Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

terça-feira, 25 de março de 2014

Flávio Dino alerta para “banditismo político” e pede eleições limpas no MA



Pré-candidato a governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) fez alerta sobre a possibilidade de uso de métodos ilegais por parte do grupo Sarney para perseguir membros da oposição.
“Se continuarem os indícios de banditismo político no Maranhão, como ameaças e ‘monitoramentos’, irei tomar as medidas legais necessárias”, disse Flávio Dino pelas redes sociais ao comentar a possibilidade de uso de “métodos da ditadura” para persegui-lo.
Flávio Dino lamentou a perpetuação da prática da velha política no estado, fruto dos expedientes do grupo Sarney. Nesse sentido, Dino fez um apelo ao próprio José Sarney pela existência de eleições limpas no Maranhão
“Faço um apelo público ao senador Sarney: determine ao seu grupo que dispute eleições limpas, sem jagunços, arapongagem e perseguições”. O pré-candidato afirmou que, em uma das viagens pelo Maranhão, ‘jagunços’ fotografaram as placas dos carros de sua comitiva.
Como pré-candidato ao governo do estado pela oposição, Flávio Dino se queixa de ser alvo constante de ataques pessoais feitos a partir do complexo de comunicação comandado pela família Sarney.

Tentativa de factóide – Ontem, na Assembleia Legislativa, o deputado Rubens Pereira Jr. denunciou a ‘tentativa covarde’, segundo ele, de manchar a imagem de Flávio Dino utilizando os mesmos jornalistas do bicheiro Carlinhos Cachoeira, preso no escândalo nacional por crime organizado e corrupção. “Tentaram criar um factóide que acusava o Flávio Dino de utilizar diárias da Embratur para hospedagem em Teresina por ocasião de um evento em Timon. Numa breve investigação verificou-se que tudo não passa de uma tentativa de macular a imagem do Flávio Dino. A Embratur nunca pagou uma passagem ou diária para o então presidente Flávio Dino nos anos de 2012, 2013 e 2014 no Piauí, pelo simples fato de que nunca existiu nenhum evento nesse período. O evento dos Diálogos pelo Maranhão ainda vai acontecer neste próximo final de semana na cidade de Timon. Os operadores do factóide rapidamente modificaram a mentira para a cidade de Caxias”, disse o líder da oposição.


0 comentários:

Postar um comentário