genival Silveira é muito  querido pelos ouvintes da rádio  e procura sempre ajudar o próximo através da comunicação, devido à sua grande popularidade Genival decidiu seguir o conselho dos amigos  e está pre candidato a vereador em Bacabal.
Desejamos boa sorte na nova empreitada do radialista

                         *************************

O Empresário Luizinho Marciel da Casa dos Padeiros, empresa especializada em produtos e equipamentos para panificação, continua realizando seu trabalho  social na Vila Coelho Dias e em Bairros vizinhos. Luizinho que já concorreu a vários cargos eletivos, mais uma fez coloca seu nome em apreciação como pré candidato a vereador.
nos últimos dias Luizinho tem conseguido se captar muitos apoios ao seu projeto social, o mesmo consegue dialogar em várias comunidades. 
Por sua luta pelos diretos das comunidades, receba nosso abraço fraterno Luizinho Padeir

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Edvan e aliados entram em desespero e começam campanha fake news contra Expedito Jr


É público e notório o crescimento e aceitação da Pré-candidatura de Expedito Júnior, sem nada que desabone sua conduta moral, os defensores da velha política apelam atitudes sem ética, numa clara demonstração de desespero criam Fake News na tentativa de manchar o nome de Expedito.
Típica da máfia organizada que quando não consegue te prejudicar começam a fazer rodeio atacando seus amigos e parentes no objetivo de chegar até voce.
Assim estão a agir os despreparados seguidores de Edvan Brandão ao publicarem fake News tentado responsabilizar Expedito por algo que o mesmo nenhuma responsabilidade tem, além de duvidosa os criadores da  fake não procuraram ouvir as duas partes envolvidas, o que já põe em xeque mate a ética  e a moral de seus produtores e patrocinadores.
Mas o que se pode esperar de um grupo que cantava aos quatro ventos que não tinha oposição? Sabendo da força e espaço estratégico das redes sociais onde o próprio povo saem em defesa do que acreditam, começam a demonstrar desespero patrocinando Fakes, a aparência moderna  da velha política.
Podem até tentar, mas terão de engolir a seco: Expedito Júnior já é o novo líder  bacabalense, não são com mentirosas notícias que lhe vão atingir, essa velha política não funciona mais, podem espernear, esbravejar e mentir, mas o novo sempre vem.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Vereador Coronel Egídio protocola projeto que benficia pessoas com Fibromialgia


O Vereador Coronel  Egídio protocolou na Câmara Municipal de Bacabal Projeto de Lei que visa atender a demanda de parte da comunidade bacabalense que tem fibromialgia, doença crônica que causa imensas dores e transtornos as pessoas acometidas da mesma. Além de criar o dia Municipal da Fibromialgia, o projeto prever filas e vagas de  estacionamento preferenciais a esses doentes.
A iniciativa  é uma sugestão da ABRAFIBRO - Associação Brasileira  dos Fibromiálgicos, entidade que atua na orientação  e informação para melhorar a qualidade de vida e tratamento dos portadores de Fibromialgia.
A Fibromialgia é uma síndrome, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. Junto com a dor, a fibromialgia também causa, fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça e ansiedade. Por se tratar de uma doença recém  descoberta a comunidade médica ainda não conseguiu concluir quais são as suas causas.
Entretanto, já está concluído que os portadores da citada síndrome, em sua maioria mulheres, na faixa etária de 30 a 50 anos, possuem maior sensibilidade à dor, em virtude do cérebro  dos doentes interpretarem  os estímulos à dor de forma exagerada, ativando o sistema nervoso direto.
A interpretação exagerada dos estímulos pelo cérebro  faz com que o paciente sinta ainda mais dor. Seu diagnostico  é essencialmente clínico, de acordo com os sintomas informados pelos pacientes nas consultas médicas, tais como a identificação  dos pontos dolorosos sob pressão, também chamados de tender-points.Não existe um exame específico  para sua descoberta, de forma que o diagnóstico resulta dos sintomas e sinais reconhecidos nos pacientes, bem como exames para excluir doenças que possuem sintomas semelhantes à fibromialgia.
Ainda não há cura para a fibromialgia, sendo o tratamento parte fundamental para que não se dê a progressão da doença que, embora não seja fatal, implica severas restrições à existência  digna dos pacientes , sendo que eles possuem uma queda significativa na qualidade de vida, impactando negativamente nos aspectos social, profissional e afetivo de sua vida.
A comunidade dos Fibromiálgicos de Bacabal e região aguarda ansiosa o fim do recesso da Câmara Municipal para que o Projeto do Vereador Coronel Egídio seja aprovado e sancionado pelo Palácio das Bacabas. 

domingo, 12 de janeiro de 2020

O PROS e os contras Expedito Júnior



Para desespero das aves de rapina de plantão, a Pré candidatura de Expedito Júnior ao palácio das Bacabas ganha mais adesões a cada dia. Agora foi a vez do PROS - Partido Republicano da ordem Social - "O apoio foi oficializado na noite deste sábado (11) durante reunião ocorrida na residência do empresário Fabilsom Barros (presidente do Diretório Municipal do Solidariedade) e dela participaram Plínio Oliveira (presidente do PROS/Bacabal) e os 35 pré-candidatos a vereador pela legenda".
O que leva empresários, trabalhadores rurais e profissionais liberais a se aproximarem de Expedito, nada mais é que o sentimento de esperança,pois toda caminhada começa no primeiro passo e toda mudança começa numa tomada de atitude.
Há anos Bacabal não tinha uma terceira via isso tem preocupado os velhos caciques da política bacabalense, acostumados aos conchaves obscuros, tentam de todas as formas atingir Expedito Júnior que cada vez mais ganha força seja nas redes sociais, seja no cafezinho da esquena ou nas mesas dos chique restaurantes, o assunto do cardápio é Expedito Júnior.
Alguns ai não chegam para conversar por estarem ainda ilhados pelo orgulho, outros pelo egoismo , as duas maiores chagas da humanidade, mas que prevaleça o bom senso, por mais que se ame o passado, o novo sempre vem.Esta contra o projeto solidário de Expedito é perder chance que a democracia nos oferece para mudar a história.
O PROS teve a ousadia de tomar uma atitude, nada contra os que torcem contra, um aviso aos navegantes que se acham os donos do poder e da opinião,  a história não caminha em linha reta, tem seus zig-zag e ate presentes retrocessos, e é nesses momentos que exigem refleexão, que aparecem a esperança de dias melhores, entre essas oportunidades uma delas chama-se Expedito Júnior: um homem chamado Solidariedade!

sábado, 11 de janeiro de 2020

Expedito Júnior participa de Seminário para agricultores da agricultura familiar e entrega 30 barracas


O subsecretário de Estado da industria, comercio e energia Expedito Junior, esteve na manhã deste sábado (11) no assentamento Nova Espera (Município de Bacabal) , a participar da abertura do Seminário para agricultores da agricultura familiar "Elaboração do Plano de Ação anual dos Agricultores do PAA e PNAE para indicação da feira permanente no povoado Vila Nova Esperança", na ocasião Expedito Júnior representado o governador Flavio Dino, realizou a entrega de 30 barracas destinadas a realização da Feira.

Participaram do Seminário representantes de 30 comunidades da Rede de comunidades da Agricultura familiar, o objetivo é elaborar o Plano de ação anual para o funcionamento da Feira Permanente do Povoado Vila Nova Esperança. Além de identificar as comunidades e seus produtos, o seminário elaborou o regimento interno para legitimar o funcionamento da feira, identificou as parcerias do Estado e do Município, bem como elaborou o calendário anual por época de produção.

O Presidente da comunidade Regino declarou que e a Rede objetiva potencializar as comunidades, capacitando-as para exigências do mercado.

Expedito Júnior numa das falas mais aplaudidas do seminário registrou o apoio importante do SEBRAE que foi reapresentado pela consultora Maria Cecília e da AGERP neste projeto. "Todos imbuídos de desenvolver o empreendedorismo nestas famílias. A Secretaria de Indústria, Comércio e Energia continuará a disposição, e focada em trazer novas parcerias e equipamentos que possam desenvolver o trabalho e a renda das pessoas, sua independência e dignidade", completou.

Ele também declarou que o Seminário "Uma ação possibilitada graças à compreensão do Governador Flávio Dino, do Secretário Júlio César Mendonça (SAF) e do Secretário Simplicito Araújo (SEINC) que me delegaram a missão de articular as comunidades e as parcerias necessárias para fazer estes equipamentos gerarem renda e dignidade a varias famílias da agricultura familiar bacabalense e da região do médio Mearim", disse Expedito Júnior.

segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

João Alberto confirma candidatura a vereador em Bacabal


O Ex senador João Alberto declara mais uma vez à imprensa da capital que sua vontade de candidatar-se em Bacabal está mantida. “O projeto está mantido. Sou candidato a vereador de Bacabal”. - Declarou em tom enfático, o ex-deputado estadual, ex-deputado federal, ex-senador da República e ex-governador do Maranhão João Alberto Souza, atual presidente do MDB maranhense.
Inicialmente recebida por uns como um mero rompante, por outros como um rasgo de bom humor, a revelação do líder emedebista ganhou essência de verdade e está, de fato, transformada num projeto eleitoral definido e, segundo o próprio, irreversível. Qual a repercussão dessa atitude para Bacabal? Não faltam comentaristas de plantão de que esta atitude atinge sobretudo aliados do ex-senador que tem como base o importante bairro da Trizidela, onde o mesmo costuma influenciar na eleição de alguns vereadores. Sua candidatura pode significar a perda de mandato de alguns deles.
Há quem diga que tudo não passa de estratégia, um plano B caso a candidatura do Prefeito Edvan Brandão não decole, o nome de João Alberto aparece como salvador da pátria o que tornaria a disputa pelo "Palácio das Bacabas" muito mais interessante.
Contrariando a avaliação segundo a qual tentar uma cadeira na Câmara Municipal de Bacabal seria desprestígio para um político da estatura do ex-governador, hoje com 84 anos, João Alberto argumenta que, primeiro, encontra-se com saúde plena e o ânimo político de sempre, considerando que poderá, com sua experiência, contribuir para elevar o nível político e legislativo do parlamento bacabalense, bem como contribuir com a vida política da cidade da qual já foi prefeito e que continua sendo sua principal base política e eleitoral.
João Alberto andou incentivando outros contemporâneos seus a abandonar a aposentadoria política e se candidatar a vereador nas suas cidades de origem, mas parece que a ideia não vingou. Tudo indica que ele será o único a experimentar a tentar a proeza de fechar sua trajetória onde tudo começou.

FONTE: Diário do Mearim adaptação do texto de Repórter tempo Ribamar Correa

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

A cada três dias Bolsonaro fez um ataque a jornalistas e veículos em meios oficiais


Quase dez ataques por mês foram desferidos pelo presidente Jair Bolsonaro a profissionais jornalistas, a veículos de comunicação e à imprensa em geral, em seu primeiro ano à frente do País. O monitoramento vem sendo feito pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), que aponta um total de 116 declarações contra a imprensa em 2019. Foram 11 ataques a jornalistas, e 105 tentativas de descredibilização da imprensa.

O mês de dezembro registrou mais cinco ataques, todos classificados como tentativas de descredibilização da imprensa. Quatro deles foi pelo twitter. No dia 13 de dezembro, por exemplo, o perfil oficial do presidente no microblog postou uma capa de jornal do dia, acompanhada do comentário: “A RENDIÇÃO DA IMPRENSA. O Brasil vai bem, apesar dela. Bom dia a todos!”.

Esse monitoramento feito pela FENAJ inclui apenas os pronunciamentos registrados por escrito nos meios oficiais do presidente, que são o twitter e as entrevistas e discursos transcritos no site do Planalto. Por isso, o número de ataques ao jornalismo é ainda maior que o já verificado até aqui. No dia 20 de dezembro, Bolsonaro fez violentos ataques a jornalistas em entrevista na portaria do Palácio da Alvorada, de teor homofóbico e pessoal a profissionais que estavam ali simplesmente exercendo seu dever de ofício. No mesmo dia, em nota, a FENAJ e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal ressaltaram que os ataques tentavam desviar das denúncias que ligam sua família e amigos a atividades criminosas. Federação e sindicato também apelam às redações que reavaliem a decisão de deslocar repórteres para cobrir entrada e saída do Palácio da Alvorada, onde os jornalistas dividem espaço com apoiadores do presidente, que constantemente ameaçam os profissionais (confira a íntegra no final desta matéria).

“Nossa principal preocupação é com a democracia e as instituições democráticas, entre elas as que convencionamos chamar de imprensa. Também nos preocupa a questão objetiva da segurança dos Jornalistas. Quando um chefe de Estado ataca sistematicamente profissionais e veículos de imprensa, incentiva que seus apoiadores façam o mesmo, inclusive com intimidação, ameaças e até agressões. Bolsonaro potencializa a agressividade contra jornalistas, e com isso afronta os valores democráticos”, diz Maria José Braga, presidenta da FENAJ.

O levantamento produzido pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) começou a ser divulgado com dados de janeiro a outubro de 2019, na véspera do Dia Internacional pelo Fim da Impunidade dos Crimes contra Jornalistas, lembrado em 2 de novembro. O mapeamento se refere a dados coletados com base em todas as postagens de Bolsonaro no microblog twitter e no facebook este ano (as contas são sincronizadas), além das transcrições dos discursos e entrevistas oficiais, que constam no site do Palácio do Planalto. Foram avaliadas todas as ocasiões em que o presidente se refere a jornalistas, mídia, imprensa e produção de notícias. A FENAJ continuará divulgando o balanço no ano de 2020.


Acesse aqui a linha do tempo, de janeiro a dezembro de 2019.



Acesse aqui a planilha com os hiperlinks de redirecionamento.


                                                          Violência contra jornalistas

O monitoramento dos ataques de Bolsonaro à imprensa constará no Relatório Anual da Violência contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa no Brasil, que será divulgado no próximo dia 16, no Rio de Janeiro.

Em 2018, os casos de agressões a jornalistas cresceram 36,36% em relação ao ano anterior. Foram 135 ocorrências de violência registradas pela FENAJ, entre elas um assassinato, que vitimaram 227 profissionais. A polarização do cenário eleitoral foi um dos fatores relacionados a esse aumento. Em 30 casos, os eleitores/manifestantes foram os agressores, sendo em 23 casos partidários do então candidato Jair Bolsonaro, e em sete apoiadores do ex-presidente Lula, que não chegou a ser candidato.

“As declarações do presidente alimentaram a hostilidade contra jornalistas neste ano de 2019. Alguns ministros também passaram a fazer uso dessa tática, e isso incentivou apoiadores do governo a perseguir os jornalistas nos meios digitais, com mensagens ameaçadoras e exposição de dados privados. É uma tentativa desesperada de enfraquecer o exercício do jornalismo, e de desviar o foco das denúncias contra o governo que vêm se somando desde o início de 2019”, diz Márcio Garoni, diretor da FENAJ.
FONTE: FENAJ





quarta-feira, 1 de janeiro de 2020

Expedito Jr é o candidato que Bacabal quer, isso é fato!!!



Muita gente ficou tonta com o resultado da pesquisa divulgada no dia 31 de dezembro pelo jornal pequeno, apontando o gigantesco crescimento e aceitação da pré candidatura do Jovem advogado e Sub Secretário de Industria, Comércio e Energia do governo Flávio Dino.

Os fatos demonstram claramente que há fortíssimos motivos para continuar o crescimento, só não vê quem não quer, ou tem motivos para permanecer cego.

Nem precisava da pesquisa pois pelo menos três fatos são públicos e notórios em Bacabal: a rejeição do prefeito, o vácuo gigantesco que existia na oposição e a vontade da população em virar o péssimo jogo político que atrasa e atrapalha a cidade.

A rejeição de Edvan não é novidade pra ninguém, não apenas dele, mas também de todos os “forasteiros” que estão apossados dos cofres públicos Bacabalenses, importando mão de obra de outros municípios como São Luís Gonzaga, da capital São Luís, Caxias e outros.Mão de obra que afronta o cidadão bacabalense, pela baixa qualificação.

Uma possível candidatura à reeleição de Edvan só se explica pela falta de coragem do grupo em dizer ao prefeito que ele não tem condições nenhuma de vencer e, segundo motivo, pela comodidade dos líderes do grupo em estar no poder e não precisar expor seus CPFs, pois todos os riscos oriundos dos contratos e movimentações financeiras são exclusivos de Edvan Brandão, enquanto os bônus são dos “forasteiros”, como Roberto Costa.

Expedito Jr fora certeiro ao se fazer presente e acessível ao povo de Bacabal, em especial ao que ficou órfão com o falecimento de Zé Vieira e com ausência total de líderes que se fecharam em copas após a eleição. Foi justamente esse vácuo que ele avançou fortemente para ocupar nos últimos 12 meses, sendo que mais fortemente nos meses de novembro e dezembro.

Somem portanto pelo menos esses três elementos rejeição de Edvan, vácuo na oposição e fome de mudança e renovação da população e facilmente se entenderá porque Expedito Jr tem tudo para ser o novo expoente da política de Bacabal.

2020 começa com assassinato em Bacabal


O ano novo começa com um assassinato em Bacabal, na manha desta quarta-feira(01) populares encontraram nas proximidades do cemitério do bairro Mangueira em Bacabal-MA, um corpo de uma pessoa do sexo masculino, segundo populares não conseguiram reconhecer a vitima, já que o mesmo foi morto provavelmente a paulada já que seu rosto está desconfigurado.

Um fato curioso é que comunidade antes mesmo de comunicar os fatos à polícia, tiram fotos em seus celulares e postam imagens muito fortes em redes sociais. Essas atitudes chegam a atrapalhar o trabalho da polícia, que deveria ser a primeira a ser informada dos fatos.

A Policia Militar e a Policia Civil foram acionadas, mais não conseguiram ate o fechamento desta matéria nenhuma pista que leve a identificação da vitima.

Caso vc está sentido falta de um familiar ou amigo, procure ajuda na delegacia.