Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Região do Médio Mearim fortalece cadeias produtivas

 Resultado de imagem para Região do Médio Mearim
Na última sexta-feira (7), gestores das secretarias de Indústria e Comércio (Seinc) e de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), estiveram em Pedreiras, apresentado programas e ações voltados as cadeias da carne e couro, leite e derivados e arroz.
O evento, que contou com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) aconteceu no Centro de Capacitação Tecnológica do Maranhão (Cetecma) e expôs aos técnicos responsáveis pela assistência aos produtores, os trabalhos que estão sendo desenvolvidos nas cadeias produtivas.
A inciativa faz parte do programa ‘Mais Produção’, no âmbito do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab). A Seinc é responsável pelas iniciativas em prol das cadeias da Carne e Couro no âmbito estadual, Leite e derivados na região do Mearim e Médio Mearim, e tem promovido uma série de medidas em prol do adensamento dessas cadeias no estado.
“A produção e fomento são um dos principais caminhos para o desenvolvimento. Além de gerar emprego e renda. Com esse trabalho, estamos contribuindo para que nossos produtores possam expandir seus negócios, potencializando o setor produtivo do estado”, afirmou o secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo.
O superintende de Desenvolvimento de Políticas Agrícolas da Sagrima, Fernando Trinta, ressalta que a reunião é o Ponta pé inicial na assistência técnica e gerenciamento das cadeias: “O Governo está trabalhando com suas secretarias, cada uma com suas expertises. Todo esse trabalho, contempla outros trabalhos que estão sendo realizados em tornos das cadeias aqui trabalhadas”.

Cadeia produtiva do leite

Com os trabalhos realizados e a retomada da confiança dos produtores, os resultados já começaram a aparecer. No início da gestão, a Região do Médio Mearim registrou a produção de 70 mil litros de leite. Hoje, são produzidos 109 mil litros por dia.
Além da reunião, a equipe da Seinc esteve visitando as futuras instalações da fábrica de queijo Igarapé, que terá suas novas instalações inaugurada em breve. Com capacidade para produzir 1.500 quilos de queijo por dia.

Mais produção

O programa ‘Mais Produção’ define 10 cadeias produtivas prioritárias (feijão, arroz, mandioca, carne e couro, ovinocaprinocultura, leite, avicultura – caipira e industrial, piscicultura, hortifruticultura e mel) que desde o início da gestão têm sido trabalhadas com foco no abastecimento do estado e na busca pela autossuficiência.
Para cada cadeia, está sendo desenvolvido um trabalho particular, que levam em consideração as características das regiões produtoras e as demandas dos envolvidos, como produtores, sindicatos, agroindústrias e instituições públicas e privadas.
Fonte: Governo do Estado 

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário