Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Centro de Treinamento em Bacabal será inaugurado por Campeã mundial de Judô




A judoca olímpica Fabiane Hukuda, que defendeu a seleção brasileira entre os anos de 1996 e 2006, estará hoje (20) em Bacabal para participar da inauguração do Centro de Treinamento Tiradentes, às 17h30 no Colégio Militar Tiradentes.

Fabiane foi a primeira mulher brasielria a ser campeã Mundial de Judô. Ela permanece em Bacabal até o dia 22 realizando um seminário técnico. No dia 23 o seminário será realizado em São Luis, organizado pela Associação Tiradentes de Judô em parceria com a Federação Maranhense de Judô.

O Centro de Treinamento de Bacabal nasceu da obstinação do sensei Alexandre Nascimento, grande incentivador do esporte e que introduziu a prática do Judô na região do Mearim em 2012. “A partir deagora nossos atletas tem um espaço adequado para a prática do Judô, antes treinávamos em locais improvisados. Mesmo assim conseguimos bons resultados nas competições que disputamos, com a inauguração do Centro de Treinamento é certo que vamos buscar um nível de excelência no desempenho dos nossos atletas”, disse Alexandre Nascimento.

A inscrição para o seminário pode ser feita pelo email: tenqopmnascimento@hotmail.com e informações pelo telefone (98) 98190-8327

Sobre Fabiane Hukuda

Ex-atleta Olímpica de Judo, é faixa preta desde 1998. Foi titular em Atenas 2004, e reserva nas Olimpíadas de Atlanta 1996.

Fabiane iniciou a carreira de judô em São Vicente, aos 7 anos, por influência do irmão, em 1988. Seus pais optaram em transferi-la para Santos, em 1992, para melhor condições de treinamento na época.

Em dezembro de 1995 foi jovem revelação aos 14 anos ao vencer a 1a seletiva Olímpica de Atlanta até 48kg e foi convidada para morar no Projeto Futuro (atual Centro de Excelência) em São Paulo.

A partir de 1996 começou sua carreira na seleção Brasileira onde conquistou vários títulos internacionais. No ano de 2000, aos 19 anos, entrou para história do Judô Nacional, tornando-se a primeira mulher brasileira campeã Mundial de Judô.

Representou a seleção Brasileira de Judô durante 10 anos, naturalizou-se austríaca em 2006 e foi titular da seleção austríaca até 2009, quando deixou a vida de atleta profissional. De 2011 a 2015 seguiu carreira nos tatames como Professora de Judo.

Hoje cursa Educação Física e atua como Acupunturista e Massoterapeuta.
Por Louremar Fernandes

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário