Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Cresce número de professores com depressão em São Mateus

         
A atual situação da Educação de São Mateus não é das melhores, enquanto a comunidade vive a mercê dos serviços públicos na cidade, o gestor de São Mateus Miltinho Aragão comemora seu aniversário com uma mega estrutura  e bands de forró de renome. Segundo o sindicato dos servidores públicos, o número de professores diagnosticados com depressão aumentou consideravelmente devido às pressões psicológicas que a classe vem sofrendo no município.
          É uma perseguição. Até licença saúde o perito que é o mesmo dos Hospital Municipal  está recusando os laudos médicos, forçando o servidor a entrar na justiça. O perito atende no Hospital Municipal onde as pericias são realizadas junto com o atendimento de urgência e emergência.
          Pais e professores denunciam as escolas sucateadas sem a mínima estrutura para funcionamento e aprendizagem, a merenda escolar segundo o sindicato dura apenas 3 dias por Mês.
          
A depressão entre professores não é privilégio de São Mateus, um em cada três professores desenvolve depressão devido às pressões do trabalho, os docentes têm cada vez mais atividades para desenvolver, não costumam ganhar bem e enfrentam relações ruins com alunos e pais. Eles precisam ser mais ouvidos e fazer parte das discussões sobre a gestão do ensino.
          As doenças são desencadeadas por conflitos nas relações, longa e exaustiva jornada de trabalho, diversidade e complexidade das atividades, dificuldades inerentes às relações em sala de aula, desvalorização salarial, progressiva desqualificação e escasso reconhecimento social do trabalho de professor. Antes da depressão ser verificada, é comum a presença de sofrimentos psíquicos e mal-estar, como insônia, fadiga, irritabilidade, esquecimento, dificuldade de concentração e queixas somáticas.
         
Farmácia Básica
Os sintomas que caracterizam o diagnóstico da depressão incluem a presença de humor deprimido quase todos os dias e durante a maior parte do dia, acarretando em choros, sentimento de vazio, agitação e/ou diminuição da energia e pensamento e ideação suicida.
 
Ruas do Centro
            O Município de São Mateus não é o único do Maranhão  com professores desenvolvendo quadros depressivos, mas com certeza uma melhor postura e respeito dos gestores com a causa da educação evitaria muitos os aparecimentos destes casos. 
          Até o fechamento dessa matéria oBlog Diário do Mearim não conseguiu contato com os gestores de São Mateus.


Hospital

Hospital

Hospital
 

0 comentários:

Postar um comentário