Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Artistas e Imprensa bacabalenses lamentam morte do cantor Galego

 

Artistas, produtores culturais e profissionais da imprensa de Bacabal foram  surpreendidos na manhã des quarta-feira(23) com a noticia da morte do Cantor e Compositor Galegão Campos de Freitas, como  ele mesmo se identificava nas redes sociais.  Galego, como era conhecido, faleceu decorrente de um infarto durante a madrugada. O cantor e interprete da música popular maranhense e brasileira, nos deixou com apenas 58 anos de idade. 

"Galego era um artista que não só cantava, mas era conhecido por dedilhar com maestria o seu companheiro inseparável, o violão. Galego foi cantar e brincar em outra dimensão, onde os fãs serão os anjos. Sua alegria será lembrada pelas pessoas que curtiam seu bom repertório e pelos amigos mais próximos".

O artista  tinha um bom relacionamento com a imprensa, cantou com grandes artistas como Zé Lopes, Perboire, Marquinho Maranhão e também Raimundinho, já falecido. O cantor deixa  a sua única filha, Darciana, três netos que eram suas maiores canções e Raimundinha, sua companheira de produção e de vida.

O corpo foi velado na Pax União, no Canto da Fabril, onde a família, amigos e fãs prestam sua última homenagem. O sepultamento previsto para acontecer às 16h foi realizado com grande emoção de todos.

A  Associação de Imprensa de Bacabal e a Rede Bacabalense de Cultura registraram nas redes sócias sentimentos de pesar pela morte do cantor que marcou gerações  no Maranhão.

Diário do Mearim com informações da INTERNET

0 comentários:

Postar um comentário