Novas regras para entrega da Declaração do imposto de Renda

Prazo vai até 29 de abril

Fifa abre janela para jogadores na Rússia e na Ucrânia

Decisão foi motivada pela guerra que acontece no Velho Continente

Expedito Jr. faz Gol de Placa ao apoiar esporte amador em Bacabal

Desportista declaram apoio ao trabalho de expedito

Norris Cole, Lady Conceição e Norris Cole Jr. fazem Show Internacional em Bacabal

Show deve mobilizar toda massa reggueira de Bacabal e região

Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Confira quem precisa declarar o imposto de renda em 2014


A Receita Federal divulgou em 21 de fevereiro, no Diário Oficial da União, as regras para a declaração do imposto de renda em 2014, referente ao ano de 2013. A entrega da declaração começa no dia 6 de março e termina em 30 de abril. Confira, abaixo, se você precisa ou não acertar as contas com o leão:

1) Quem está obrigado a entregar a declaração de imposto de renda:

- Quem recebeu rendimentos tributáveis (como salários e aluguéis) em valor superior a R$ 25.661,70;

- Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte (como indenizações trabalhistas, prêmios de loteria, saques do FGTS, caderneta de poupança ou doações) em valor superior a R$ 40 mil;

- Quem, em 31 de dezembro de 2013, tinha bens ou aplicações de valor total superior a R$ 300 mil reais;

- Quem realizou operações em bolsas de valores ou obteve lucro na venda de bens ou direitos;

- Quem somou uma receita bruta superior a R$ 128.308,50 com atividade rural;

- Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nesta condição em 31 de dezembro de 2013 (nesse caso independente do rendimento);

- Quem optou pela isenção do imposto de renda sobre o ganho de capital oriundo da venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja destinado à aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias contados a partir da celebração do contrato de venda;

* Basta se enquadrar em apenas uma das condições citadas acima para ser obrigado a declarar o IR em 2014.

2) Quem não precisa declarar o imposto de renda

- Pessoa física que tem mais de R$ 300 mil em bens ou direitos mas que possui parte do seu patrimônio em conjunto com um cônjuge ou companheiro de união estável em regime parcial de bens (desde que a pessoa não se enquadre em nenhuma outra regra de obrigatoriedade das já citadas acima). Os bens comuns devem ser declarados integralmente pelo outro cônjuge ou companheiro;

- Pessoa que consta como dependente na declaração de outra pessoa, ainda que se enquadre em alguma das regras de obrigatoriedade de entrega da declaração. (Quem declarar o dependente terá de informar todos os eventuais bens do mesmo).
Fonte: Agência Brasil

Secretária de Cultura anuncia criação de órgão para estimular economia criativa


A partir do dia 1º de março, a estrutura administrativa da Secretaria Estadual de Cultura (Secma) vai contar com um órgão adjunto voltado ao fomento da economia criativa, segundo informou a secretária Olga Simão, em entrevista exclusiva a O Imparcial. A titular da Secma destacou que a mudança reforça o desenvolvimento econômico como prioridade das políticas culturais, agregando-se às áreas de preservação da memória e das tradições maranhenses.
Sem antecipar detalhes sobre a iniciativa da governadora Roseana Sarney, Olga Simão esclareceu que atualmente a Secma é composta de uma Secretaria Adjunta Administrativa, a qual abrange todas as ações da pasta, e a nova medida para descentralizar a gestão pública foi motivada pela necessidade de um canal específico de implementação de políticas nas quais a cultura seja tratada como fonte de crescimento econômico.
A secretária recebeu a reportagem na última quarta-feira (26), no Palácio dos Leões (sede política do governo do Estado), a fim de tratar da organização dos eventos carnavalescos pela Secma, em São Luís e no interior, além de outras ações da pasta. Administradora de formação, Olga Simão já ocupou diversos cargos no atual governo maranhense, como chefe da Casa Civil, assessora de programas especiais e secretária de educação, ciência e tecnologia. “Os secretários têm suas missões, e o chefe sabe o momento em que a missão está cumprida”, disse ela, sobre a intenção de permanecer à frente da gestão cultural do Maranhão até o fim do atual mandato administrativo.

Como a identidade do Maranhão é ressaltada no Carnaval da Secma?
“Ao longo dos anos, o governo vem procurando incentivar todas as manifestações culturais. O carnaval do Maranhão é diferente, tem uma mistura muito grande de ritmos e sons, do Tambor de Crioula às Tribos de Índios, os Grupos Afros e os Blocos Tradicionais. Todos participam dos cortejos, desfiles e apresentações em São Luís, e este ano estamos intensificando os circuitos [nos trechos ligando Praça Deodoro, Madre Deus e Cajazeiras], com uma participação muito forte de mais de cem cantores maranhenses”.

Quanto ao interior?
“Aqui em São Luís é mais visível, mas o carnaval no interior do Maranhão é muito forte, e o governo apoia os municípios com convênios, ou diretamente com atrações. Temos também as jardineiras, que são palcos móveis com estrutura completa, banda e grupos de artistas, e têm a vantagem de atender mais de um município por dia. Tem uma jardineira específica para os vários municípios da Região Tocantina, que fica em Imperatriz nos dias de Carnaval, na Beira-Rio”.

Qual o investimento total?
“Temos um Carnaval grande, [inclusive em] todo o interior, com um investimento considerável, mas ainda não fechamos porque estamos realizando parcerias com o interior. Números concretos, só quando fecharmos. Mas as mais de 950 apresentações, em torno de 100 cantores e todos os outros grupos recebem o cachê para participar das atrações. É firmado um convênio com as entidades representativas de classe, a exemplo de associações de blocos carnavalescos e cantores. É muito variado, porque temos vários tipos de grupo, [cada um] com mais ou menos componentes”.

E o cachê das atrações nacionais?
“O carnaval é realizado por uma parceria muito grande, e não é a Secma a única secretaria estadual ou instituição pública ou privada] que realiza. As atrações nacionais não são contratadas via governo, mas por um patrocínio captado pela parceria com o [São Luís] Convention [& Visitors] Bureau, que é uma entidade representativa da classe turística e viu [a parceria como] uma forma de fomento. As contratações integram o carnaval, mas esse trabalho é feito por essa ação de captação de patrocínio organizada pelo Convention Bureau”.

Como tem recebido as críticas sobre a organização do carnaval?
“As críticas são naturais, mas como coloquei, o próprio palco da Deodoro tem uma atração nacional por noite, e duas até quatro atrações locais. A prioridade do palco, que integra um circuito grande, é para os artistas maranhenses. Seria o contrário se tivéssemos vários artistas nacionais e um local”

Saindo da questão do Carnaval, qual o eixo central da política cultural maranhense?
“A área cultural é muito grande e diversificada. Temos da música às artes cênicas, a preservação da nossa memória no arquivo, as áreas de literatura e arqueologia. [Desde] Quando assumi, temos procurado trabalhar todas as áreas, com as priorizações, valorizando e interiorizando as ações, levando-as aos municípios. Mas temos como ponto central de uma reestruturação da cultura o Sistema Nacional de Cultura (SNC), que tem a participação de todos os entes: governos federal, estadual e municipais, e sociedade civil. Estamos trabalhando na implementação do sistema”
de  Imparcial

CAI O CASTELO DE CARTAS DE BARBOSA


por Breno Altman

As palavras finais do presidente da corte suprema, depois da decisão que absolveu os réus da AP 470 do crime de quadrilha, soaram como a lástima venenosa de um homem derrotado, inerte diante do fracasso que começa a lhe bater à porta. A arrogância do ministro Barbosa, abatida provisoriamente pelo colegiado do STF, aninhou-se em ataque incomum à democracia e ao governo.
“Sinto-me autorizado a alertar a nação brasileira de que este é apenas o primeiro passo”, discursou o relator da AP 470. “Esta maioria de circunstância foi formada sob medida para lançar por terra todo um trabalho primoroso, levado a cabo por esta corte no segundo semestre de 2012.”

Sua narrativa traz uma verdade, 
e uma fantasia.

Tem razão quando vê risco de desmoronamento do processo construído sob sua batuta. A absolvição pelo crime de quadrilha enfraquece fortemente a acusação. Se não há bando organizado, perde muito de sua credibilidade o roteiro forjado pela Procuradoria Geral da República e avalizado por Barbosa. A peça acusatória, afinal, apresentava cada passo como parte minuciosa de um plano concebido e executado de forma coletiva, além de permanente, com o intuito de preservação do poder político. Se cai a tese de quadrilha, mais cedo ou mais tarde, as demais etapas terão que ser revistas. Essa é a porção verdadeira de sua intervenção matreira.
A raiva de Barbosa justifica-se porque, no coração desta verdade, está a neutralização da principal carta de seu baralho. O ex-ministro José Dirceu foi condenado sem provas materiais ou testemunhais, como bem salientou o jurista Ives Gandra Martins, homem de posições conservadoras e antipetistas. A base de sua criminalização foi uma teoria denominada “domínio do fato”: mesmo sem provas, Dirceu era culpado por presunção, oriunda de sua função de líder da eventual quadrilha. Absolvido do crime fundante, a existência de bando, como pode o histórico dirigente petista estar condenado pelo delito derivado? Se não há quadrilha, inexiste liderança de tal organização. A própria tese condenatória se dissolve no ar. O que sobra é um inocente cumprindo pena de maneira injusta e arbitrária.

Derrotado, Barbosa(…)
acusa o governo da República de ter ardilosamente montado uma “maioria de circunstância”, como se a fonte de sua indicação fosse distinta dos demais. Aponta o dedo ao Planalto sem provas e sem respeito pela Constituição. Atropela a independência dos poderes porque seu ponto de vista se tornou minoritário. Ao contrário da presidente Dilma Rousseff, que manteve regulamentar distância das decisões tomadas pelo STF, mesmo quando eram desfavoráveis a seus companheiros,
(…)denunciar, através de uma falácia, suposta conspiração da chefe do Executivo.


A conclusão chorosa de seu discurso é uma fantasia. Não se pode chamar de “trabalho primoroso”
… O presidente do STF mandou para um inquérito secreto, inscrito sob o número 2474, as provas e laudos que atestavam a legalidade das operações entre Banco do Brasil, Visanet e as agências de publicidade do sr. Marcos Valério. Omitiu ou desconsiderou centenas de testemunhas favoráveis à defesa. Desrespeitou seus colegas e tratou de jogar a mídia contra opiniões que lhe contradiziam. Após obter sentenças que atendiam aos objetivos que traçara, lançou-se a executá-las

O ministro Joaquim Barbosa imaginou-se, e nisso há mesmo um primor, como condutor ideal para uma das maiores fraudes jurídicas desde a ditadura. Adulado pela imprensa conservadora e parte das elites, sentiu-se à vontade no papel do pobre menino que é glorificado pela casa grande por suas façanhas 
para criminalizar o partido da senzala.


O presidente do STF lembra o protagonista da série House of Cards, que anda conquistando corações e mentes. Para sua tristeza, ele está se desempenhando como um Frank Underwood às avessas. O personagem original comete incríveis delitos e manobras para chegar à Presidência dos Estados Unidos, derrubando um a um seus adversários. O ministro Barbosa, porém, afunda-se em um pântano
antes de ter dado sequer o primeiro passo para atravessar a praça rumo ao Palácio do Planalto.

Acuado e sentindo o constrangimento de sua nudez político-jurídica, o ministro atira-se a vinganças, recorrendo aos
que irregularmente nomeou, na Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, como feitores das sentenças dos petistas. Delúbio Soares teve o regime semiaberto suspenso na noite de ontem. José Dirceu tem contra si uma investigação fajuta sobre uso de aparelho celular, cujo único propósito é impedir o sistema penal que lhe é devido. O governo de Brasília está sendo falsamente acusado, com a cumplicidade das Organizações Globo, de conceder regalias aos réus.

O ódio cego de Barbosa contra o PT e seus dirigentes presos, que nenhuma força republicana ainda se apresentou para frear, também demonstra a fragilidade da situação pela qual atravessam o presidente do STF e seus aliados. Fosse sólido o julgamento que comandou, nenhuma dessas artimanhas inquisitoriais seria necessária.

O fato é que seu castelo de cartas começou a ruir. Ao final dessa jornada, o chefe atual da corte suprema sucumbirá ao ostracismo próprio dos anões da política e da justiça. Homem culto, Barbosa tem motivos de sobra para 
contra seus pares. Provavelmente sabe o lugar que a história reserva para quem, com o sentimento dos tiranos, veste a toga dos magistrados.


Breno Altman é diretor editorial do site Opera Mundi.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Líder camponês de Timbiras morre após levar dois tiros em emboscada



Raimundo Brechó estava ‘marcado para morrer’ por sua luta de duas décadas pela posse da área do Campestre/Alegria, que incomodava grileiros e madeireiros
Atingido a tiros por um pistoleiro, na sexta-feira (21), o líder agrário Raimundo Rodrigues da Silva, de 42 anos, conhecido como “Brechó”, morreu na madrugada de terça (25) no Hospital Municipal de Timbiras (a 318 quilômetros de São Luís, no leste maranhense).
Trabalhadores rurais se manifestam em São Luís

“Brechó” foi alvejado numa emboscada, às 9h de sexta, na estrada vicinal que interliga a sede do município à comunidade Abundância, onde o trabalhador morava. Ele levou dois tiros de espingarda calibre 12 – um na costela e outro no braço.
Internado no hospital de Timbiras, “Brechó” ainda foi vítima de uma segunda tentativa de assassinato, quando, no sábado (22), dois homens desconhecidos tentaram invadir a unidade de saúde com a intenção de “terminar o serviço”.
Com isso, o assessor jurídico da CPT-Maranhão, Diogo Cabral, encaminhou ao ouvidor agrário nacional, desembargador Gercino Filho, relatório sobre o caso e solicitou a presença de policiais para garantir a segurança do lavrador, além da inclusão dele no Programa de Defensores de Direitos Humanos.
A suspeita de representantes de entidades ligadas à luta no campo no Maranhão é de que Júlio Nunes Aguiar, de 20 anos, também morador da comunidade Abundância, seria o autor dos disparos que mataram Raimundo Brechó. Júlio é filho do latifundiário Antonio Leite de Aguiar, o “Citônio”.
Raimundo Brechó foi assassinado em decorrência de um conflito de terras que se arrasta há várias décadas na região. Há pelo menos 20 anos, “Brechó” lutava pela libertação do território Campestre/Alegria, região de passagem da Balaiada, grilada por latifundiários.
Luta pela terra fez mais uma vítima no estado

O processo de desapropriação das terras tramita há vários anos no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), sem nenhuma solução concreta para as mais de 350 famílias que vivem no latifúndio improdutivo.
Apesar das inúmeras denúncias feitas pelas famílias e pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), o Incra não deu fim ao conflito. A grilagem de terras e o latifúndio continuam ameaçando os trabalhadores agrários da região.
Na área, há também forte atuação de madeireiros, que destroem o cerrado na localidade, uma das poucas terras preservadas da região maranhense dos Cocais.
Em 2013, “Brechó” já havia sofrido ameaças de morte e uma tentativa de homicídio. Com isso, o nome dele entrou para a lista de ameaçados da CPT.
Durante a tentativa de homicídio, em 2013, pessoas desconhecidas efetuaram três disparos de arma de fogo na direção do trabalhador, que não foi atingido.
Raimundo Brechó já havia registrado vários boletins de ocorrência na polícia, sem que as autoridades tomassem providências.
Num dos boletins, ele denunciou que pessoas desconhecidas rondavam a casa em que ele vivia com a mulher e três filhos, na comunidade Abundância, e que em algumas noites ele havia escutado pisoteio de gente no quintal.
As pessoas envolvidas no conflito contra a comunidade são criadores de gado e madeireiros, aliados ao latifúndio, que há anos causam prejuízo às famílias do Campestre. No caso dos pecuaristas, estes provocam a permanente destruição das roças dos lavradores, uma vez que o gado é criado solto.
Isso é incentivado por proprietários amigos da família Alvim, que controlou esse território por mais de 50 anos, no mais truculento estilo do coronelato.
O intuito dos criadores de gado e dos madeireiros é de que o conflito se acirre e eles retomem o território, que hoje é ocupado pelos lavradores.
O assassinato de Raimundo Brechó também está sendo investigado pelo delegado de Polícia Civil agrário do Maranhão, Carlos Augusto Silva Coelho.
Com mais esta morte, o Maranhão mantém-se entre os estados com mais assassinatos ligados a conflitos agrários. Em 2013, ocorreram 3 assassinatos de lavradores no estado – no Projeto de Assentamento Capoema (Bom Jesus das Selvas), no P.A Sit (Santa Luzia do Tide) e no P.A Santa Maria 2 (Satubinha).
As lideranças agrárias ameaçadas de morte somam quase 50 em todo o estado, segundo levantamento de 2013 da CPT.
fonte: Oswaldo Viviani, com informações das CPTs Maranhão e Nacional e do portal Combate ao Racismo Ambiental

TCU declara Bira do Pindaré Ficha Limpa



O Plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou, por unanimidade, o Recurso de Reconsideração apresentado pelo deputado estadual Bira do Pindaré (PSB), na manhã desta quarta-feira (26). A decisão final tomada pelo TCU julga regulares todas as contas do deputado Bira enquanto Delegado Regional do Trabalho (DRT/MA).
Desta forma, o TCU corrige uma decisão equivocada anterior e o deputado Bira do Pindaré mantém resguardados todos os seus direitos políticos. O Ministro, José Múcio Monteiro, Relator do Processo TC-006.652/2004-0, e seus pares, entre outros pontos, consideraram o fato de que as possíveis irregularidades em procedimentos licitatórios de serviço de manutenção de viaturas da DRT/MA ocorreram antes da gestão de Bira.
Bira do Pindaré exerceu o cargo de Delegado Regional do Trabalho entre 2003 e 2006 e as possíveis irregularidades aconteceram ainda na gestão de seu antecessor. Os Ministros concluíram que o deputado Bira só foi incluído na questão em razão do extravio do processo relativo a contratação de serviços, quando suas contas perante a DRT/MA já haviam sido aprovadas.
Os Ministros do TCU também se basearam na boa fé de Bira do Pindaré, quando Delegado Regional do Trabalho, uma vez que atendeu a todas as orientações formuladas à época pela Controladoria Geral da União. A decisão do TCU corrige o equívoco de ter se considerado como não prestados os serviços unicamente em razão de não terem sido localizados as notas fiscais junto ao órgão da Fazenda Estadual.
Conforme o trecho da decisão final do TCU, “a ausência de registros das notas fiscais no órgão de Fazenda Estadual levou à presunção de que a comprovação das despesas era irregular e por isso deveria ser glosada Contudo, há duas inconsistências na caracterização desse débito. A primeira é a presunção de que os serviços não foram prestados. A segunda inconsistência na caracterização do débito diz respeito ao fato de um juízo de inidoneidade das notas fiscais haver decorrido de consulta ao órgão fazendário estadual”
De acordo com Davi Telles, advogado do deputado Bira no processo, a decisão anterior, que foi corrigida por unanimidade dos Ministros na sessão desta quarta pelo TCU, se baseava numa presunção extremamente frágil e equivocada, uma vez que considerava, absurdamente, como não realizados serviços que foram efetivamente prestados.
A consulta em relação às notas fiscais foram feitas junto ao órgão fazendário estadual quando deveria ter sido feita no órgão fazendário municipal, pois se tratava de contrato de prestação de serviço. Logo, a alegação de notas frias era absolutamente infundada.
“Além disso, os possíveis vícios no processo licitatório são de momento anterior à gestão do deputado Bira, que, na verdade, ao assumir procurou sana-los, acatando todas as orientações da CGU. O Tribunal reconheceu tudo isso e fez justiça”, explicou Davi Telles.
O deputado Bira disse que está muito satisfeito com o julgamento e que se sente aliviado. “Nunca na minha vida eu me senti tão injustiçado, mas Deus é maior. Estou feliz”, declarou com entusiasmo.
FONTE: 

Maioria do Supremo vota pela absolvição de Dirceu e outros sete réus


O julgamento dos embargos infringentes apresentados por réus do mensalão condenados por formação de quadrilha já conta com o voto de seis dos 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) pela absolvição daqueles que haviam sido condenados em 2012. Portanto, embora quatro ministros ainda tenham direito a voto, já há maioria para que sejam absolvidos do crime de quadrilha o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o empresário Marcos Valério e outros quatro sentenciados.
A decisão, que deve ser efetivada ainda na sessão desta quinta-feira (27/2), livra Dirceu e Delúbio da possibilidade de passarem do regime semiaberto para o fechado. Inicialmente condenado a 10 anos e 10 meses de prisão, o ex-ministro cumprirá somente a pena de 7 anos e 11 meses pelo crime de corrupção ativa, já que acabou absolvido da acusação de quadrilha.
Os dois primeiros a votar na sessão de hoje, Teori Zavascki e Rosa Weber manifestaram-se pela absolvição dos réus. Os votos deles se somam às posições de Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski. O único que votou até agora pela manutenção das penas dos condenados por quadrilha foi o relator dos embargos infringentes, Luiz Fux.
"Não está demonstrada a presença do dolo específico da criação de crime de quadrilha. Um crime cometido por três ou cinco pessoas não significa que tenha sido cometido em quadrilha", disse Zavascki. Rosa votou na sequência e foi enfática contra a condenação por quadrilha. "Não basta para configuração deste delito que mais de três pessoas pratiquem delitos. É necessário que esta união se faça para a específica prática de crimes."
FONTE: Diego Abreu

SEMUC realiza sorteio da ordem de desfile dos blocos de Bacabal


Por Zezinho Casanova
Técnicos da Secretaria Municipal de Cultura reuniram-se na noite de ontem quarta feira (26) com os representantes das agremiações carnavalescas de empolgação de Bacabal para fazerem os últimos  ajustes na programação do carnaval de rua do município.
O Desfile dos Blocos Carnavalescos será realizado dia 02 de março, domingo de carnaval a partir 18h, na passarela da folia do  centro cultural de Bacabal. Toda a infraestrutura do evento já está sendo montada pelas empresas responsáveis. Os Blocos deverão estar atentos quando forem chamados para sua apresentação, estando já  na concentração que ficará entre as ruas Oswaldo Cruz, Gonçalves dias e área em frente ao Centro cultura pelo menos 30min antes do inicio das apresentações.
Caberá a Segurança do Evento impedir a infiltração de pessoas estranhas na hora da apresentação, sendo que cada bloco será chamado na contração conforme ordem de apresentação previamente determinada por  sorteio. Veja a baixo a ordem de apresentação dos Blocos:
 1° - Bloco da Mangueira
 2° - Os Fuleiros
 3° - Turma que dá Shock
 4 - Vassourinha. com
 5° - Aviões Folia
 6° - Bloco do Esporte
 7° - Mearim Folia
 8° - Estação do Reggae
 9° - Lamb Copo
 10° - Trifolia
 11° - Garapas Folia

O número de componentes de cada Bloco será de  no mínimo 50 pessoas, sendo que o bloco que não cumprir esta determinação será automaticamente desclassificado.Cada bloco deve se apresentar dentro de uma linha que possa expressar a uniformidade na vestimenta, a identificação do nome do bloco, a união dos participantes, podendo ser um estandarte e /ou alegorias quer servirão como  complemento das fantasias. A identificação dos blocos perante a comissão Julgadora será através das camisetas/fantasias contendo o nome do bloco.
Os Blocos serão avaliados pelos seguintes critérios; Empolgação, entende-se por empolgação, a persistência do bloco em permanecer o maior tempo  dançando, pulando, cantando e interagindo com o publico; Por Originalidade entende-se na vestimentas, a fantasia que possua um elemento forte de identificação; Já  no quesito figurino ou Fantasia: será avaliado arte de abadás, acabamento de fantasias e a  harmonia das cores, terminando com o conjunto que será  avaliado pela visão geral do desfile.
Os critérios serão julgados cm pontuação de 5(cinco) a 10(dez) pontos, sendo permitido o fracionamento de notas. Em caso de empate, será utilizado como primeiro critério a maior nota, o da empolgação, o segundo critério Originalidade e o terceiro Fantasia, persistindo o desempate será por critério o maior número de pessoas participantes do bloco devidamente identificadas.
É expressamente proibido aos Blocos carnavalesco pelo regulamento, praticar atos que importem em desrespeito ao publico, aos participantes das apresentações,  Comissão Julgador ed comissão Organizadora, envolverem-se em brigas/conflitos ou agressões físicas, apresentarem-se com vestimentas de  carnavais anteriores, trajes vulgares e sem uniforme do bloco, apresentar-se com propaganda politica e ultrapasar o tempo de 20 minutos em sua apresentação, as  penalidades para esses impedimentos estão descritas no art 19° do Regulamento do desfile.
A Prefeitura Municipal de Bacabal através da  SEMUC outorgará premiação aos vencedores com os seguintes valores;
 PRIMEIRO LUGAR: R$ 5.000,00 + TROFÉU
 SEGUNDO  LUGAR: R$ 3.000,00 TROFÉU
 TERCEIRO LUGAR; 2.000,00 + TROFÉU
PRÊMIO ESPECIAL DE EMPOLGAÇÃO: R$ 1.000,00
OS Blocos deverão entregar na Secretaria de cultura até Sexta-feira o cd gravado  e editados com sua música com o tempo suficiente para sua apresentação. Em caso de dúvidas os  foliões e turistas devem procurar a SEMUC para maiores informações.


Câncer de pele: dicas que podem salvar vidas no Carnaval




Autoexame é uma prática também saudável para se prevenir contra o câncer de pele, doença que mata sete milhões de pessoas ao ano
No próximo fim de semana começa o Carnaval em Bacabal, um dos principais eventos do ano, reunindo multidões nas ruas, praças e avenidas da cidade  de todo o Brasil.
As festividades acontecem em pleno verão n sul do país. E, com os dias mais longos e as altas temperaturas da estação, as pessoas ficam mais tempo expostas aos raios UV, que podem causar sérios danos à saúde, como o câncer de pele.
No Maranhão o clima é diferente, estamos  vivendo uma alternância entre horas de chuvas muito fortes e horas de sol escaldante.
Mas o convívio nesse ambiente sl de contato com o sol e chuva ao mesmo tempo exige um cuidado especial para proteger a pele e evitar o surgimento do câncer de pele, doença que ataca 576 mil brasileiros ao ano, segundo o Ministério da Saúde. A mais grave forma de câncer de pele, o melanoma, pode levar à morte a partir de uma simples e pequena pinta. No mundo, sete milhões de pessoas morrem por melanoma ao ano.
A exposição exagerada ao sol é o principal fator que pode comprometer definitivamente a nossa saúde, especialmente em períodos como o atual. O problema pode, porém, ser facilmente evitado se alguns cuidados forem observados.

Proteja-se

• Além de óculos de sol, use chapéus e bonés de abas largas e proteja as partes mais expostas. Não são raros os melanomas que surgem como pequenas pintas nos pés ou nas costas.
• Evite ficar sob o sol entre as 10 e 16 horas, quando a irradiação de ultravioleta é maior.
• Conheça o histórico de problemas de pele na sua família. Ele pode indicar a necessidade de cuidados especiais.
• Abuse do protetor solar em todas as partes do corpo. Repita a aplicação diversas vezes e não apenas no início da atividade. E lembre-se: protetor solar bloqueia somente até 55% dos raios ultravioleta que danificam a pele.

Atenção aos alertas da sua pele


Os principais sinais de alerta são pintas ou lesões novas que surgem na pele. Por isso, um autoexame rotineiro é fundamental.

Tratamento

Quando o melanoma é identificado precocemente, faz-se cirurgia no local. Mas se o melanoma se espalha para outras partes do corpo, o tratamento pode ser realizado com medicamentos de última geração.
Diário do Mearim com informações do imitante.com

Bandidos roubam R$ 30 mil de Correios em São Mateus


fb092ee601acb77dcfac10d897696187_M


Bandidos levaram cerca de R$ 30 mil da agência dos Correios, em São Mateus. Quatro assaltantes participaram da ação criminosa, que durou cerca de uma hora. Quinze pessoas foram mantidas reféns e um cliente teve a moto roubada durante a fuga. O assalto aconteceu próximo à delegacia de São Mateus.
Eles usaram também um carro de cor prata e outra moto. Além do dinheiro, pertences de quem estava no local do crime também foram levados. A agência está lacrada à espera de peritos criminais.
O último assalto aos Correios de São Mateus aconteceu no final do ano passado e a agência ficou fechada durante uma semana. O estabelecimento atende também moradores das cidades de Matões do Norte e Alto Alegre do Maranhão.

Fonte: iDifusora

Pastor acusado de molestar crianças responde processo criminal em São Luís


O juiz da 9ª Vara Criminal de São Luís, José Afonso Bezerra de Lima, está ouvindo as testemunhas arroladas em processo contra um pastor acusado de molestar cinco meninas, filhas de congregados de uma igreja evangélica da capital, onde o religioso trabalhava. Em audiência, no Fórum Desembargador Sarney Costa, nesta terça-feira (25), o magistrado ouviu pais das vítimas.
Foto: Divulgação

O pastor foi denunciado pelo Ministério Público pela prática de crime de atentado violento ao pudor com violência presumida, bem como estupro de vulnerável. De acordo com informações obtidas pela Assessoria de Comunicação da Corregedoria da Justiça, o crime começou a ser praticado em 2007, mas apenas em 2011 os pais souberam dos abusos, levando ao conhecimento da polícia no ano seguinte. Em 2013 a denúncia da promotoria especializada chegou ao Judiciário.
Consta na denúncia que o religioso valia-se da confiança oriunda de sua função de pastor para praticar atos libidinosos contra as vítimas, que na época dos crimes eram menores de 14 anos. A relação de confiança advinha do fato de que o pastor era figura íntima das famílias, pois costumava visitar as residências dos congregados, além de promover eventos na chácara da igreja, conforme relatos das testemunhas e das meninas.
Informações dos autos, revelam que geralmente os fatos aconteciam nas casas das próprias vítimas, em momentos que os pais estavam ausentes. Sempre com alguma desculpa, o pastor tocava partes íntimas das meninas, valendo-se de justificativas religiosas, que também fundamentaram a prática de casos ocorridos no sítio da congregação.

“Clínica espiritual”– Ainda de acordo com a denúncia, o pastor promovia encontros chamados de clínica espiritual, criando situações para que as adolescentes participassem dos encontros, que deveriam ocorrer com a presença de uma pastora. Aproveitando-se novamente da ausência dos pais, ele ia sozinho até a casa, com o discurso de que estava lá para fazer o ritual, e abusava das vítimas.
Procurado pela mãe de uma das meninas, o pastor pediu perdão e alegou que tudo não havia passado de uma “pressão demoníaca” e pediu para não ser denunciado. Quando outras pessoas da igreja ficaram sabendo do fato, passaram a questionar os próprios filhos sobre possíveis episódios semelhantes, sendo relatados outros casos. Ao tomar conhecimento do caso, um conselho foi instalado e decidiu pelo afastamento do pastor da igreja.
Ouvido na delegacia, o pastor negou as denúncias. Consta no processo que o religioso teria ido até as casas das vítimas pedir desculpa aos pais das garotas.
O Ministério Público requereu a dispensa de oitiva das vítimas nas audiências, para prevenir a prática de revitimização – que ocorre quando a vítima, ao dar depoimento, revive o sofrimento emocional e psicologico pela lembrança da violência a que fora submetida. Também pediu o encaminhamento das menores para atendimento multidisciplinar. O processo contra o religioso tramita em segredo de Justiça.
Fonte: CGJ

Moto encara lanterna do Estadual (Bacabal) para começar bem o segundo turno


Atacante Vitor marcou um gol no empate diante do Sampaio na final do 1° turno (Foto: O Imparcial)O Moto Club recomeça sua caminhada rumo ao título do segundo turno. Com o objetivo principal de conquistar a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série D e Copa do Brasil, a diretoria, comissão técnica e jogadores estão conscientes das dificuldades que vão enfrentar nessa nova fase, pois os clubes que não se classificaram tiveram duas semanas para se preparar para essa nova etapa.

O jogo será no Estádio Castelão às 20h30, atendendo a um pedido da própria comissão técnica. Diante das dificuldades em realizar treinamento no local do jogo, o técnico Edson Porto prevê um duelo muito difícil contra o Bacabal. 
“Esse é o jogo mais perigoso que nós temos. Eles não pontuaram, fizeram várias contratações e vão querer vencer a todo custo para evitar o rebaixamento”. 
Apesar do clima de confiança, os jogadores estão com os pés no chão e não esperam encontrar facilidade nenhuma diante dos adversários. A equipe rubro-negra, que era uma incógnita, só começou a treinar seis dias antes de sua estreia, mas agora todos já sabem a capacidade da equipe. 
“Vamos encarar todos os jogos como uma final. A nossa primeira final será contra o Bacabal”, disse o atacante Henrique. 
O Moto Club possui a segunda melhor campanha do campeonato, com quatro vitórias, duas derrotas, dois empates, marcou 15 gols, sofreu 12, possui 15 pontos na tabela geral de classificação e, também, o artilheiro do campeonato, Henrique com cinco gols marcados. 

Bacabal 
O Leão do Médio Mearim não faz uma boa campanha. Briga contra o rebaixamento no Estadual. A diretoria azulina busca inverter a crise, por isso ainda no primeiro turno trocou de treinador. Saiu Coca e entrou Fernando Dourado. As modificações se estenderam ao elenco. No total, 15 jogadores foram contratados. 
O time tem a pior campanha do campeonato com quatro derrotas, sete gols sofridos e nenhum marcado. O adversário mais próximo é o São José com três pontos. 

Os principais reforços do BEC foram os seguintes:
Daniel Mosser – Zagueiro –Benfica (Juvenil), 
Tiago Carioca – Lateral-direito – Audax-RJ
Jonatan – Atacante – Brasiliense
Pablo – Meia – Friburguense
Glaucio – Meia – Atlético de Alagoinha – BA
Glauco – Lateral-esquerdo – Atlético de Alagoinha – BA
FONTE: o IMPARCIAL

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Moto transfere jogo desta quarta contra o Bacabal para o Castelão



Disposto a transferir seus jogos como mandante do Nhozinho Santos para o Castelão, o Moto Club teve o seu pedido atendido. Em nota divulgada no site oficial da Federação Maranhense de Futebol (FMF) e assinada pelo vice-presidente de competições Antônio Henrique, está confirmada a mudança do local da estreia rubro-negra no returno do Campeonato Maranhense, contra o Bacabal. Além disso, a FMF comunicou uma alteração na data do jogo entre São José de Ribamar e Maranhão Atlético, também pela primeira rodada do segundo turno
O confronto entre o Papão e o Leão do Mearim, que estava previsto para acontecer às 19h desta quarta-feira (26), no Nhozinho Santos, agora acontecerá no Castelão, às 20h30. O Maranhão Atlético, que atuaria nesta quarta, às 17h, teve seu jogo contra o São José transferido para quinta-feira (27), às 20h30, no Municipal. Os outros três jogos da rodada de abertura do segundo turno do Estadual tiveram seus locais e horários mantidos.

Confira os locais e os horários da abertura do returno do Campeonato Maranhense

26.02 (quarta-feira)

Araioses x Santa Quitéria (Cardosão / 16h)

Cordino x Balsas (Leandrão / 16h)

Imperatriz x Sampaio Corrêa (Frei Epifânio / 18h)

Moto Club x Bacabal (Castelão / 20h30)

27.02 (quinta-feira)

São José x Maranhão Atlético (Nhozinho Santos / 20h30)
FONTE: Gustavo Arruda / Imirante.com

PM recupera caminhão roubado em Trizidela do Vale


Policiais militares da 10ª Companhia Independente localizaram um caminhão roubado no município de Trizidela do Vale, na manhã desta terça-feira (25). A PM recebeu uma denúncia anônima de que havia um veículo abandonado na estrada e deslocou uma guarnição até o local para averiguar a informação. O caminhão da empresa Diniz Peças, com sede em São Luís, de cor vermelha e placa NNI 7784, foi localizado às margens da MA-247, que liga os municípios de Trizidela do Vale e São Luís Gonzaga.
Ao ser encontrado pela polícia, o veículo estava com as portas e bagageiro destravados. A chave do carro estava quebrada no contato. De acordo com informações policiais, o veículo havia sido tomado de assalto na tarde da última segunda-feira (24) na cidade de Poção das Pedras.
Segundo informações policiais, o motorista e o ajudante foram amarrados e colocados no baú do caminhão e em seguida liberados na estrada. Os dois funcionários da empresa estavam fazendo a distribuição de produtos peças de bicicletas e motocicletas.
O veículo após ser apreendido foi encaminhado ao pátio da delegacia de Trizidela do Vale. As vítimas já foram ouvidas pela polícia. Na fuga, os criminosos ainda levaram algumas peças de motocicletas.

FONTE: SSP

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Após alerta de Flávio Dino, Adidas suspende vendas de blusas com conotação sexual


A fabricante de material esportivo Adidas informou nesta terça-feira (25) que suspendeu as vendas de modelos de camisetas feitas para a Copa, e que continham conotação sexual.

As peças, à venda no site da empresa nos Estados Unidos, irritaram o governo brasileiro. A coleção pegou tão mal que motivou a presidente da República, Dilma Rousseff, a escrever no Twitter que o país não aceita e está pronto para combater o turismo sexual.

“A Adidas sempre acompanha de perto a opinião dos consumidores e parceiros, e em resposta aos seus comentários anuncia que os produtos em questão não mais serão comercializados pela marca. É importante frisar que trata-se de uma edição limitada que estaria disponível apenas para os Estados Unidos”, afirmou a empresa, em nota enviada ao G1.
saiba mais



Mais cedo, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) afirmou ter procurado a Adidas para pedir a retirada das peças do mercado.

“Essa campanha vai no sentido contrário ao que o Brasil defende. Nosso esforço é voltado para a promoção do Brasil pelos atributos naturais e culturais”, disse o presidente da Embratur, Flávio Dino.

Em uma das camisetas há o desenho de um coração e um triângulo no meio, dando a impressão de que são nádegas com um biquíni fio dental, e a frase: “I love Brazil” (Eu amo o Brasil). Na outra, há o desenho de uma garota, também de biquíni, com a frase “Lookin’ to score”, que pode ser traduzida como “Atrás de pegar garotas”. Ambas estavam sendo vendidas na faixa de US$ 25 (perto de R$ 60).

Dilma reclamou

A polêmica linha de camisetas fez a presidente Dilma se posicionar em sua conta no Twitter. Ela não cita diretamente os produtos ou a Adidas, mas, em quatro mensagens, fala sobre a política contra exploração sexual que trava o país. Na primeira delas, declarou que “O Brasil está feliz em receber turistas q chegarão p/ Copa, mas também está pronto p/ combater o turismo sexual”.

Em nota, o presidente da Embratur também reforçou a repressão ao “turismo sexual”. “A exploração sexual é um crime inaceitável e não pode ser confundida de forma alguma com uma modalidade de turismo”, afirma Dino. “Queremos deixar claro aos nossos principais parceiros comerciais na área do turismo que o Brasil não tolera esse tipo de crime em seu território.”
fonte: Do portal G1

Jornalista Bacabalense Marcos Fábio escreve sobre sexualidade



Um dos mais competentes e criativos jornalista do Maranhão, o bacabalense Marcos Fábio é do tipo que dignifica a profissão jornalística, com seu olhar aguçados e equilíbrio ideológico está sempre a opinar sobre assuntos que muitas vezes a mídia se omite a debater.

Sua sensibilidade em saber ouvir, fortalece sua capacidade de opinar, sem ser generoso com o autor marcos Fábio critica o livro “Histórias Íntimas – sexualidade e erotismo na história do Brasil” em artigo publicado no site Do Minuto, não cabe aqui comentar o artigo, leia você mesmo na reprodução abaixo;

Na semana passada, terminei a leitura do ótimo livro da historiadora Mary Del Priore, “Histórias Íntimas – sexualidade e erotismo na história do Brasil” (Editora Planeta, 2011). Como se propõe no título, a obra passa em revista 500 e poucos anos dos altos e baixos da nossa sexualidade, indo dos portugueses viciados em índias moças e nuas a webstrippers pós-modernas com seus corpos transformados em bits.

Claro que o livro não consegue ser profundo; é, antes, um arrazoado de boas histórias, de fatos e dados do que foi e é o brasileiro, entre quatro paredes, com alguns arremedos de análises. Mas é uma obra bem feita.

Certas passagens são, ao mesmo tempo, instigantes e deliciosas. Para aguçar a sua curiosidade, ao invés de ficar fazendo análises e digressões, vou transcrever algumas delas, para que você tenha tesão em ir beber direto na fonte:
“Quanto ao asseio e às regras de civilidade, contudo, havia muito que aprender. Os moradores da Colônia ainda estavam muito próximos de comportamentos julgados selvagens na Europa. Lá, desde a Idade Moderna, já se desaconselhava arrotar e peidar em público.”(p.25)

“Cobrindo totalmente o corpo da mulher, a Reforma Católica acentuou o pudor, afastando-a do seu próprio corpo. (…) Os pregadores barrocos preferiam descrevê-lo como a ‘porta do inferno e entrada do Diabo, pela qual os luxuriosos gulosos de seus mais ardentes e libidinosos desejos descem ao inferno.” (p. 32)

“O sexo admitido era restrito exclusivamente à procriação. Donde a determinação de posições ‘certas’ durante as relações sexuais. Era proibido evitar filhos, gozando fora do ‘vaso’. Era obrigatório usar o ‘vaso natural’ e não o traseiro. Era proibido à mulher colocar-se por cima do homem, contrariando as leis da natureza. Afinal, só os homens comandavam. Os colocar-se de costas, comparando-se às feras e animalizando um ato que deveria ser sagrado.” (p. 43)

“Médicos e fisiologistas que se ocuparam da questão higiênica dos órgãos genitais e da função genética, como o dr, Jaf, estabeleceram as regras seguintes: ‘Dos vinte aos trinta anos, o homem casado pode exercer seus direitos duas a quatro vezes por semana deixando um dia d´intervalo de cada vez. (…) Dos quarenta aos cinquenta, uma vez todos os quinze dias e menos ainda se não sentir necessidade. A continência é uma necessidade para a segunda velhice; o sexagenário não deve ir levar ao altar de Vênus senão raríssimas vezes, porque, n´esta época da vida, o licor seminal leva muito tempo a reproduzir-se. O septuagenário deveria abster-se do coito: o enorme desperdício de fluido nervoso daí resultante mergulha-o num esgotamento sempre prejudicial à sua constituição.” (p. 119)

“Mas as mulheres já tinham suas defensoras. A escritora Ercília Nogueira Cobra foi uma delas. Escrevendo contra a submissão na qual foram sempre colocadas, reagia: ‘Os homens, no afã de conseguirem um meio prático de dominar as mulheres, colocaram-lhe a honra entre as pernas, perto do ânus, num lugar que, bem lavado, não digo que não seja limpo e até delicioso para certos misteres, mas que nunca poderá ser sede de uma consciência. Nunca!! Seria absurdo! Seria ridículo, se não fosse perverso. A mulher não pensa com a vagina, nem com o útero.’” (p. 151)

“O sexo, de reprimido e disciplinado, depois instrumento de emancipação e igualdade nos anos 70 e 80, passou a um poderoso aliado do consumo e do hedonismo. Sua banalização seria uma maneira de distrair a sociedade de seus verdadeiros problemas?” (p. 236)

Marcos Fábio Belo Matos – Jornalista e prof. Dr. do Curso de Jornalismo da Ufma/Imperatriz Membro da Academia Bacabalense de Letras.
Há muitas outras passagens, igualmente boas, que valem o livro. Fica o convite para você procurar, sozinho, o prazer dele.

Ator da Globo é acusado de roubo; amigos denunciam racismo

O psicólogo e ator Vinícius Romão de Souza, 27 anos, está preso desde 10 de fevereiro após ser acusado de roubo, informou a rádio Globo nesta segunda-feira (24). O caso do artista, que atuou em 2012 na novela Lado a Lado, da TV Globo, gerou comoção na web, já que ele teria sido detido injustamente depois de ser confundido com o verdadeiro assaltante. Conhecidos de Vinícius afirmam que este é mais um caso de preconceito racial, pois o ator é negro.
De acordo com a reportagem, o incidente aconteceu na noite de 10 de fevereiro, quando a copeira Dalva Maria da Costa foi assaltada em um ponto de ônibus na rua Amaro Cavalcanti, no Méier, zona norte do Rio de Janeiro. O criminoso, segundo ela, levou sua bolsa com carteira, celular e outros pertences. Minutos depois, Dalva, que permaneceu chorando no local, foi abordada por um homem que se identificou como policial Freitas, e que a chamou para entrar em seu automóvel.
Em um viaduto próximo, os dois avistaram Vinícius Romão, e Dalva o identificou como sendo o ladrão. Segundo a rádio Globo, o ator estava voltando de seu trabalho como vendedor em um shopping na região, função que ele desempenha para complementar a renda. Após o reconhecimento de Dalva, o policial Freitas imediatamente sacou a arma e revistou Vinícius, que não estava com nenhum dos pertences da vítima.
Mesmo sem portar os objetos da vítima, o ator foi algemado, encaminhado ao 25º Distrito Policial do Engenho Novo, e registrado como flagrante. Em seguida, ele foi levado à Casa de Detenção Patrícia Acioli, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, onde ainda se encontra preso.
Segundo o advogado de Vinícius, Nogueira de Abreu, não é incomum esse tipo de arbitrariedade por parte da polícia, principalmente quando se trata de pessoas negras. “O que houve, na realidade, foi um reconhecimento precipitado, que não foi apurado”.
Nogueira ainda relatou que a liberdade provisória do artista foi solicitada, mas que o juíz responsável pelo caso não se manifestou até o momento em relação a nenhum requerimento feito pela defesa – o advogado também solicitou gravações de uma câmera localizada em frente ao ponto de ônibus em que Dalva foi abordada.
FONTE: TERRA

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Olimpíada da Língua Portuguesa abre inscrições

As inscrições para a Olimpíada de Língua Portuguesa serão abertas hoje (24), às 18h, exclusivamente pela internet. Podem participar da competição professores e estudantes de escolas públicas de turmas do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio.
O professor é quem se inscreve na olimpíada. Para que ele participe do concurso, é preciso que a Secretaria de Educação do município ou do estado faça a adesão ao projeto no mesmo período de inscrição. O prazo para inscrições encerra-se no dia 30 de abril.
No momento da inscrição, o professor poderá se cadastrar no portal da olimpíada para ter acesso a material didático de capacitação para orientar os estudantes. Também poderá participar de cursos de formação online.
As oficinas de leitura e produção de textos deverão ser desenvolvidas pelos professores durante as aulas de língua portuguesa. As escolas devem enviar os textos produzidos às comissões julgadoras até o dia 15 de agosto.
O programa trabalha com gêneros literários específicos de acordo com a série. No caso do ensino fundamental, os alunos do 5º e 6º anos deverão produzir um poema; os do 7º e 8º anos, memórias literárias e os do 9º ano, uma crônica. No ensino médio, será a crônica para o 1º ano e o artigo de opinião para o 2º e 3º anos.
Ao longo do ano, haverá cinco etapas de seleção de textos. A etapa final da olimpíada será em Brasília, em dezembro, com a divulgação dos 20 vencedores nacionais. Os alunos e professores escolhidos receberão medalhas de ouro, um notebook e uma impressora e as escolas, um laboratório de informática.
A Olimpíada de Língua Portuguesa é um projeto em parceria entre a Fundação Itaú Social e o Ministério da Educação. Na última edição, em 2012, foram recebidas 90.391 inscrições de professores, de 40.433 escolas brasileiras. O programa teve a participação de cerca de 3 milhões de estudantes.
FONTE: O IMPARCIAL

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Sarah Saruth é a grande campeã do Festival de música carnavalescxa de Bacabal

O  Festival de Música Carnavalesca de Bacabal 2014 revelou novos talentos neste sábado (22) no palco da  AABB de Bacabal. Apresentaram-se 15 s concorrentes que foram avaliada pelo o corpo de jurados convidados pela Secretaria Municipal de cultura. O evento contou com a presença do Prefeito de Bacabal José Alberto /veloso, dol Secretário de cultura José Clécio , vereadores e convidados.
Os Mestres do carnaval do passado foram homenageados com o troféu Almir Garcez Assai entregue pelo prefeito de Bacabal
Já os músicos , cantores e compositores estavam ansiosos pelo inicio do festival, as 15 músicas apresentadas  poram um sucesso e encantaram o publico presente por sua criatividade, irreverencia e interpretação
A grande estrela da noite foi a cantora Sarah Saruth que além de  receber o prêmio de  Melhor Interprete, foi a grande vencedora do festival ficando também em primeiro lugar. Veja abaixo as musicas classificadas:
1° LUGAR;  O Homem do Guarda Chuva - Sarah Saruth
2° LUGAR: Dias de Verão - João Guitta
3° LUGAR - Memórias do Carnaval de Bacabal -
A música que caiu na boca do povo e no gosto popular foi "Se a  carapuça servir" de Maza Pagodinho que levou o premio de Juri
Popular.
O Festival de Música Carnavalesca terminou em clima de festa e com compositores já pensando nos temas para o ano que vem.
Aguardem atualização d com fotos do evento.







































1

Mulher é detida por agredir a filha de seis anos na cidade de Pedreiras


Uma mulher identificada como Ozeilde Sousa Silva, 30 anos, foi detida suspeita de maus tratos contra a própria filha de seis anos, na cidade de Pedreiras.
Policiais militares lotados na 10ª Companhia Independente prenderam, Ozeilde, após denuncias de vizinhos por ouvirem os gritos da criança. Segundo o major Mauricio Robson, comandante da 10ª C.I, que é vizinho da família ouvia os gritos da criança.
Ao chegar ao local, os policiais encontraram a criança desmaiada. A menina apresentava várias lesões pelo corpo. A criança foi socorrida e encaminhada ao Hospital Geral de Presidente Dutra, onde foi submetida aos exames de corpo de delito e toxicológico. A polícia aguarda o resultado dos exames. A menina permanece internada no hospital.
Na residência da família foram apreendidas várias garrafas de bebidas alcoólicas. No local estavam a criança, a mãe e a avó da menina.
Ozeilde Sousa Silva foi conduzida à 14ª Delegacia Regional de Pedreiras e foi autuada em flagrante delito pelo crime de maus tratos. No momento da prisão ela estava embriagada. Ela vai ficar custodiada no Centro de Ressocialização de Pedreiras.
Algumas garrafas foram apreendidas e vão ser periciadas para identificar se existe alguma substância diluída na bebida. De acordo com informações policiais, as marcas no corpo da menina indicam que ela é vítima das agressões já há algum tempo. O delegado pontuou que é preciso aguardar a emissão dos laudos médicos para precisar o período. 
A avó da menina ainda não compareceu à delegacia. Ela deve ser intimada para prestar esclarecimentos na delegacia.
FONTE: O Imparcial

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Certidão da CGU desmente acusações do grupo Sarney contra Flávio Dino



A Controladoria Geral da União certificou, na tarde de ontem (18), que não há qualquer registro de imputação de improbidade ou corrupção relacionados à gestão de Flávio Dino na presidência da Embratur. O órgão de controle das contas federais desmonta o roteiro montado pelo grupo Sarney para tentar macular a imagem de Flávio Dino no Maranhão.
A certidão emitida pela CGU desfaz todas as tentativas de acusação contra Flávio Dino impetradas pelo jornal O Estado do Maranhão. O relatório diz que “NÃO CONSTA, em Relatórios de auditoria, fiscalizações, processos disciplinares ou quaisquer outros procedimentos da Controladoria-Geral da União, qualquer imputação de corrupção ou improbidade ao Senhor FLÁVIO DINO DE CASTRO DE COSTA no período em que exerceu o cargo de presidente da EMBRATUR”.
Desde o último domingo (16), os meios de comunicação ligados ao grupo Sarney afirmam que, segundo a CGU, Flávio Dino teria causado prejuízos ao erário. A acusação do jornal baseava-se no relatório da Controladoria-Geral da União relacionadas à Embratur em 2012, mas a certidão do CGU diz exatamente o contrário.
O relatório opinava pela aprovação das contas da Embratur sob gestão de Flávio Dino, mas afirmava que havia uma ressalva a respeito de um contrato assinado em 2009, foi anos antes de Dino assumir a presidência da Embratur, quando Flávio Dino ainda era deputado federal.
Ainda no domingo, a Embratur emitiu nota de esclarecimento ao referido jornal, afirmando que as informações questionadas pela CGU já haviam sido fornecidas ao órgão e explicando que, após assumir o comando da Embratur, Flávio Dino diminuiu o valor dos gastos com informática em 50% (referente ao contrato questionado pela CGU).
Ou seja, além de não ter assinado o contrato divulgado pelo jornal O Estado do Maranhão, Flávio Dino ainda diminuiu o contrato em quase metade do valor inicial.
O jornal afirmou ainda que a gestão de Flávio Dino era marcada por “desvios”. Contudo, a certidão da Controladoria Geral da União desfaz as acusações levantadas pelo jornal da família Sarney.
FONTE: JP

Empresa cria carro exclusivo para cadeirantes


Uma empresa norte-americana quer ajudar a solucionar um dos maiores problemas de mobilidade para deficientes físicos: o acesso aos carros. A Kenguru, criada pela advogada Stacy Zoern, que é cadeirante, anunciou a versão de produção de um carro elétrico de apenas 2,1 metros de comprimento e 1,5 de altura com capacidade para transportar uma pessoa.
O diferencial em relação aos veículos convencionais é o acesso. Diferente dos carros com venda regular, que passam por uma adaptação para poder receber pessoas com deficiência, o Kenguru foi desenvolvido para acomodar um cadeirante na própria cadeira de rodas.
Há apenas uma porta, traseira, que abre para cima, ao mesmo tempo em que surge uma pequena rampa para o embarque. Não há bancos, e o condutor fica na própria cadeira. A abertura da porta é automática, e pode ser feita com um controle.
Os comandos no interior são semelhantes aos de uma motocicleta, com acelerador e freios nas mãos e um guidão no lugar do volante. Um pequeno painel do lado direito indica velocidade, nível de bateria e luzes espia. A boa visibilidade é garantida pela grande área envidraçada.
Construído em fibra de vidro, o Kenguru foi desenvolvido para ser um modelo estritamente urbano. “A ideia é permitir que pessoas com deficiência possam se locomover no cotidiano de forma mais prática e independente”, afirma Stacy. Com dois motores elétricos, o carrinho atinge velocidade máxima de 40 km/h e tem pode andar quase 100 km sem precisar ser recarregado
As vendas ainde devem levar pelo menos um ano para começar, mesmo tempo em que as primeiras unidades estarão prontas. Por enquanto, o preço é de US$ 25 mil, o equivalente a R$ 60 mil. Porém, o valor pode ser reduzido, com incentivos fiscais oferecidos pelo do país. Os interessados já podem reservar o Kenguru, mediante pagamento de US$ 100.
Fonte: Auto Esporte

Polícia Civil prende chefe do tráfico de drogas em Bacabal



No momento da abordagem, ele foi preso em companhia do irmão Luciano Gomes Barbosa, 19 anos. O delegado Carlos Alessandro, que esteve à frente das investigações, ressaltou que Leandro é um criminoso de alta periculosidade com envolvimento em vários crimes na cidade. Na ocasião, um adolescente também foi apreendido. Uma ação de investigadores da 16º Delegacia Regional de Bacabal, coordenados pelo delegado Carlos Alessandro, resultou na prisão Leandro Gomes Barbosa, 20 anos, apontado como líder do tráfico de drogas na região central do estado. Ele foi detido, na terça-feira (18), em sua residência localizada na Rua 13 de Maio, bairro Novo Bacabal. A ação foi deflagrada em cumprimento a dois mandados, sendo um de prisão temporária por uma dupla tentativa de homicídio e um de busca e apreensão.
“Esse elemento tem várias rixas ligadas com a comercialização de entorpecentes no município. O mandado de prisão temporária e de busca e apreensão é justamente pela quantidade de crimes que consta na ficha criminal dele. Investigações apontam que ele teria tentado matar duas pessoas durante uma disputa por conta do comando do tráfico de drogas”, ressaltou Alessandro.

Em posse do mandado de busca e apreensão, investigadores da Regional apreenderam na residência dos irmãos, 123 cabeças de crack já prontas para a comercialização, uma pequena quantidade de maconha, uma pedra de crack pesando aproximadamente 100 gramas, um revólver calibre 38 com treze munições, celulares e a quantia de R$ 245 reais em espécie. Todo material foi levado para a delegacia para averiguação.

Investigações

Segundo levantamentos do titular de Bacabal, a principal motivação do crime da dupla tentativa de homicídio seria uma briga pelo o comando do tráfico de drogas na cidade. Ainda segundo Carlos Alessandro, Leandro era um dos criminosos mais procurados por conta da sua ficha criminal.
Conforme a Polícia Civil, no mês de Janeiro de 2013, o suspeito teria disparado vários tiros contra a Jorge Nilson Mendes da Silva, conhecido como Rincon, e Sérgio da Silva Lira, ambos diretamente ligados ao tráfico de entorpecentes.
Os irmãos Leandro e Luciano foram conduzidos à Delegacia Regional de Bacabal e autuados pelos crimes de Tráfico de drogas, Associação ao tráfico e posse irregular de arma de fogo. Eles foram encaminhados para Unidade de Ressocialização de Bacabal.
FONTE: O Imparcial

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Ministro explica decisão de julgar ações contra CBF no Rio




O Superior Tribunal de Justiça, na última segunda-feira, decidiu que as ações contra a ConfederaçãoBrasileira de Futebol (CBF) serão julgadas na cidade do Rio de Janeiro. O local foi fixado pelo ministro Sidnei Beneti, que explicou a decisão.
“A CBF deve, como pessoa jurídica, ser acionada no foro “onde está a sede” (CPC-art. 100, IV, a), e sua sede situa-se no âmbito geográfico da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro e, a divisão judicial desta, no Foro Regional da Barra da Tijuca”, foram as palavras do ministro Sidnei Beneti.
Dessa forma, todas as demandas que tentam a anulação da decisão do Superior Tribunal de JustiçaDesportiva (STJD) que condenou o Flamengo e a Portuguesa à perda de quatro pontos, em virtude da escalação irregular de André Santos e Heverton, serão julgadas no Juízo de Direito da 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca.

FONTE: Gazeta Esportiva

Parceria entre Sine-MA e Cetecma qualifica jovens em Bacabal


O secretário José Antônio Heluy e o coordenador do Sine, Francisco Flores, durante visita aos alunos dos cursos

O secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy, esteve em Bacabal, na semana passada, visitando os jovens que participam das turmas de qualificação do Maranhão Profissional, nos cursos de Auxiliar Administrativo e Técnicas de Venda e Marketing de Bacabal.
Estes trabalhadores são resultado do projeto que incentiva a juventude a investir seu tempo em qualificação e capacitação profissional. As salas de aula funcionam na própria agência do Sine na cidade de bacabal e os participantes são capacitados através da parceria com o Centro de Capacitação Tecnológica do Maranhão (Cetecma), ligado à Univima, e a Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres).
A parceria representa um diferencial na empregabilidade dos jovens profissionais que buscam sua primeira oportunidade no mercado de trabalho. "É sempre muito gratificante participar de momentos como este, que proporciona à juventude do nosso estado oportunidades e facilidades no mercado de trabalho", avalia o secretário.
Heluy ressaltou, ainda, que o benefício atinge os empresários do município que aderem ao programa. "Durante três meses, suas empresas receberão, na condição de estagiários, jovens qualificados e preparados para atender suas expectativas e necessidades profissionais", destacou o secretário.
Segundo o coordenador do Sine-Bacabal, Francisco Flores, já foram cadastradas 48 empresas e cerca de 80 jovens estão sendo encaminhados ao mercado de trabalho através do programa Estágio Meu Primeiro Emprego. "Para nós esse é um resultado bastante satisfatório", afirma o coordenador.

FONTER: O Imparcial

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Festival de Música Carnavalesca será na AABB - Bacabal

      Por questões de segurança e para dá mais conforto á comunidade bacabalense devido ao período de chuvas a Comissão Organizadora do Festival de Música Carnavalesca, com o apoio dos compositores e interpretes participantes transferiu a realização para a AABB - Associação Atlética Banco do Brasil , será mantido o horário de incio para as 20:00h
   A secretaria Municipal de cultura elaborou um calendário de ensaios com a banda base que acompanharão os artistas participantes. Os ensaios estão a acontecer no Restaurantre Cebola Cortada sob a  responsabilidade do produtor Paul de Anka, famoso guitarrista bacabalense. A SEMUC informa aos participantes que durante os ensaios só será autorizada a presença dos agendados para aquele dia, os demais interpretes devem aguardar o seu dia de ensaio.
     
Em reunião realizada na ultima segunda feira (17)  em sorteio realizado pelos próprios participantes foi definida  a ordem de apresentação durante oi Festival. Veja abaixo ordem de apresentação e agenda de ensaios.
Festival de musica carnavalesca
ORDEM DE APRESENTAÇÃO DE MÚSICAS

01 – MEMÓRIAS DO CARNAVAL DE BACABAL – BIANCA WETYNA
02 – O HOMEM DO GUARDA CHUVA – SARA SARUTH
03 – ORGULHO DA DIVERSIDADE – ANTONIO CARLOS
04 – SÓ FALTA O RABO – R. CAVALCANTE
05 – PELO WHATSAAP – OSWALDINO PINTO
06 – ALFORRIA – KELTON MATOS
07 - PELAS CONTAS DO ROSÁRIO – LAYSE DAIANA
08 – TRAGA DE VOLTA MEU CARNAVAL – ANDRÉ LUIS
09 – CARNAVAL E POESIA – DIANA CAROL
10 – DIAS DE VERÃO – JOÃO GUITAR
11 – ABELHINHA TUCUM – ALEX MELO
12 – SE A CARAPUÇA ASSENTAR – MASA PAGODINHO
13 – SEU TAKUKUNAVAR – GLEIDSON FERREIRA
14 – AMOR DE CARNAVAL – LEO AXÉ
15 – PINTINHO DO CARNAVAL – NELIO MAX

HORÁRIO DE ENSAIOS

17 / 02 - SEGUNDA FEIRA
01 - MEMÓRIAS DO CARNAVAL DE BACABAL – BIANCA WETYNA
02 – O HOMEM DO GUARDA CHUVA – SARA SARUTH
03 – ORGULHO DA DIVERSIDADE – ANTONIO CARLOS
04 – SÓ FALTA O RABO – R. CAVALCANTE

18 / 02 – TERÇA FEIRA
04 – SÓ FALTA O RABO – R. CAVALCANTE
05 – PELO WHATSAAP – OSWALDINO PINTO
06 – ALFORRIA – KELTON MATOS
07 - PELAS CONTAS DO ROSÁRIO – LAYSE DAIANA
08 – TRAGA DE VOLTA MEU CARNAVAL – ANDRÉ LUIS

19/ 02 – QUARTA FEIRA
09 – CARNAVAL E POESIA – DIANA CAROL
10 – DIAS DE VERÃO – JOÃO GUITAR
11 – ABELHINHA TUCUM – ALEX MELO
12 – SE A CARAPUÇA ASSENTAR – MASA PAGODINHO

20 / 02 QUINTA FEIRA
13 – SEU TAKUKUNAVAR – GLEIDSON FERREIRA
14 – AMOR DE CARNAVAL – LEO AXÉ

15 – PINTINHO DO CARNAVAL – NELIO MAX 

Artistas Lamentam Morte de Tupinambá Galvão


Tupinambá Galvão

Morreu na madrugada desta terça-feira(18/02) em Teresina, o chapadinhense e ex-vereador do município na década de 70, Francisco Tupinambá Lima Galvão. Na época, Tupinambá foi o vereador mais jovem (18 anos) da história de Chapadinha a ser eleito como o mais bem votado.

Tupinambá morava em Bacabal onde empresariava a Banda Swing Mania estrela por seus filhos músicos que faziam muito sucesso em todo o Maranhão. Era Membro titular do Conselho Municipal de cultura de Bacabal e colaborava sempre com todos os artistas que o procuravam com orientações sobre projetos.
Tupinambá vinha enfrentando problemas de saúde a três meses, e nesta madrugada não resistiu a uma parada cardíaca e faleceu.
Tupinambá Galvão foi um exemplo de pai, tio, irmão, de homem, de amigo. Tupinambá deixa esposa e três filhos. O velório e enterro será na cidade de Chapadinha. 

Artistas, produtores culturais, a Academia Bacabalense de LETRAS,  Academia  Barra-Cordense de Letras, e autoridades de Bacabal lamentam profundamente seu falecimento que está sendo noticiados  em toda imprensa do Mearim.
Tupinambá é irmão das professoras Socorro Galvão e Tereza Maria e casado com a filha da professora Rosa Leite, Lucy Rosana de Pirapemas. A Secretaria de Cultura de Bacabal enviou nota a imprensa sobre o falecimento do produtor cultural que participou ativamente da III conferencia Municipal de Cultura de Bacabal.
Diário do Mearim com informações do Pirapemas.com

ARTISTAS DE SÃO MATEUS REALIZAM FORUM E DENUNCIAM FALTA DE APOIO DAS AUTORIDADES


Produtores culturais e artistas do município de São Mateus – MA realizaram no últimos domingo (15) o IV Fórum Municipal de Cultura da Associação ASCEMMA e do Boi diamante. O evento aconteceu no auditório do Sindicado dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais a partir das 15:00h. Com o objetivo de criar uma TEIA ou Ponto de Cultura Mistura de Ritmos de São Mateus, o fórum consegue lotar o auditório com dançarinos, artesãos, professores e Mestres da Cultura Popular de São Mateus.
Mestres da cultura popular de São Mateus denunciaram o desrespeito das autoridades locais para com a cultura produzida no município, Frenciscarmem coordenadora do evento falou sobre o sonho de ver seu grupo transformado em Ponto de cultura.
Quem também participou ativamente do evento foi o Professor de artes marciais Anderson Lima que falou sobre os projetos esportivos que também não estão tendo a devida atenção das autoridades.
As falas dos participantes foram intercaladas por apresentação do Boi Diamante e do Grupo Mistura de ritmos. O Ponto alto do evento foram as palestras proferidas por Mestre Pinta e Zezinho Casanova, ambos de Bacabal, que a convite da coordenação do evento falaram sobre a experiência da criação do Ponto de Cultura de Bacabal( Mestre) e sobre a implantação do sistema Municipal de cultura nos municípios do Maranhão.
O Radialista Stuart Jr. Que representou como delegado o município de São Mateus nas conferencias Estadual e Nacional participou do fórum e em sua fala também criticou a atuação dos gestores locais da cultura e afirmou que falta vontade política de fazer a cultura acontecer no Município.



Ao final do evento todos se confraternizaram e uniram forças para criação do Ponto de cultura Arte e Cultura Mistura de Ritmos de São Mateus do Maranhão.

Senadores defendem endurecimento de punição para casos de racismo



Os senadores Paulo Paim (PT-RS) e João Capiberibe (PSB-AP) lamentaram nesta segunda-feira (17) o episódio de racismo envolvendo a australiana Louise Stefany Garcia, de 30 anos, presa em Brasília, na última sexta-feira (14), depois de insultar e se recusar a fazer as unhas com uma manicure negra.
“Deve haver um endurecimento no Código Penal para não permitir o relaxamento de prisão preventiva em caso de flagrante em delitos raciais”, disse Capiberibe, ressaltando que só uma mobilização social e política pode impedir que se repitam situações como essa.
Paim lembrou que, também na semana passada, o jogador Tinga, do Cruzeiro, foi alvo de ataques racistas da torcida do time peruano Real Garcilaso, durante partida da Copa Libertadores. As situações de preconceito foram lembradas durante audiência pública da Comissão de Direitos Humanos do Senado para discutir a proposta de reserva de 20% das vagas em concursos públicos federais para negros.
A proposta (PL 6.738/13), enviada pelo Executivo ao Congresso, tramita em regime de urgência constitucional, já foi aprovada por três comissões na Câmara dos Deputados, mas como ainda não foi totalmente analisada nos 45 dias exigidos nesses casos, o texto engrossa a fila de matérias urgentes com pendencia de apreciação no plenário na Casa.
Até que todas essas matérias sejam votadas, por ordem de chegada, a pauta no plenário da Câmara fica trancada. O das cotas é o mais recente dentre as urgências que tem como o maior desafio no momento a votação do Marco Civil da Internet.
Se for aprovada na Câmara, a matéria ainda precisará ser aprecisada no Senado, onde Paulo Paim espera que a votação seja rápida. “Hoje à tarde, vamos fazer uma visita ao presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) para pedir que ele dê uma ligada ao presidente da Câmara [Henrique Alves (PMDB-RN)] para dar agilidade à votação da proposta na Casa”. Ainda segundo Paim, quando chegar ao Senado, o mérito da proposta deve ser debatido em audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).
Entidades que defendem a proposta, como a organização não governamental (ONG) Educafro, também, fizeram um apelo para que o presidente da Câmara convença os líderes a votar logo a proposta.
FONTE: Karine Melo/Agência Brasil

Dilma pede e Flávio Dino permanecerá por mais alguns dias à frente da Embratur


Depois de já ter anunciado a sua despedida da presidência da Embratur para o dia de hoje, Flávio Dino, atendendo a pedido da presidente Dilma Rousselff no final da tarde desta segunda-feira (17) permanecerá no cargo até que a chefe do executivo defina a pessoa que o substituirá.

A presidente Dilma fez este pedido a Flávio Dino em razão de ainda não ter concluído as negociações políticas para a definição do novo titular da autarquia, o que deverá ocorrer nos próximos dias.