Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Maranhense autista de nove anos é selecionado por Ballet Bolshoi

Disputando com mais de 200 crianças, o menino autista de nove anos, Rhuan Diniz, foi um dos sete maranhenses escolhidos para tentar entrar na Escola Nacional de Ballet Bolshoi. O pequeno bailarino viajará no próximo dia 18 a Joinville, em Santa Catarina, para participar da segunda etapa da seleção. 

A mãe de Rhuan conta que descobriu que o filho era autista ainda nesse ano, ao perceber sua dificuldade para escrever e expressar seus sentimentos. Ao ser diagnosticado, muitas pessoas lhe recomendaram que música e dança poderiam ajudar o rapaz. Assim, Cristina matriculou o filho na Escola de Música Coronel Carlos Augusto Castro Lopes do bairro da Liberdade em São Luis, onde moram.

“Hoje eu posso agradecer o que a dança faz na vida do meu filho. Ele não toma mais remédio controlado”, compartilha a mãe. Além de ter aprendido a dançar, atualmente Rhuan toca flauta e vai começar as aulas de saxofone.

Caso o menino seja selecionado, ele ganhará oito anos de estudo na Bolshoi de Joinville – e, depois, poderá até ter a chance de entrar na escola internacional, na Rússia. As passagens já estão compradas, mas Rhuan e Cristina precisam de doações para se manterem no local durante os dias.

Para ajudar Rhuan a tornar-se um bailarino profissional e representar o Maranhão na maior escola de ballet do país, a mãe disponibilizou seu número e conta bancária. São aceitas doações de roupas – como casacos – para a estadia no sul. Veja:

Número – (98) 98716-5281

Agência – 1413 agência

Conta – 00034981-0 conta

FONTE: Giovana Kury/Agência Tambor

0 comentários:

Postar um comentário