Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Filme espírita marca final de semana em Bacabal


O Centro Espírita Júlio Luz de Carvalho inova mais uma vez na tentativa de cristianizar comunidade bacabalense promovendo mais uma sessão de cinema de seu cine club, a película escolhida foi "Nosso lar" filme que conta a história de um homem que morre e acorda no mundo espiritual sendo chamado de suicida por colegas também mortos. O evento de cultura espirita cristã acontecerá dia 25 (sábado) a partir das 17h no Centro Espírita Júlio Luz de Carvalho, localizado à quadra 50 VP 33 casa 2 na Cohab III.

O longa metragem brasileiro, é dirigido e roteirizado por Wagner de Assis, baseado na obra homônima escrita através de psicografia pelo médium Chico Xavier, sob a influência do espírito André Luiz.

O ator que representa André Luiz, o personagem principal da história, é Renato Prieto. O filme conta com alguns atores e atrizes bastante conhecidos da teledramaturgia brasileira como Othon Bastos, Ana Rosa e Paulo Goulart, dentre outros. Tendo sido gravado durante os meses de julho, agosto e setembro de 2009 em locações no Rio de Janeiro e Brasília, foi lançado em 3 de setembro de 2010,tendo alcançado um público de 1,6 milhão de espectadores nos cinemas em 10 dias de exibição.E ao todo, foi visto por mais de 4 milhões de espectadores nos cinemas.

Desenhos minuciosos do mapa da cidade "Nosso Lar", assim como a arquitetura das edificações, ministérios e casas, foram criados pela médium Heigorina Cunha através de suas observações realizadas durante suas saídas do corpo (desdobramento) em março de 1979, conduzidas e orientadas pelo espírito Lucius. Seus desenhos foram esclarecidos e confirmados por Chico Xavier de que se tratava realmente da cidade "Nosso Lar" e mais tarde serviram de inspiração para criar o visual arquitetônico da cidade que se vê no filme.

Ao despertar no Mundo Espiritual, André Luiz se depara com criaturas assustadoras e sombrias vivendo, juntamente com ele, neste lugar escuro e sombrio. Além disso, ele também se assusta por perceber que apesar de ter "morrido" ele ainda continua vivo e ainda sente fome, sede, frio e outras sensações materiais. Após um longo período de sofrimento ele é recolhido dessa zona de sofrimento e purgação de falhas do passado por espíritos do bem e é levado para a Colônia Espiritual Nosso Lar, de onde surge o nome do filme. A partir desse momento ele começa a conhecer melhor a vida no além-túmulo e a aprender lições e adquirir conhecimentos que mudarão completamente o seu modo de enxergar a vida.

Tendo então tomado consciência de que está desencarnado (morto), sente imensa vontade de voltar à Terra para visitar e rever parentes próximos de quem guarda imensa saudade. Entretanto, como narra a sinopse do site oficial do filme, isso acontece só para que ele perceba "a grande verdade - a vida continua para todos".

A direção da Casa Espírita informou ao Diário do Mearim que a entrada é franca e haverá a distribuição de pipocas para plateia. Os comentários sobre a obra ficarão a cargo da Evangelizadora infanto juvenil Berenice Pontes.

0 comentários:

Postar um comentário