Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

terça-feira, 8 de julho de 2014

Receita libera consulta ao segundo lote de restituições do IR


receita federalA Receita Federal liberou às 9h (horário de Brasília) desta terça-feira (8) a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda deste ano.

Nesse lote, serão creditadas restituições para 1,06 milhão de contribuintes, no total de R$ 1,636 bilhão, já acrescido da taxa Selic de 2,69%. Na média, cada contribuinte receberá R$ 1.543. O crédito da restituição será feito no dia 15.
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar o site da Receita, ou ligar para o Receitafone, pelo telefone 146. Em ambos os casos é preciso ter em mãos o número do CPF do contribuinte.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la pela internet, mediante o formulário eletrônico “Pedido de Pagamento de Restituição”, ou diretamente no e-CAC, no serviço “Extrato do Processamento da DIRPF”.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, pelo telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.
A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smarthphones que facilita consulta a declarações de IR e situação cadastral no CPF. Esse aplicativo possui funcionalidades destinadas às pessoas físicas. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita informações sobre liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.
ANOS ANTERIORES
Além das declarações deste ano, a Receita também liberará nesta terça-feira a consulta a seis lotes residuais (declarações que estavam retidas pela malha fina) referentes aos exercícios de 2008 a 2013.
Por ano, serão liberados os seguintes valores: para 2013, R$ 88,98 milhões (32.674 contribuintes serão beneficiados; a correção é de 11,59%); para 2012, R$ 35,44 milhões (15.537 contribuintes; correção de 18,84%); para 2011, R$ 29,05 milhões (6.529 contribuintes; correção de 29,59%); para 2010, R$ 7,77 milhões (4.483 contribuintes; correção de 39,74%); para 2009, R$ 2,46 milhões (2.290 contribuintes; correção de 48,20%); e para 2008, R$ 525 mil (168 contribuintes; correção de 60,27%).
Esses seis lotes beneficiarão 61.681 contribuintes com R$ 164,23 milhões (média de R$ 2.662 para cada um).
No total, no dia 15 deste mês a Receita Federal creditará R$ 1,8 bilhão para 1,122 milhão de contribuintes.
PENDÊNCIAS
Caso o contribuinte tenha pendências na declaração e tenha caído na malha fina, ele pode corrigir sua declaração e, assim, regularizar sua situação com a Receita.
A consulta para checar se há pendências ou não deve ser feita pelo e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte), no o site da Receita, no extrato do IR.
No extrato, é possível saber qual foi o erro que levou o contribuinte à malha fina. Para corrigir a pendência, será preciso enviar uma declaração retificadora. Não é possível fazer a correção diretamente no sistema.
FONTE:FOLHA DE SÃO PAULO

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário