Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

sábado, 13 de agosto de 2016

Nada de lesão. Alison coloca Brasil nas quartas com show no vôlei de praia



Alison Cerutti e Bruno Schmidt seguem em busca de medalha na areia de Copacabana. A dupla brasileira venceu os espanhóis Pablo Herrera e Adrian Gavira por 2 sets a 0 (24-22 e 21-13) em um jogo equilibrado no primeiro set e dominado pelos brasileiros no segundo. Superando incômodo que teve no tornozelo há três dias, Alison jogou muito e fez 31 dos 42 pontos do Brasil.

Campeões mundiais em 2015, Alison e Bruno seguem buscando medalha na Rio-2016 e voltam à arena de Copacabana nesta segunda-feira (15) para disputar as quartas de final. A dupla adversária sai do confronto entre Dalhausser/Lucena (EUA) e Seidl/Huber (AUT).



Equilíbrio ponto a ponto e Alison dominante

Os espanhóis acertaram na estratégia e se mostraram adversários fortíssimos, tanto que seguraram a dupla brasileira durante todo o primeiro set. Gavira, principalmente, tomou ótimas decisões ofensivas e soube fugir do consistente bloqueio de Alison. Mas o “Mamute” respondeu à altura, sendo o mais decisivo com impressionantes 18 pontos e garantindo dura vitória por 24-22.
Nível mantido e vantagem no bloqueio

Dois pontos seguidos de bloqueio praticamente resolveram a partida para a dupla brasileira. Na metade do set, Alison cresceu demais na frente de Gavira e subiu um muro na rede para não deixar passar nada. Com quatro pontos de frente, os brasileiros passaram a dominar completamente e, frente aos erros dos espanhóis, fecharam o jogo com um tranquilo 21-13.

Nem sinal de lesão


O tornozelo que assustou Alison na última quarta-feira (10) não voltou a incomodá-lo. Ele jogou com uma espécie de bota no pé direito e não mostrou qualquer limitação de movimentos: bloqueou bem, fez ataques furiosos e acertou até aces em um primeiro set em que esteve indomável. No meio da semana Alison subiu para um bloqueio e caiu sobre a perna de um adversário, sofrendo uma torção. Mas ainda assim ele voltou, jogou no sacrifício, e a dupla brasileira venceu.
Torcida capricha nas vaias

A arena de Copacabana jogou junto com Alison e Bruno: cantou muito, comemorou cada ponto e vaiou alto cada vez que os espanhóis foram sacar. Foram presenteadas com uma grande atuação de Alison, que se manteve em alto nível durante toda a partida, e uma vitória incontestável da dupla braisleira.
FONTE:Leandro Carneiro
Do UOL, no Rio de Janeiro

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário