Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quinta-feira, 4 de julho de 2019

Cantor denuncia invasão de espaço público da cultura bacabalense

Dessa vez Bacabal ostenta de uma vez por todas o título de Cemitério das Artes no Maranhão, quando  acredita-se que já se viu de tudo, eis que aparece uma denuncia acerca da cerca que separa a cultura do seu povo.Segundo denuncia  o escritor, cantor e compositor Zé Lopes, hoje Secretário Adjunto de Cultura, o espaço ao lado do belo prédio da Secretaria de Cultura continua sendo invadido por por alguém que deve ter a complacência dos gestores municipais.
A farra com terrenos públicos começou ainda na gestão do Prefeito Zé Alberto e fez escola, doações são feitas sem transparência e sem acompanhamento das comunidades envolvidas, crimes ambientes são cometidos em nome do progresso e a democracia torna-se uma mera palavra num velho dicionário.
Em seu Blog Zé Lopes afirma que "Embora notificado e tendo um tempo estimado em 72 horas , (vencido) para apresentar a documentação do terreno que cercou, o invasor tripudia do Poder Público e segue ilegalmente se apropriando de parte do pátio da Secretaria Municipal da Cultura e do Centro Cultural aos olhos complacentes das autoridades competentes.Ouvi de um funcionário de uma secretaria onde fui buscar uma solução a seguinte frase: - Larga isso de mão, o invasor é gente grande. Aí fiquei me perguntando se há algum acordo entre o invasor e pessoas de dentro de órgãos que liberam terrenos públicos para particulares." conclui o poeta com ar de preocupação com a cultura local.
Sem força política, a Secretaria de cultura nada pode fazer para impedir mais essa maldade, isolada e sem recursos e sem apoio dos artistas locais a secretaria de cultura segue observando sua área sendo ocupada de maneira desastrosa sem planejamento enquanto o invasor continua sua obra numa afronta ao nosso povo.

0 comentários:

Postar um comentário