Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Vereador Venâncio propõe doação de Terreno para Academia Bacabalense de Letras

O Vereador Venâncio ( PDT),  apresentou na sessão da câmara nesta quarta-feira (03), indicação solicitando que o Prefeito de Bacabal  Edvan Brandão, faça de maneira urgente Projeto de Lei, e o encaminhe para votação e aprovação daquela casa, doando  para a Academia Bacabalense de Letras, um terreno para que nele a Instituição possa construir sua sede própria.
Em sua justificativa, o Vereador afirma que em 2000, um grupo de poetas e escritores bacabalenses mobilizou a classe literária local no intuito de criarem um organismo que consagrasse os, até então , anônimos literatos de Bacabal e região do Médio Mearim. O movimento  foi liderado pelos escritores Francisco José "Casanova" da Silva, João Batista da Costa Filho, Aline Freitas, Eduardo Freitas Jr., Claudio Cavalcante entre outros.
Apos sucessivas reuniões e debates em torno da sigla, da estrutura e dos objetivos a serem adotados pela nascente entidade, foi fundada oficialmente a Academia Bacabalense de Letras, ha histórica data de 24 de março de 2001. Em 12 de maio do mesmo ano foi realizada a posse coletiva dos 17 literatos fundadores, cuja diplomação foi realizada em 24 de março de 2002 na oportunidade do primeiro aniversário da entidade de valorização e difusão da literatura local.
Desse modo, firma-se a Academia como órgão de agregação, valorização e difusão dos escritores de Bacabal e região mearinense, proporcionando o resgate e o registro da história e cultura bacabalense, além de incentivar  as revelação e o surgimento de novos escritores.
Do mesmo modo que as academias de letras do país, a ABL, possui um quadro de 40 cadeiras, destinadas a  membros efetivos e sucessores, além de um quadro adicional de 15 cadeiras para membros correspondentes, ou seja, escritores residentes em cidades situadas fora da região de abrangência da ABL. 
A Academia possui completa galeria de símbolos oficiais, tais como: Brasão acadêmico, Selo, timbre,Carimbo, dístico de lapela, bandeira e fardão, todos de autoria  , escritora e artista plástica Aline Freitas. "É de fundamental importância que esta instituição tenha o seu próprio patrimônio Físico" - Declarou o Vereador Venâncio.
A Sessão foi acompanhada pelos escritores Liduina Tavares, Costa Filho e Zezinho Casanova, que apos o termino da mesma, reun iram-se com a presidência da Casa em busca de apoio para que a indicação saia logo do papel.

0 comentários:

Postar um comentário