Diário do Mearim Cidadania

Diário do Mearim Cidadania

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Othelino Neto rebate ataques contra Flávio Dino

O deputado Othelino Neto (PPS/MD) rebateu, em pronunciamento nesta quinta-feira (16), matéria publicada na imprensa sarneysista que tentou transformar o ex-deputado e atual presidente da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), Flávio Dino, em um “gazeteiro”. Segundo o parlamentar, isso evidencia o desespero do governo Roseana Sarney e de alguns porta-vozes do grupo com a posição que a liderança do PCdoB ocupa hoje em qualquer pesquisa de opinião pública, visando à eleição de 2014.
Deputado-Othelino-Neto
“A cada pesquisa, percebe-se a consolidação do Flávio Dino e a estagnação do projeto que o grupo Sarney tenta espalhar pelo Maranhão. Então, a cada nova sondagem que sai, o desespero aumenta, e aí começam a recorrer a esses recursos menores de péssimo gosto e que são facilmente combatidos. Não só porque o Flávio Dino respeita o horário de expediente dele na Embratur, isso é claro e notório; os eventos dos quais ele participa, em São Luís, quando não oficiais, são sexta à noite, sábado e domingo”, assinalou Othelino Neto.
Segundo Othelino, não adianta o grupo do Governo do Estado querer ficar controlando o que Flávio Dino vai fazer, porque ele virá sempre ao Maranhão por ser maranhense e por fazer política aqui. O deputado disse que, em cada cidade que o presidente da Embratur vai, a população demonstra, clara e espontaneamente, a felicidade em recebê-lo; percebe-se que o desejo de mudança no Maranhão está aumentando.
Números – Othelino destacou que o número de turistas estrangeiros, que vieram para o Brasil, aumentou, em 2012, para 5.7 milhões e este ano deverá atingir a meta de 6 milhões. Segundo ele, o país, este ano, teve 20% mais eventos internacionais do que no ano passado, passando de 304 para 306, e isso é um trabalho da Embratur que tem por finalidade promover o Brasil lá fora e não fazer a promoção do turismo aqui dentro do país.
Para Othelino, os números da gestão de Flávio Dino, nesses poucos anos à frente da Embratur, na verdade, mostram o compromisso dele e a qualidade do trabalho, diferente dos números que o grupo Sarney, que manda nesse Estado há mais de 50 anos, deveria se envergonhar.
“Quero deixar dito aqui que nenhum desses recados atrevidos dessas matérias sem fundamentação vai amedrontar ou fazer com que nós e o Flávio Dino deixemos de andar pelo Maranhão; na verdade, isso só nos estimula a continuar andando. Enquanto isso, o governo continua usando a máquina pública para fazer campanha eleitoral”, alfinetou Othelino.
FONTE: Blog do John Cutrim

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário