Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Vereador Coronel Egídio protocola projeto que benficia pessoas com Fibromialgia


O Vereador Coronel  Egídio protocolou na Câmara Municipal de Bacabal Projeto de Lei que visa atender a demanda de parte da comunidade bacabalense que tem fibromialgia, doença crônica que causa imensas dores e transtornos as pessoas acometidas da mesma. Além de criar o dia Municipal da Fibromialgia, o projeto prever filas e vagas de  estacionamento preferenciais a esses doentes.
A iniciativa  é uma sugestão da ABRAFIBRO - Associação Brasileira  dos Fibromiálgicos, entidade que atua na orientação  e informação para melhorar a qualidade de vida e tratamento dos portadores de Fibromialgia.
A Fibromialgia é uma síndrome, na qual a pessoa sente dores por todo o corpo durante longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. Junto com a dor, a fibromialgia também causa, fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça e ansiedade. Por se tratar de uma doença recém  descoberta a comunidade médica ainda não conseguiu concluir quais são as suas causas.
Entretanto, já está concluído que os portadores da citada síndrome, em sua maioria mulheres, na faixa etária de 30 a 50 anos, possuem maior sensibilidade à dor, em virtude do cérebro  dos doentes interpretarem  os estímulos à dor de forma exagerada, ativando o sistema nervoso direto.
A interpretação exagerada dos estímulos pelo cérebro  faz com que o paciente sinta ainda mais dor. Seu diagnostico  é essencialmente clínico, de acordo com os sintomas informados pelos pacientes nas consultas médicas, tais como a identificação  dos pontos dolorosos sob pressão, também chamados de tender-points.Não existe um exame específico  para sua descoberta, de forma que o diagnóstico resulta dos sintomas e sinais reconhecidos nos pacientes, bem como exames para excluir doenças que possuem sintomas semelhantes à fibromialgia.
Ainda não há cura para a fibromialgia, sendo o tratamento parte fundamental para que não se dê a progressão da doença que, embora não seja fatal, implica severas restrições à existência  digna dos pacientes , sendo que eles possuem uma queda significativa na qualidade de vida, impactando negativamente nos aspectos social, profissional e afetivo de sua vida.
A comunidade dos Fibromiálgicos de Bacabal e região aguarda ansiosa o fim do recesso da Câmara Municipal para que o Projeto do Vereador Coronel Egídio seja aprovado e sancionado pelo Palácio das Bacabas. 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário