Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

domingo, 2 de fevereiro de 2014

Um pouco de poesia pra relaxar



Prelúdio
A dor de te amar
A sós,  na multidão
É vivenciar emoções
Do pré, lúdico momento
Das descobertas.
Em êxtase, aqui estou
Nas encruzilhadas dos caminhos
A sangrar saudades que não passei.
Na dúvida
Há certeza
De que nada sou
De que nada sei.
O antes
Não antecede o agora
Por que não haverá.
Depois serei poeta
Ourives dos sonhos
Operário dos sentimentos
Em greve.
Em crise os poros exalam poesia
Efeitos de sentidos
 Do meu existir
A prepararem em vão
A beleza da morte a me seduzir.


Zezinho  Casanova

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário