Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quarta-feira, 25 de junho de 2014

João Alberto diz: "A ausência de José Sarney será chorada no Maranhão por muito tempo"

O senador João Alberto, presidente do PMDB maranhense, disse que a possibilidade de aposentadoria de José Sarney, era um pensamento já vinha sendo alimentado por Sarney há algum tempo e que essa decisão tinha sido retardada em função de alguns amigos que haviam solicitado isso ao senador. Ele ressaltou que o ex-presidente Lula já havia também feito esse pedido. “A informação que eu tenho é que o presidente Lula não queria que ele tomasse essa decisão, mas é uma decisão pessoal”, comentou.
João Alberto lembrou que muitos parlamentares do Congresso se reuniram para pedir que ele disputasse novamente ao senado. “Lá no Congresso, os deputados e senadores de todos os partidos se reuniram com ele para que ele fosse candidato, mas ele acha que está na hora de escrever as memórias dele”, disse.
O presidente do PMDB maranhense lamentou profundamente a notícia recebida e disse que, se confirmada, será uma grande perda para o país a saída de José Sarney do cenário político. “O Brasil perde na política o seu melhor nome. A ausência de José Sarney será chorada no Maranhão por muito tempo. É uma lacuna muito grande. Fico consternado”, declarou.
João Alberto diz que se sentiu abalado com a notícia e que agora repensa também a sua permanência na vida política. “Isso me abala profundamente. Essa posição me leva para esse mesmo caminho de acabar meu mandato e não pretender mais me candidatar. Esse posicionamento me deixa muito triste”, disse o senador.
FONTE: O IMPARCIAL

Reações:

Um comentário:

  1. É pra rir ou pra chorar, Carcará? O Brasil será outro sem este pulha que é responsável não só pelo atraso do Maranhão e do Amapá, mas de todo o país. Ele que com sua sede por poder controla o setor elétrico deste país, que manda e desmanda será um oligarca a menos.

    ResponderExcluir