Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Veja quem prestou depoimento sobre denúncia de compra e vendas de votos no PT

A vinda do secretário geral , José Eduardo Cardozo, e do secretário de organização, Paulo Fratechis, do PT não  passou de mais uma tentativa de apaziguar o partido no Maranhão.
Foram horas e horas de tomadas de depoimentos sobre a denúncia de venda e compra de votos dos delegados, que iriam decidir o destino da “estrela” no estado.
Ao final, o secretário geral disse apenas que veio somente ouvir as partes litigantes e reunir o que ouviu para levar à direção nacional e encaminhar tudo à comissão de ética do partido, sem que haja prazo ou data para “julgamento”.
Deve ir para a mesma caixa preta do abaixo assinado dos que vestiram Roseana com a camisa do PT, onde se misturam o sujo e o mal lavado.
De resto, foi somente uma frágil esperança de unidade no partido; desde que passe por cima da decisão do congresso estadual que decidiu por maioria apoiar uma aliança com o PC do B e PSB, tendo Flávio Dino como candidato ao governo.
Fala-se até em uma candidatura própria, solução que evitaria uma intervenção nacional no estado, e de certa forma pisaria com pé de pano no estatuto do partido e na vontade dos que decidiram pelo apoio ao comunista.
Criaria a ilusão de que não mais entregariam o partido à família Sarney.
E ficaria por isso mesmo.
Mas depoimentos foram tomados, documentos e há quem diga que até  mesmo provas substanciais dos fatos denunciados pela revista Veja , foram entregues à Comissão, que o impávido José Eduardo Cardozo quis travestir de “conversas em nome da unidade”.
Deve ter “ouvido” o depoimento de Marcelo Belfort confirmando tudo que disse em vídeo, que foi veiculado pela Folha On line e aqui pelo JP.
Recebido os bilhetes da Gol, São  Luís/Imperatriz dados a Belfort para que não comparecesse ao encontro do PT, dentre outras denúncias que acusam o grupo de Roseana Sarney de tentar subornar os delegados do partido.
Deve também ter “ouvido” denúncias contra os que defendem a aliança com Flávio Dino, este mesmo acusado de pressionar um delegado para que votasse com ele, e outras recolhidas no passado envolvendo figuras de proa do PT anti-Sarney.
Teve, enfim, uma noite e tanto.
Ou será que entre tanta compra e venda ele fez ouvido de mercador ?
Veja quem prestou depoimento
Delegados Pró-Flavio Dino
Marcelo Belfor (Ribamar Fiquene)
Francivaldo Coelho (Cururupu)
Arnaldo Colaço (São Luís)
Iranilton Araújo Avelar (Urbano Santos)
Maria de Lourdes Moreira da Silva (Buriti).
Delegados Pró-Roseana Sarney:
Rodrigo Comerciário (São Luís)
Edmilson Carneiro (Vargem Grande)
Fernando Magalhães (São Luís)
Zé Paulo (Governador Edson Lobão)
José Antônio Heluy (São Luís)

0 comentários:

Postar um comentário